Cantora e compositora Natália Boere receberá o Biquini Cavadão em nova edição do projeto ‘Me cante uma história’

Natália Boere e Bruno Gouveia
Natália Boere e Bruno Gouveia - Foto de Marcio Menasce

Janaína acorda todo dia às quatro e meia e, já na hora de ir pra cama, Janaína pensa que o dia não passou, que nada aconteceu. Janaína é, na verdade, Gessy, que trabalhou com a família de Bruno Gouveia, vocalista do Biquini, por mais de 40 anos. A banda vai contar esta e outras curiosidades de seus sucessos na próxima edição do “Me cante uma história”, projeto da cantora e compositora Natália Boere que entrevista cantores e compositores num show intimista, dia 21 de março, às 20h, no renomado Teatro Prudential, na Glória.

“Vento Ventania”, “Dani”, “Quanto tempo demora um mês” e “Tédio” também estão na lista de músicas que Bruno, Álvaro Birita (bateria), Carlos Coelho (guitarra) e Miguel Flores da Cunha (teclados) vão comentar e tocar no talk show.

O Biquini lançou, em meados do ano passado, o EP “12 de junho”, com quatro músicas para embalar o dia dos namorados. E, em seguida, mais três singles: “Vou te levar comigo”, “Restos de sol” e “Entre beijos e mais beijos”. A ideia é lançar mais quatro singles este ano e transformar o EP em álbum.

O “Me cante uma história” nasceu em maio de 2020, no auge da pandemia, como uma série de lives sobre composição no Instagram de Natália (@nataliaboere). Em julho deste ano, estreou no Manouche com Paulinho Moska e Tom Karabachian. Sandra de Sá também participou do projeto, que encerrou sua passagem pela casa no Jockey com Ney Matogrosso.

A estreia no Prudential, em dezembro, foi em grande estilo: com Teresa Cristina e participação especial de Zé Renato. Em janeiro, foi a vez de Jards Macalé emocionar  a plateia do teatro.  Entre os artistas que participaram das lives estão nomes como João Bosco, Fernanda Takai, Alceu Valença, Teresa Cristina, Lellê, Xande de Pilares, Roberto Menescal, Marcos Valle, Jards Macalé, Lobão e Supla.

– Tive a felicidade de dividir com o público histórias de clássicos da música brasileira, como “O bêbado e o equilibrista”, de João Bosco, e “La Belle de Jour”, de Alceu Valença. Agora, seguirei contando e compartilhando histórias num palco onde sempre almejei estar, com artistas que tanto admiro – diz Natália,  idealizadora do projeto e repórter do jornal O Globo.

SOBRE NATÁLIA BOERE: Desde 2020, a cantora, compositora e jornalista baiana está à frente do “Me cante uma história”, projeto sobre composição que começou em maio de 2020 como lives, estreou no Manouche em julho de 2022 e ganhou o palco do Teatro Prudential em dezembro. A iniciativa foi contemplada no edital “Retomada cultural”, da lei Aldir Blanc: em novembro de 2021, virou um show no Solar de Botafogo, com participações de Zé Renato, Pedro Miranda e Padre Omar, direção de Suely Mesquita e projeções de Batman Zavareze. Natália também se apresentou no palco do Aterro do Flamengo no Réveillon do Rio 2019, além de em casas como o  Teatro Ipanema, o Beco das Garrafas, o Teatro Café Pequeno, o Centro da Música Carioca Artur da Távola e o Forte de Copacabana. Foi uma das vocalistas da segunda formação da banda “O espírito da coisa”. Possui formação em teatro pelo Lee Strasberg Theatre and Film Institute e em canto pela Juilliard School, em Nova York.

TEATRO PRUDENTIAL:

“O Teatro Prudential abraçou os espetáculos de música nos últimos três anos e tem dado muito certo. Além de grandes shows, de artistas como Ney Matogrosso e João

Bosco, apresentamos as séries “Vozes Negras”, “Tributos”, “Dramaturgia em Leituras” e “Março com Elas”, que trouxe uma programação em homenagem ao mês das mulheres. E ainda o Festival da Consciência Negra e o Festival SOMAMOS – que vem abrindo espaço para novos talentos da nossa música, e também shows em parceria com o Blue Note Rio. Nosso palco está aberto para receber todos os talentos”, diz Aniela Jordan, presidente do Instituto Evoé, gestor do Teatro Prudential.

FICHA TÉCNICA:

Me cante uma história

  • Idealização e direção artística: Natália Boere
  • Convidado: Biquini
  • Direção de cena: Henrique Alqualo
  • Produção executiva: Cintia Fevereiro
  • Figurino: Fernando Viana
  • Maquiagem: Werner Coiffeur
  • Técnico de som: Leo Shogum
  • Técnico de luz: Ricardo Viana
  • Direção artística e curadoria do Teatro Prudential: Maria Siman

SERVIÇO – SHOW:

Me cante uma história – Natália Boere recebe Biquini

  • Data: 21 de março de 2023
  • Horário: 20h
  • Local: Teatro Prudential (Rua do Russel 804, Glória)
  • Ingressos: R$ 80 (inteira) e R$ 40 (meia), à venda pelo Sympla
  • Duração: 75 min
  • Classificação: Livre

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui