Anna Toledo fala de “Tarsila, a Brasileira” e do sucesso como autora e atriz

Anna Toledo
Anna Toledo

Para Anna Toledo, todos os caminhos levaram à “Tarsila, a Brasileira”. A atriz e autora, natural de Curitiba, assina o roteiro e as letras do musical ao lado de José Possi, que também dirige a produção. Dos palcos no Sul do país, a Boston e Nova York, é em São Paulo onde a artista vive o momento ímpar na carreira de 36 anos.

O espetáculo, que conta com Claudia Raia como Tarsila do Amaral, Jarbas Homem de Mello como Oswald de Andrade, Reiner Tenente como Luís Martins, e grande elenco, estreou no Teatro Santander em São Paulo no dia 25 de janeiro. A importância de Tarsila para a arte brasileira, aliás, foi a primeira fagulha de inspiração para a produção.

– Em setembro de 2020, no auge da pandemia, Claudia Raia me convidou para escrever o musical, uma superprodução sobre a cultura e identidade brasileira, sobre o Modernismo e sobre Tarsila do Amaral. Eu aprendi a não duvidar de Claudia Raia. Se ela diz que vai acontecer, é porque vai! – conta Anna.

Não é a primeira vez que ela cruza caminhos com Raia. Foi ao lado de Claudia que Anna estrelou seu primeiro trabalho em São Paulo, “O Beijo da Mulher Aranha”, em 2001.

Anna Toledo
Anna Toledo

– Já tinha uma vivência no teatro em Curitiba, mas quando cheguei em São Paulo era como se tivesse um currículo em branco, pois ninguém me conhecia. Fiz uma audição, e foi a própria Claudia quem me comunicou que eu havia sido escolhida. Tenho uma enorme gratidão por essa oportunidade – lembra Anna.

Hoje com 54 anos e mais de 30 espetáculos como atriz no currículo, ela divide a paixão pelo Teatro em duas frentes: palco e escrita. “Vingança, o Musical”, de 2013, foi seu primeiro texto autoral para teatro musical, e a atriz também protagonizou a produção. Em seguida, vieram “Nuvem de Lágrimas”, em 2015, espetáculo com músicas de Chitãozinho e Xororó, estrelado por Lucy Alves e Gabriel Sater, e “Divas”, em 2016, estrelado por Luiza Possi, Jennifer Nascimento e Leilah Moreno com canções pop.

Em 2018, Toledo recebeu um convite de Claudia Raia e Jarbas Homem de Mello — fãs do musical “Vingança”. Os dois buscavam por um espetáculo onde pudessem contracenar, e assim, em 2020, nasceu “Conserto para Dois”, assinado por Anna. A produção, além de um sucesso de público em Portugal, São Paulo, Rio de Janeiro e em outras cidades do Brasil, recebeu o Prêmio PRIO de Humor por Melhor Espetáculo de Humor em 2023 e o Prêmio Bibi Ferreira de Melhor Musical Brasileiro.

Outra parceria de sucesso é com José Possi, diretor geral de “Tarsila, a Brasileira’, que também assina o roteiro e as letras do espetáculo ao lado de Anna. O processo de quase dois anos foi “feito a quatro mãos”, como brinca a autora.

– No total foi um ano e meio de construção, incluindo a composição das letras e músicas. Antes de começarmos, levamos um bom tempo discutindo ideias, quais partes da nossa pesquisa seriam destacadas, se o espetáculo teria um tom leve ou dramático… Lemos muito, trocamos referências artísticas, debatemos política e até preferências culinárias – conta Anna, aos risos.

Para a escrita da narrativa, que vai de tons épicos ao melodrama e à farsa, Toledo percorreu uma longa trilha de leituras, e destaca a produção literária sobre Tarsila do Amaral como essencial e muito rica.

– Precisava conhecê-la melhor, e há muitos livros bons sobre Tarsila. Estão aí as publicações sobre a Semana de Arte Moderna, os manifestos Pau-Brasil e antropofágico, as obras de Oswald e Mario de Andrade, as biografias de Anita Malfatti, de Pagu, enfim. Li, anotei, processei, porque tudo isso serviria de base para a criação, mais tarde, das músicas e dos diálogos entre os personagens – analisa.

Anna Toledo
Anna Toledo

Para Anna, acompanhar a resposta do público ao musical é emocionante, visto que a maioria das pessoas não conhece a fundo a história de Tarsila do Amaral.

– Ao longo de duas horas, o público se conecta e sai não apenas informado, mas engajado e envolvido com as ideias daqueles personagens. Com ‘Tarsila’, acho que prestamos um serviço à nossa cultura – se orgulha.

Além de autora, Toledo vive um momento ímpar na carreira como atriz, e está feliz por poder colher os frutos de seu trabalho após os cinquenta anos de idade.

– Atravessar fases de trabalhos ruins, ou de nenhum trabalho, faz parte, mas chega o tempo em que as garrafas que você lançou no mar começam a ser respondidas. As oportunidades surgem de vários lugares, e eu devo aproveitá-las – celebra Anna.

Além de assinar Tarsila, Anna pode ser vista atuando na montagem “Cabaret – Kit Kat Club” feita no 033 Rooftop, em São Paulo, que estreou no dia 8 de março.

– O convite veio do diretor Kleber Montanheiro e farei a personagem Fraulein Schneider. Ela é dona de pensão alemã que se define como “uma solteirona já passada nos anos”, é uma mulher pragmática e desencantada com a vida, que vai descobrir um amor tardio com Herr Schultz, um viúvo judeu, morador da pensão. Só que o amor dos dois é ameaçado pela ascensão do nazismo, pois a história se passa na Berlim de 1930. Estou apaixonada pelo trabalho e espero que o público se emocione com a história que iremos contar – revela.

Instagram oficial Anna Toledo: https://www.instagram.com/annatoledo/

Mais informações sobre “Tarsila, a Brasileira”https://linktr.ee/tarsilaabrasileira_

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui