InícioGeralAnderson Reis, rei de bateria da União do Parque Acari, faz aula...

Postagens relacionadas

Anderson Reis, rei de bateria da União do Parque Acari, faz aula de tamborim

Anderson Reis
Anderson Reis

Com as recentes divulgações dos enredos das escolas de samba, o Carnaval 2024 vem tomando forma. Para não deixar para última hora e fazer bonito se destacando à frente da Bateria Fora de Série, da União do Parque Acari, o futuro rei, Anderson Reis, deu início às aulas de tamborim, instrumento de percussão muito usado nas agremiações e blocos de carnaval.

Ainda sem data marcada para a sua coroação, o dançarino e empresário tem mantido uma rotina pesada na academia, e uma alimentação regrada, com o objetivo de manter o corpo nos trinques e brilhar na Sapucaí. Além de um dia a dia corrido, Reis ainda tem encontrado tempo para as aulas de tamborim com o professor Alexandre Lima.

“Para representar como rei de bateria, no mínimo tem que ter conhecimento de algum instrumento e não só sambar. Escolhi o tamborim por achar o som lindo, ainda mais em conjunto com os outros instrumentos. Além disso, também é pequeno e não irá me atrapalhar na evolução do samba no pé”, revelou Reis entusiasmado e ansioso para o próximo carnaval.

O carioca da zona norte do Rio, iniciou cedo no mundo do samba e vem trilhando uma linda trajetória. Com mais de 40 anos de conhecimento neste universo, Anderson deu os primeiros passos na ala das crianças, da verde e rosa do Complexo do Lins, além de fazer parte da ala de passista de algumas agremiações, como Vila Isabel e Unidos da Tijuca. Desfilou também como muso e destaque, e no carnaval passado ocupou o posto de rei da escola Lins Imperial.

Anderson ocupa hoje um posto predominante feminino, mas que, apesar de ser tendência na atualidade, não é uma novidade. Para se ter uma ideia, o primeiro registro de rei de bateria foi do coreógrafo Zé Reinaldo, pela Grande Rio em 1994, porém, não se tornou algo frequente. A própria escola de Duque de Caxias veio repetir o feito apenas em 2015, colocando o promoter David Brazil à frente de sua bateria.

Com o passar dos anos, os homens foram ganhando mais espaços dentro das agremiações, e passaram a ocupar o posto que sempre foi tão cobiçado por atrizes, modelos e celebridades. “Diferente do que muitos pensam, nós não queremos disputar o cargo com as mulheres e sim somar com a agremiação. Se tem rainha, por que não pode ter rei? Acredito que tenha espaço pra todo mundo”, finalizou Anderson.

Últimas postagens

Compartilhe
Send this to a friend