A dupla Anavitória leva a turnê “Voz, violão e o que mais der na telha” ao Qualistage

Não se pode mais chamar a dupla Anavitória de “prodígio”. Apesar de muito moças, como diria Belchior, Ana Clara Caetano Costa (28 anos) e Vitória Fernandes Falcão (27) já são uma sensação nacional desde 2016, quando seu disco de estreia, “Anavitória”, tomou o Brasil de assalto, com vendas, execuções e shows lotados, em uma sequência vitoriosa (com trocadilho) que dura até hoje.

Depois de enfileirar sucessos como “Agora eu quero ir”, “Singular”, “Dengo”, “Cor de marte” e “Chamego meu”, além de feats com artistas como Nando Reis, Vitor Kley, Sandy, Lenine e Duda Beat, as meninas de Araguaína, no Tocantins, resolveram simplificar na turnê “Voz, violão e o que der na telha”. Levando ao extremo o formato voz e violão – que sempre teve um peso em suas apresentações, invariavelmente acompanhadas aos berros pelo público –, Ana (que pilota o instrumento) e Vitória chegam ao QUALISTAGE no dia 28 de abril, às 21h30, soltas, prontas para cantar o que o público quiser e o que vier à cabeça, de “Terra”, “Porque eu te amo” e “Ainda é tempo” a músicas de Nando Reis, Rita Lee, Lagum e outros. Uma noite de violão e música boa, para artistas e público cantarem juntos.

SOBRE ANAVITÓRIA – Anavitória é uma dupla de música pop brasileira que teve início em 2014 por Ana Clara Caetano Costa e Vitória Fernandes Falcão. O primeiro álbum de estúdio do duo, “Anavitória”, foi lançado em 2016 e ganhou o Disco de Diamante, vendendo mais de 300 mil cópias. Além disso, o álbum recebeu duas indicações ao Grammy Latino, vencendo em Melhor Canção em Língua Portuguesa por “Trevo (Tu)”.

Além de cantar bem, as meninas também brilharam nas telonas através do longa-metragem de ficção autobiográfico Ana e Vitória lançado em 2018 e, também do Anavitória – Araguaína a Las Vegas. Ambos podem ser assistidos na Netflix. Ainda em 2018, lançaram o segundo álbum de estúdio O Tempo É Agora, que venceu o Grammy Latino de Melhor na categoria Álbum Pop Contemporâneo em Língua Portuguesa. Em 2019, lançaram o terceiro álbum, composto por regravações de canções do cantor Nando Reis e foi produzido por Tó Brandileone e Ana Caetano e que levou o nome de “N”.

Já em janeiro de 2021, como surpresa para o público, foi lançado o álbum de estúdio “Cor”. Produzido e gravado durante a pandemia, a turnê do álbum reuniu quase 100 mil pessoas nos shows pelo país. A produção foi de Tó Brandileone (do grupo 5 a Seco) e Ana Caetano. Todas as faixas do álbum ganharam vídeos no YouTube dirigidos por Leonardo Lobo, dois milium e Gabriela de Melo, exceto “Eu Sei Quem É Você”, dirigido por Belle. O vídeo da abertura “Amarelo, Azul e Branco” deu origem à capa do álbum e explodiu como trend no Tiktok. Além disso, este álbum rendeu dois Grammys, como Melhor Canção em Língua Portuguesa e, também, como Álbum Pop Contemporâneo em Língua Portuguesa.

Serviço

  • Data: 28 de abril (sexta)
  • HORÁRIO DO SHOW: SEXTA ÀS 21h30
  • Local: Qualistage
  • Av. Ayrton Senna, 3000 – Barra da Tijuca – RJ
  • Preços: a partir de R$ 160

Venda ingresso:
https://qualistage.com.br/eventim/101/anavitoria

  • Classificação etária: 18 anos
  • Menores somente acompanhados dos pais ou responsáveis legais
  • Capacidade: 9 mil pessoas em pé ou 3.500 sentadas
  • Informações: https://qualistage.com.br/

O espaço possui acessibilidade
A casa segue os protocolos de segurança, como disponibilizado álcool em gel. O local é periodicamente higienizado. Tudo para garantir a diversão com segurança.