Cazuza faria 65 anos e ganha show-tributo com cover oficial escolhido por Lucinha Araújo

Pepe Moraes
Pepe Moraes

A inquietação do cantor Pepê Moraes o fez convidar o diretor Francis Mayer para criar o roteiro e dirigir o show de seu lançamento como “cover oficial” do cantor e compositor Cazuza. Eles trabalharam juntos em 2006 no espetáculo “OS AMANTES DE JEAN GENET”. Pepê Moraes foi escolhido através de um concurso pela internet. Ele foi oficializado em 2022, mas trabalha como cover desde 2009. Lucinha Araújo escolheu o vencedor após uma audição entre os três mais votados. Assim nasceu o show “CAZUZA-NUNCA SOFRI POR AMOR”, que estreia dia 13 de abril, às 21 horas, no DOLORES CLUB (Rua do Lavradio, 10), celebrando os 65 anos que Cazuza faria. E em 2016, participou do documentário “Os outros” de Sandra Werneck, vivendo um dos protagonistas como cover do Cazuza. Embora acoplado à imagem de um ídolo pop como Cazuza, o cantor aprovou a ideia do diretor em investir num estilo próprio, como intérprete. Tal experiência fica evidente na primeira parte do show, onde a voz do cantor fica em primeiro plano, em versões arrojadas para canções emblemáticas. O roteiro de 21 músicas coleciona sucessos, mas também privilegia canções consideradas pérolas do “lado b” do compositor.

Por exemplo, a letra da música que dá título ao show nasceu na cama de um hospital. Numa visita ao compositor, a cantora Joanna lembrou da sonhada parceria que ainda não havia acontecido. Ele imediatamente pediu papel e caneta a Lucinha Araújo. Em menos de uma hora a letra estava pronta. Joanna fez a melodia e gravou a canção “Nunca sofri por amor” em 1989. 

Há anos Francis Mayer transita pelo universo do compositor: em 1989, Cazuza compôs a música “Quero ele”, especialmente para o espetáculo “Querelle” de Jean Genet, à convite do diretor. E em 2008, assinou roteiro e direção do musical “Cazuza-Jogado a teus pés”, dentro das comemorações do cinquentenário do poeta.

Cazuza era doce e encantador, mas também era debochado e irreverente. O poeta está vivo, sim! Suas músicas povoam o inconsciente coletivo e são muito teatrais. As letras geniais podem se transformar em vários roteiros, sendo sempre a poesia o elemento principal.

Ainda em seu currículo de diretor, temos: “ANGELA MARIA – LADY CROONER”, “OS MENINOS DA RUA PAULO”, “ALTA VIGILÂNCIA”, “SE VOCÊ ME AMA…”, “AS MENINAS”, “NAMORO”, “BETTY BLUE”, “TEEN-LOVER”, “NÓ DE GRAVATA”, “ZERO DE CONDUTA”, “CAZUZA-JOGADO A TEUS PÉS”, “QUERELLE”, “DETENTOS”, “OS CAMPEÕES”, “HERDEIROS”, entre outros.

CAZUZA-NUNCA SOFRI POR AMOR – Show com PEPÊ MORAES

  • Roteiro Musical e Direção Geral de FRANCIS MAYER
  • Direção Musical de DILSON NASCIMENTO
  • Banda MELL CORRS (teclados); ALEXANDER XAVIER (guitarra); PATRICK DE ALBUQUERQUE (guitarra); ANTONIO PAOLI (baixo); CÉSAR DYON (bateria).
  • Ingressos: R$ 30,00 (antecipados) – R$ 50,00 (na hora).