Início » A fábula “PANÇA”, que reflete sobre o consumo de notícias no mundo atual, faz circulação pelo Rio de Janeiro a partir de 8 de outubro

A fábula “PANÇA”, que reflete sobre o consumo de notícias no mundo atual, faz circulação pelo Rio de Janeiro a partir de 8 de outubro

por Sarah Santana
Foto: Thais Grechi

A fábula “PANÇA”, que reflete sobre o consumo de notícias no mundo atual, faz circulação pelo Rio de Janeiro a partir de 8 de outubro e propõe uma reflexão: quais os efeitos que o poder de circular ideias pelo mundo gera na sociedade? As apresentações serão no Centro Cultural Casa Uivo, em Paracambi (08/10, às 16h); Centro Cultural Código, em Japeri (15/10, às 15h); Biblioteca do Centro Cultural Justiça Federal (22/10, às 16h); Faculdade de Letras da UFRJ (25/10, às 10h) e Sede das Cias (03 a 06/11, às 20h). O espetáculo tem apoio institucional do Governo do Estado do Rio de Janeiro, Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa do Rio de Janeiro, através do Edital Retomada Cultural RJ2.

Com dramaturgia e direção de Cecilia Ripoll, espetáculo se inspira no surgimento da máquina de imprensa, inventada por Gutenberg no século 15, para refletir sobre a comunicação humana, a noção de verdade e a manipulação de discursos na sociedade contemporânea.

Foto: Thais Grechi

Não é raro nos sentirmos perdidos e confusos diante da quantidade de informações a que temos acesso diariamente pelos meios de comunicação e redes sociais. A circulação de notícias, obras e ideias está em profunda transformação no mundo atual, passando por fenômenos como o da “fake news”, mas também ampliando em nível vertiginoso nossa possibilidade de acesso ao conhecimento. Com dramaturgia e direção de Cecilia Ripoll, o espetáculo “PANÇA” constrói uma fábula para tratar da reprodutibilidade da notícia e das falhas da comunicação humana.

Com estrutura cômica e farsesca, a peça acompanha a história de um talentoso e endividado escritor que, de seu pequeno vilarejo, escuta falar sobre a mais nova invenção da capital: a famosa máquina de imprensa. Com desejo de ampliar a venda de seu mais recente romance, o autor se endivida ainda mais para conseguir comprar a copiadora mecânica. Cheia de peripécias e reviravoltas, a trama faz referência ao surgimento histórico da máquina de tipos móveis (a primeira versão ocidental de copiadora mecânica), divisor de águas na história da humanidade que permitiu a produção em série dos livros, até então copiados um a um a mão. No elenco, estão Ademir de Souza (Máquina), André Marcos (Escritor), Clarisse Zarvos (Josefina), Diogo Nunes (Rei) e Julia Pastore (Padeiro, Sputnik e Fisco).

Serviço:
Centro Cultural Casa Uivo, em Paracambi: 08/10, às 16h.
Endereço: Rua Farmacêutico Dilon Salgueiro (Beco do Cristiano), 320 – Centro – Paracambi.
Ingressos: Gratuito
Centro Cultural Código, em Japeri: 15/10, às 15h.
Endereço: Rua Davi, 397 – Nova Belém – Japeri
Ingressos: Gratuito
Biblioteca do Centro Cultural Justiça Federal, Centro: 22/10, às 16h.
Endereço: AV. Rio Branco. 241 – Centro – Rio de Janeiro.
Ingressos: Gratuito
Faculdade de Letras da UFRJ – Pátio central: 25/10, às 10h.
Endereço: Av. Horácio Macedo, 2151 – Cidade Universitária da Universidade Federal do Rio de Janeiro (Ilha do Fundão), Rio de Janeiro
Ingressos: Gratuito
Sede das Cias: 03 a 06/11, às 20h. 05/11 com Intérprete de Libras
Endereço: Escadaria Selarón, Rua Manuel Carneiro, casas 10 e 12 – Santa Teresa, Rio de Janeiro – RJ
Telefone: (21) 2242-4176
Ingressos: Gratuito
Classificação etária: 14 anos
Redes sociais do espetáculo: Instagram: @panca.teatro
Facebook: https://www.facebook.com/panca.teatro

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Share via