“4 Amigos” celebram 10 anos em longa tour durante 2024, que marca a volta do sucesso “Fila de Piadas”

4 amigos
4 amigos

Fenômeno do humor nas plataformas digitais e arrastando multidões em teatros pelo Brasil e o mundo, os comediantes Dihh Lopes, Thiago Ventura, Afonso Padilha e Márcio Donato, mais conhecidos como os “4 Amigos“, estão na estrada com a tão aguardada volta da tradicional “Fila de Piadas” em uma longa excursão com shows agendados também em Portugal. Após diversas sessões com ingressos esgotados no Brasil, os comediantes agora se preparam para atravessar o Atlântico e reencontrar os sempre animados fãs portugueses e os irmãos brasileiros que residem em Portugal,

As apresentações acontecem em Leiria (17/04 – Teatro José Lúcio da Silva), Porto (18/04 – Coliseu Porto/Sala Principal), Braga (19/04 – Altice Forum Braga – Grande Auditório), Guimarães (20/04- São Mamede), Lisboa (22 e 23/04 – Aula Magna), Coimbra (24/04 – Cons. Música de Coimbra) e Algarve (27/04 – Palácio Congr. do Algarve). A realização traz a assinatura da Opus Entretenimento, a maior plataforma de shows e espetáculos ao vivo da América Latina. Os ingressos já estão à venda em 10anos4amigos.com.br e pontos autorizados.

A história dos “4 Amigos” começou com a simples ideia de montar um grupo para criar um espetáculo teatral viável. No entanto, o que surgiu da amizade duradoura desses comediantes resultou no maior grupo de comédia stand-up do país. O quadro “Fila de Piadas” faz parte da história dos “4 Amigos” e se tornou um sucesso na internet, acumulando milhões de views no YouTube e viralizou nas redes sociais. Em fila, os comediantes se revezam no palco contando piadas e improvisando a partir de uma temática que muda conforme o espetáculo avança. 

A grandiosidade desta turnê será especialmente evidenciada na cidade de São Paulo. Após 14 anos de atividade, o Teatro Bradesco, um dos espaços culturais mais respeitados da América Latina, registrará a maior temporada de espetáculos de toda a sua história. A extensa série de apresentações, na capital paulista, começou no dia 11 de março e deve seguir até dezembro, sempre às segundas-feiras, a partir das 21h30.

 A “Fila de Piadas” é um verdadeiro marco e divisor de águas na comédia nacional. Foi a partir dessa seção especial que os artistas conquistaram um novo status e se consagraram na carreira. Para celebrar estes 10 anos de muitas histórias juntos, eles lançaram um especial inédito, na página oficial do grupo no YouTube (youtube.com/4AMIGOSSTANDUPCOMEDY), que conta com praticamente 4 milhões de inscritos.

O que torna “4 Amigos” tão especial é a proximidade evidente entre os comediantes, dentro e fora dos palcos. Cada um traz seu estilo único e bem definido para o show, proporcionando uma mistura de talentos que agrega diversidade e qualidade ao espetáculo, enquanto se revezam no palco.

O resultado é uma noite repleta de risos e diversão, onde o público pode desfrutar das melhores observações do cotidiano, piadas ácidas sobre relacionamentos, família e amizades. Sucesso garantido por onde passam, os “4 Amigos” se tornaram um fenômeno do humor. 

Se você está pronto para embarcar em uma rodada de muitas risadas, não perca a oportunidade de assistir a esse espetáculo inesquecível. Prepare-se para se divertir como nunca.

“O que Vão Dizer de Nós” estreia no Espaço Sérgio Porto, no Rio

O que vão dizer de nós
O que vão dizer de nós – Foto de Felipe O`Neill

Manchete em jornais do mundo todo no fim dos anos 1990, por causa da ousadia, alta voltagem sexual e a nudez de Nicole Kidman na temporada londrina do espetáculo “The Blue Room”, releitura de “La Ronde”, de Arthur Schnitzler, a clássica peça do autor austríaco inspirou uma inovadora versão, rebatizada como “O que Vão Dizer de Nós”, sob a direção de  Miwa Yanagizawa e Luisa Friese — idealizadora e responsável pela dramaturgia. A dinâmica é a mesma das outras montagens – a libido de casais entre quatro paredes, espiados pelo buraco de uma fechadura –, mas, desta vez, a heteronormatividade e a objetificação feminina saem de cena para dar lugar ao universo LGBTQIAPN+, com os atores  Michel Blois e Thiago Catarino se revezando em dez personagens. A estreia é dia 19 de abril no Espaço Sérgio Porto. O projeto é contemplado pelo Programa de Fomento à Cultura Carioca – FOCA, por meio da Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro e da Secretaria Municipal de Cultura 

Naturalista em ação, mas não na estrutura, a peça espirituosamente debate o choque cultural entre diferentes classes sociais, subjetivamente conflitantes, que se entrelaçam em encontros amorosos fortuitos. “Eu sempre quis trabalhar em cima da premissa de ‘La Ronde’ porque acho a ideia da peça genial. Quando comecei a conceber o projeto, entendi que seria muito mais importante para a atualidade fazer a peça com um casal de homens, substituindo assim a costumeira heteronormatividade imposta pela sociedade em geral. Seria quase que vital colocar esses casais gays protagonistas se relacionando, longe dos estereótipos já massivamente representados na nossa cultura. É um desejo de contribuir para naturalizar verdadeiramente o relacionamento gay no Brasil”, conta Luisa Friese. 

Assim, os arquétipos escolhidos na peça representam um amplo espectro social, que são igualados através do jogo de sedução que antecipa o sexo e de uma possível desilusão que sucede a ele. “Há uma constante discussão nos ensaios para deixarmos todas as questões contemporâneas e pertinentes à sociedade que estamos inseridos, nas nossas leis brasileiras, onde a comunidade LGBTQIAPN+ está amparada ou não. Dar profundidade a todos os personagens e tempo hábil para que, cada um deles, manifeste seus desejos, inseguranças e incoerências, tornando-os vivos e atuais”, observa o ator Michel Blois. 

Para Thiago Catarino, os ensaios têm sido também um lugar seguro para propor situações menos óbvias do encontro sexual. “Queremos essa peça com bastante tesão, suor, muito beijo na boca, gemidos de prazer, tudo que existe nas nossas vidas, então é para ir com sede de acontecimento, sempre procurando um nó para provocar certo estranhamento. É ter a pegação gostosa, mas também o desconforto, a solidão, a paranoia, junções de ingredientes comuns e talvez nem tão evidentes dos desejos da mesma maneira completa como surgem na nossa vida. Queremos que o público reflita sobre as tantas regras prévias à nossa existência e sobre o que há de natural e de socialmente construído nos temas da masculinidade”, explica. 

Esses desafios também são vividos pela codiretora Miwa Yanagizawa. “Eu mesma me vejo atualizando o meu olhar para quebrar esses parâmetros discutidos na peça tanto na minha vida quanto para o palco. A encenação tem um fluxo incessante, os atores se multiplicam em vários personagens, o mesmo lugar se torna um outro lugar a cada cena através da mudança de luz ou movimentação em cena. É um jogo teatral sensual – se refere aos sentidos – em que ora revelamos parte do acontecimento, ora o escancaramos. Prazeroso jogo. ‘O que Vão Dizer de Nós’ é uma ode à vida,  um  ‘me deixem em paz que eu quero viver!'”, enfatiza Miwa. 

Ficha Técnica

  • Concepção e texto: Luisa Friese, a partir de “La Ronde”, de Arthur Schnitzler
  • Direção: Luisa Friese e Miwa Yanagizawa 
  • Elenco: Michel Blois e Thiago Catarino 
  • Direção de Arte: Rui Cortez 
  • Iluminação: Lara Cunha 
  • Direção Musical: Luisa Friese e Miwa Yanagizawa
  • Produção: Aliny Ulbricht e Raissa Imani – Kawaida Produções
  • Produção Executiva: Pedro Barroso 
  • Designer Gráfica: Giulia Santos
  • Assessoria de Imprensa: Fábio Dobbs e Guilherme Scarpa 
  • Fotos: Felipe O’Neill 

Serviço

O Que Vão Dizer de Nós

  • 19/04 a 12/05
  • Quinta a sábado – 20h/  Domingo – 19h 
  • Teatro Sérgio Porto. Rua Visconde de Silva s/n, ao lado do nº 292, Humaitá. 
  • Ingressos: R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia)
  • Ingressos na bilheteria e https://linktr.ee/teatrosergioporto.rio
  • Classificação: 18 anos
  • Duração: 90 min.

Comemorando 20 anos de sua estreia, Marcelo Médici retorna com o espetáculo “Cada um com seus probrema” no Teatro Opus Frei Caneca

Cada um com seus probremas
Cada um com seus probremas – Foto de Rafa Marques

A produção da comédia Cada Um Com Seus Pobrema perdeu as contas de quantas pessoas viram o espetáculo desde 2004. Nesta comédia-solo, Marcelo Médici interpreta oito personagens hilários e surpreende com sua agilidade e talento de mudar radicalmente de expressão e voz.

Figuras já conhecidas do grande público, como o corinthiano Sanderson (presente também no programa Vai Que Cola, da Globo), o último mico-leão-dourado do mundo, a vidente Mãe Jatira (famosos em vídeos no YouTube e programas de TV), a apresentadora infantil Tia Penha, entre outros, fazem parte desse sucesso. Com uma linguagem moderna, humor inteligente e veloz, o espetáculo contagia o público, levando-os às gargalhadas do início ao fim.

SOBRE O ESPETÁCULO

No enredo, o personagem central é um ator de teatro que ao desistir de fazer sua apresentação começa a contar suas próprias experiências. Surgem então os demais personagens, comentando e criticando com muito humor várias situações do cotidiano, garantindo a contemporaneidade do texto, após 20 anos de sua estreia, e causando uma identificação imediata com o público.

A direção de Ricardo Rathsam privilegia a brilhante capacidade de improvisação de Médici, dando uma característica única a cada apresentação, enquanto o figurino se transforma conforme mudam os personagens, mantendo o ritmo dinâmico do espetáculo. E a atualização constante de texto garante à comédia um frescor em cada nova temporada.

Escrito e interpretado por Marcelo Médici, o espetáculo já é considerado um clássico do ator. Durante sua trajetória, a peça conquistou prêmios e chegou a ter ingressos esgotados com três meses de antecedência.

Com mais de 30 anos de carreira no teatro, e se dividindo em novelas, filmes e humorísticos, Marcelo Médici protagonizou vários outros espetáculos de sucesso, incluindo musicais da Broadway. Porém o que mais escuta do público é a pergunta: “quando você retornará com o Cada Um Com Seus Pobrema?”. Atendendo a pedidos, o ator remonta seu solo em poucas e especiais apresentações.

SERVIÇO

CADA UM COM SEUS POBREMA

  • Teatro Opus Frei Caneca
  • Shopping Frei Caneca – R. Frei Caneca, 569 – Consolação, São Paulo – SP, 01307-001
  • Link
  •  Duração: 90 min.
  • Classificação: 14 anos
  • Acessibilidade
  • Ar-condicionado
  • Capacidade: 600 pessoas
  • Dias e horários: Terças-feiras, até 30 de abril, às 21h
  • ingressos: a partir de R$ 60

“As Rainhas do Riso” reúne espetáculo e números de palhaçaria para abordar diversos assuntos sobre o universo feminino

Artistas realizam única apresentação, dia 20 de abril, em Visconde de Mauá. Grátis

As rainhas do riso
As rainhas do riso

 Um dia repleto de apresentações de palhaças. Essa é a proposta de “As Rainhas do Riso”, mais novo projeto da Circo do Rio Produções Artísticas, que reúne a apresentação do espetáculo “As Rainhas do Riso” e do “Cabaré das Rainhas”. A estreia do projeto será em Visconde de Mauá no próximo dia 20 de abril às 15h no Cirkuá (Estrada Visconde de Mauá / Rio Preto km 6,5 nº 133, em frente ao Mauá Brasil). A entrada é franca.

Na abertura do projeto, o público poderá conferir o espetáculo circense “As Rainhas do Riso”, com números de palhaçaria, malabarismo, equilibrismo e mágica apresentado pelas artistas Lilian Moraes (Palhaça Currupita), Glaucy Fragoso (Palhaça Chica) e Analu Faria (Palhaça Pinduca), que desenvolvem trabalho de pesquisa continuada sobre a arte da palhaça e do circo. O espetáculo é voltado para o público de todas as idades e se propõe a falar de forma lúdica e poética sobre diversos assuntos que fazem parte do universo feminino.

“As Rainhas do Riso” foi criado em 2016 e já foi apresentado em diversas ruas e praças de várias cidades do Brasil. A sua dramaturgia está focada no encontro de três mulheres que escolheram o ofício para tornar evidente a força da comicidade feminina e oferecem o dia a dia de uma “mulher palhaça” com seus afazeres domésticos, desde uma aula de ginástica matinal até receitas culinárias hilariantes, as exigências estéticas da mulher moderna e a batalha no campo profissional.

Já às 16h acontece o “Cabaré das Rainhas” trazendo os números cômicos “A Mala”, com Anaura Sales Baptista (Lady Clé) numa performance que faz pensar, de forma lúdica, sobre os pesos e correrias da vida; “Pudim Fazendo Doce”, com Clô Harris (Palhaça Pudim) em um número de palhaçaria que traz à vida o amor e a doçura de Pudim para destacar a delícia que é a diversidade humana; “OROBORO”, com Lúcia Barros (Palhaça Gelsomina), que nos leva para um passeio tão leve quanto profundo no ciclo da vida; e “Piano Bar”, com Márcia Venina (Palhaça Sebastiana), que promove uma mistura de humor, música e interação com o público, apresentando um show de excentricidade musical. 

Logo após os espetáculos, as artistas realizam um bate papo com o público para falar sobre os modos de criação e produção de números e espetáculos de palhaças. O projeto conta com tradução simultânea em libras, audiodescrição e assessoria de acessibilidade e inclusão do público neurodivergente.

“Estamos muito entusiasmadas em levar o projeto “As Rainhas do Riso” para Visconde de Mauá. Será uma oportunidade única de celebrar a diversidade e o talento das mulheres no circo e de compartilhar mensagens poderosas e inspiradoras através da arte circense”, diz Lilian Moraes, diretora artística do espetáculo. Na próxima semana o projeto será apresentado nas cidades de Sana / Macaé (27/04) e Petrópolis (28/04), também com entrada franca.

O projeto “As Rainhas do Riso” foi idealizado pela atriz, palhaça e produtora cultural Lilian Moraes e contemplado pelo EDITAL DE APOIO AO CIRCO, da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa do Rio de Janeiro – SECEC RJ.

Serviço:

Projeto “As Rainhas do Riso” reúne espetáculo e números de palhaçaria para abordar diversos assuntos que fazem parte do universo feminino

Data: sábado 20/04

Espetáculo As Rainhas do Riso – 15h

  • Cabaré das Rainhas – 16h
  • Local: Cirkuá (Estrada Visconde de Mauá / Rio Preto km 6,5 nº 133, em frente ao Mauá Brasil).
  • ENTRADA FRANCA

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui