Início » Amor Cinza celebra encontro de Madu com seu alterego

Amor Cinza celebra encontro de Madu com seu alterego

Quinta faixa do álbum Querubim propõe mergulho reflexivo do anjo, entristecido pelas mazelas contemporâneas. Lançamento será em 09/06

por Redação

Um anjo triste, arrebatado pela melancolia causada pelos tempos atuais. A visão de Madu acerca do seu Querubim fica ainda mais clara sob a luz de Amor Cinza, canção que traz mensagem de renascimento e resiliência que encontramos nos momentos de recolhimento. Quinta faixa de Querubim, versão de Madu para a canção de Mateus Aleluia será lançada nas plataformas digitais em 09/06, com produção musical de Danilo Cutrim e Jean Charnaux.

‘É uma canção que me leva a um lugar reflexivo, de autoconhecimento. Gosto de pensar o amor fora dos momentos de euforia, o amor do dengo recolhido. Gosto de sentir a força do renascer da Fênix, também presente nessa letra, super profunda’, avalia Madu.  ‘Em Amor Cinza eu tento trazer o Mateus mais perto, sem fazer uma apropriação. Consigo me sentir à vontade nessa interpretação porque é uma canção que me toca profundo’.

MADU no Spotify:

https://open.spotify.com/artist/0obN5KVtincDY4w79r7NmD?si=3tcuMp6kRdydGvO-D17E_A

Ficha Técnica:

AMOR CINZA

  • Composição: Mateus Aleluia
  • Produção Musical: Danilo Cutrim e Jean Charnaux
  • Violão e arranjos: Jean Charnaux
  • Interpretação e voz: Madu

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Share via