Início » Capacitação dos Gestores Culturais de São Paulo

Capacitação dos Gestores Culturais de São Paulo

por Redação
Gaby Blume

Quando analisamos as listas de projetos contemplados por Leis de Incentivo à Cultura, principalmente Rouanet e Proac ICMS, Direto e Editais, ou se convivemos com grupos culturais, é possível percebermos a dificuldade da maioria, quase absoluta em lidar com estes ora inacessíveis mecanismos, por um momento poderão ser sinônimo de oportunidade de viabilização para gerir projetos culturais ou de muita dificuldade no entendimento, independentemente da experiência na organização, do funcionamento e da gestão de instituições (museus, bibliotecas, centros culturais, etc.) e de associações culturais (grupos de teatro, dança, etc.).

Na falta evidente de um programa de formação continuada para os profissionais da cultura nos âmbitos municipal, estadual e federal, por meio de curso de capacitação, que contemple os gestores governamentais ou não, os artistas de dança, circo, teatro, música, audiovisual, moda, poesia ou slam, sarau, literatura, artes visuais, culinária, artesanato, mestres de cultura, guardiões da memória e da cultura de história e tradição oral, artista de rua, fazedores de cultura, conselheiros de cultura, educadores, líderes, jovens e profissionais ligados à cultura e à arte, Gaby Blume, gestora de projetos incentivados, propôs e idealizou o projeto de Capacitação EAD Para Gestores Culturais, que com originalidade propende alternativas e inovação para a realização de projetos em diferentes segmentos e linguagens, atendendo a legislação vigente e despertando um olhar tecnológico para o novo mundo pós-pandêmico, que utilizará a tecnologia disruptiva, ou seja, aquela que revoluciona, de maneira significativa, a solução que era anteriormente utilizada e cria uma nova possibilidade de permanência, propagação e inovação.

Através da hiper conectividade pretendendo romper as antigas maneiras de planejar e executar projetos e atividades, com isso, trazer melhorias significativas para os processos e linguagens culturais atuais.

O programa será gratuito e irá abranger questões inerentes à política cultural atual, gestão cultural, economia criativa, empreendedorismo, captação de recursos, prestação de contas e Leis de Incentivo Fiscal (Rouanet e PROAC), abordar temas que vão da elaboração de projetos à gestão de equipamentos culturais, tendo como target: Gestores culturais, produtores, artistas individuais, coletivos e demais interessados, de diversos segmentos e linguagens com o objetivo de qualificar e capacitar para que possam planejar estrategicamente projetos, programas, eventos, atividades, ações no âmbito cultural, além de capacitar para apresentação de projetos via leis de incentivo, assim como gerir projetos culturais, utilizar qualificadamente as ferramentas de marketing, publicidade e comunicação.

O projeto terá carga de 40 horas, desenvolvidas através de 80 vídeoaulas, de classificação livre, gravadas e disponibilizadas através de plataforma digital, com Masterclass ao vivo de cada conteúdo de estudo, ao final de cada módulo será disponibilizada a avaliação de aprendizagem, com a utilização de ferramentas de interatividade para reforço dos temas abordados, o participante poderá concluir o curso e certifica-se, em um período de 3 meses, mediante a realização de uma avaliação.

Temas das vídeoaulas:
Adequação à Lei 12.268/06 (Proac);
Adequação à Lei 8.313/91(Rouanet);
Captação de Recursos;
Elaboração de Projetos;
Formatação e Venda de Produtos Culturais;
Gestão Cultural;
Gestão de Mídias Sociais;
Legislação Específica;
Marco Regulatório das Entidades da sociedade Civil;
Noções de Contabilidade, Finanças e orçamento;
Noções de Pedagogia;
Planejamento de Eventos Culturais;
Planejamento Estratégico;
Produção Executiva.

Masterclass
1 – Tema: Reinventando a Cultura para a Era Digital;
2 – Tema: Temas da Agenda Internacional;
3 – Tema: Arena Cultural – Espaço de Manifestações
Esportivas e Culturais;
4 – Tema: Acessibilidade e Democratização de Acesso
em Projetos Culturais;
5 – Tema: Lei Federal 12.527/2011 – Lei de Acesso à Informação;
6 – Tema: Auditoria em Projetos Culturais;
7 – Tema: Identidades e representações Culturais de Minorias;
8 – Tema: Lei de Proteção de dados aplicada ao Setor Público, Político, Internacional e Segurança;
9 – Tema: Globalização e Governança;
10 – Tema: Projetos Internacionais – Captação de Recursos;
11 – Tema: Economia Criativa;
12 – Tema: Disrupções Tecnológicas e Informacionais – Desafios, Convergências e Oportunidades na Produção Cultural

As matrículas estarão disponíveis no período de 15/03/2022 à 01/11/2022 e as vídeos aulas terão inicio em 18/4/2022. Escolaridade mínima necessária: Ensino médio completo.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Share via