Início » Campeã do Carnaval, Grande Rio poderá ser patrimônio imaterial cultural do Estado

Campeã do Carnaval, Grande Rio poderá ser patrimônio imaterial cultural do Estado

Proposta apresentada pelo deputado Coronel Jairo será analisada pela Alerj

por Redação
Grande Rio é campeã do Grupo Especial de 2022

Campeã do Grupo Especial, a escola de samba Acadêmicos do Grande Rio poderá ser considerada patrimônio imaterial do Estado do Rio de Janeiro. Projeto de Lei com essa finalidade foi apresentado na Assembleia Legislativa do Rio (Alerj).

Autor do PL 5846/2022, o deputado estadual Coronel Jairo (SDD) destaca a trajetória da agremiação de Duque de Caxias, bem como a importância de preservar a cultura do samba, da música e da história, divulgando o local para ensaios e visitação turística de uma das maiores festas populares do país.

Deputado Coronel Jairo elogiou enredos sociais apresentados pela Grande Rio

Deputado Coronel Jairo elogiou enredos sociais apresentados pela Grande Rio

“A Grande Rio é um orgulho da Baixada Fluminense e vem se destacando com enredos sociais, alertando para questões importantes como o combate à intolerância religiosa, tema do magnífico desfile campeão, e a preservação da Amazônia, enredo de outros carnavais. É mais do merecido que a escola seja patrimônio imaterial do nosso estado”, afirma Coronel Jairo.

O deputado justificou ainda que, além do título deste ano obtido com o enredo “Fala, Majeté! Sete Chaves de Exu”, a agremiação de Duque de Caxias possui uma trajetória vitoriosa, enumerando os vice-campeonatos de 2006, 2007, 2010 e 2020, além de ter ficado diversas vezes entre a 3ª e 6ª posição, desfilando sempre entre as campeãs do carnaval carioca.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Share via