Barra da Tijuca ganha exposição de obras abstratas de quatro pintores contemporâneos

‘Desde Sempre’ reúne trabalhos dos cariocas  Bob N, Patrícia Porto,  Gustavo Matos e Sofia Rocha, com curadoria de Paula Boechat

Data:

Traços abstratos e de cores fortes são o fio condutor da exposição ‘Desde Sempre’, que inaugura na terça-feira, 11/06, às 19h, na Galeria Pop Up do Espaço Cultural do Itanhangá, na Barra da Tijuca. A mostra é uma ode à pintura e reúne cerca de 20 obras de quatro cariocas, mesclando os trabalhos já consagrados de Bob N e Gustavo Matos, com as telas de Patrícia Porto e Sofia Rocha, novos nomes da cena das artes plásticas. A curadoria é da artista Paula Boechat, conhecida por sua trajetória internacional e que assume a função pela primeira vez.

“A pintura é a forma mais antiga que o ser humano encontrou para expressar e configurar a vida. Desde sempre pintamos, desde a pré-história. Espero que os visitantes se deixem encontrar nas formas pictóricas e se rendam às cores, que estão lindíssimas”, afirma Paula. 

Bob N
Bob N

Com passagens pela Bienal de São Paulo, de Liverpool e pelo MAM, Bob N, que também é professor no Parque Lage, tem como característica a cor azul marcante, uma referência à natureza, que surge de forma abstrata e leva o visitante a um passeio pelo horizonte de suas telas retangulares. Em seus últimos trabalhos, utilizou IA no processo de criação para desenvolver algumas imagens. Já Gustavo Matos, que também é baterista e participou da cena underground do Rio nos anos 1990, traz sua experiência urbana para as telas, explorando a marginalidade característica das cidades, e misturando referências típicas brasileiras, como as bandeiras de Volpi, ao expressionismo abstrato norte-americano. 

Sofia Rocha
Sofia Rocha

Patrícia Porto e Sofia Rocha apresentam, cada uma à sua maneira, a força expressiva do feminino. Com uma palheta em que o rosa é prevalecente, Porto resgata em suas telas a temática do erotismo e do prazer, que sempre esteve presente em sua trajetória artística. Para ela, a pintura é um “antidepressivo em forma de pincel”, e suas linhas têm uma dimensão de cura para si própria.  Novo nome da cena, Sofia Rocha, que estuda Artes Visuais na UFF,  transita entre a mancha e a linha, e o pictórico e o gráfico. Em seu trabalho, as ondulações em cores vibrantes, como em vermelho e  amarelo, contribuem para criar um movimento intenso e parecem trazer uma pista sobre o fluxo do pensamento da artista. 

Gustavo Matos
Gustavo Matos

“A mostra exalta a arte abstrata contemporânea e traz obras de várias gerações do Rio, cada artista com suas características e subjetividades próprias, mas todos com expressiva força pictórica ”, afirma Bob. 

A abertura da exposição contará, ainda, com performances dos músicos Alex Zhem (sax tenor) e Marcos Campello (trompete). Neste dia, haverá visitas guiadas com os artistas e a curadora. A expografia é de Bianca Leite, e a exposição fica em cartaz até o dia 11/07. A Galeria Pop Up é dedicada à arte contemporânea e faz parte do Espaço Cultural do Itanhangá, inaugurado em fevereiro e que também abriga o Bananeira Jazz Club, com apresentações todas as quintas-feiras. 

Serviço

Desde Sempre

Data: de 11/06 a 11/07

Galeria Pop Up – Espaço Cultural Itanhangá: Estrada da Barra da Tijuca, 1636

Entrada gratuita

Informações: 21 99324-4684

Últimas notícias

Leia também

Talvez você goste
Relacionada

Painel de conversas e performances artísticas encerram exposição “Vasos Condutores do Tempo”

Neste sábado, dia 15, às 12h, a exposição recebe...

Os Super Heróis Negros Brasileiros

"Os Super Heróis Negros Brasileiros", que será aberta ao...

‘Topografias Íntimas’: exposição gratuita com esculturas em madeira chega ao Jardim Botânico

O artista Bryan Ochotorena (Londres, 1992) apresenta sua mais...
Compartilhe
Send this to a friend