Choro da Ribeira no Rena comemora o Dia Nacional do Choro

Nessa quinta-feira, 25/04, a partir das 17 horas, tem Choro da Ribeira comemorando o Dia Nacional do Choro que, na realidade, é celebrado todo 23 de abril por ser o dia do nascimento de Pixinguinha. Nina Wirtti promete brilhar ainda mais trazendo as pérolas musicais que embalam gerações.

Nascido no Rio de Janeiro, o choro ganhou forte expressão nacional, tornando-se um símbolo da cultura brasileira. Diz-se que o flautista Joaquim Antônio da Silva Callado Júnior, o Callado, é chamado de “o pai dos chorões”. É dele a composição “Flor Amorosa”, escrita em 1867 e considerada o primeiro choro da história. Callado foi um mestiço pobre que viveu na época em que o país era escravocrata e se impôs como nome fundamental na história da música brasileira, mesmo vivendo apenas 32 anos.

Já a primeira chorona foi a carioca Chiquinha Gonzaga, responsável por choros como “Atraente”, “Lua Branca” e “Gaúcho (Corta Jaca)”. Outro carioca, Ernesto Nazareth enriqueceu o estilo musical com sua interpretação erudita. Pianista clássico, ele escreveu peças fundamentais do gênero, como “Odeon”, “Brejeiro”, “Cavaquinho”.

Popularizado na virada do século XIX para o XX, o choro simboliza um Brasil que deixa de ser colônia e passa a criar as próprias raízes.

Todas essas músicas poderão ser conferidas no Renascença Clube que promete um encontro gostoso entre gerações.

Serviço
Dia: 25/04
Hora: a partir das 17 h
Local: Renascença Clube (Rua Barão de São Francisco, 54 – Andaraí)
ENTRADA FRANACA
Censura Livre (menores só acompanhados dos responsáveis legais)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui