Início » Churrascaria Palace é Patrimônio Cultural do Rio de Janeiro

Churrascaria Palace é Patrimônio Cultural do Rio de Janeiro

por Redação

Aos seus 71 anos –  completos neste mês (dezembro) com o tripé Bossa Nova, Copacabana e Art Decor, a Churrascaria Palace conquistou o título de Patrimônio Cultural do Rio de Janeiro. A disputada plaquinha azul será entregue nesta sexta (23/12), 18h com a presença do prefeito Eduardo Paes.

Localizada no icônico bairro carioca, a premiada casa é a mais tradicional do Rio de Janeiro com seus quase 40 selecionados cortes de carne. Fundada em 1951, nasceu na mesma década que a Bossa Nova e é frequentada por grandes nomes da música popular brasileira. Além da trilha sonora – MPB – na veia, conta com Patrimônio Imaterial do Rio – o Beco das Garrafas – como vizinho e grande amigo. Reduto dos maiores músicos do país, o espaço é colado- parede com parede- com a cozinha da casa. “É uma energia indescritível”, afirma o proprietário da Palace, Antônio Saraiva. Para completar, o estilo carioca que conquistou a crítica nacional e internacional, a Art Decor do salão apresenta belas cenas do cotidiano da Princesinha do Mar. “Somando a gastronomia de alta qualidade, a collab com renomados chefs e o afetuoso serviço com colaboradores de longa data, os quais confio muito; o tripé da Churrascaria Palace – Bossa Nova, Copacabana e Art Decor – transforma o nosso rodízio em uma experiência única. Aqui é um lugar de encontros. São 70 anos de muita história com clientes fiéis, frequentadores assíduos”, explica Antônio Saraiva.

De fato, por aqui, saborear é uma daquelas coisas que só o coração pode entender. O rodízio da Palace (R$195 por pessoa) inclui quase 40 cortes de carnes nobres, em que o capítulo de caça é um grande destaque. Há suculentas opções como avestruz, codorna, javali e picanha de pato. Os cortes criados pela Palace também merecem atenção especial, afinal de contas são as coisas mais lindas e cheias de graça que os clientes vão ver passar. Entre os exemplos, a Picanha Borboleta, lançada pela churrascaria nos anos 80; a Paleta de Cordeiro ao Douro; a Costela Prime; e a próprio corte Chuleta que fez muito sucesso no passado e a churrascaria resgatou há dois anos para aguçar o paladar dos comensais, quando já esquecida na Cidade Maravilhosa. Na mesa, há uma relação completa com a explicação de todas as carnes que o cliente pode pedir ao garçom, conforme preferência. E não é preciso se desesperar com a tradicional bolacha verde e vermelha que indica o serviço da carne na mesa. Na Palace, foi abolida há anos. O atendimento é personalizado, no ritmo adequado para cada pessoa.

Há, ainda, cortes especialíssimos por tempo limitado, conforme o garimpo feito pelos experts da casa em mercados de carnes do mundo todo. Os frutos do mar e peixes frescos também recebem atenção e fazem sucesso como as Ostras Depuradas da Fazenda Marinha Rota do Sol, em Santa Catarina e o Pirarucu de Manejo Sustentável da Amazônia.

O Buffet surpreende, pois vai além das clássicas saladas frescas, guarnições e sugestões japonesas. Há pratos que fazem sucesso como a Fava com Frutos do Mar, o Arroz de Bacalhau Defumado, o Camarão à Paulista e a Alcachofra Al Sugo. As renomadas colaborações também marcam presença como os famosos Tomates Meia Cura do Sítio Vale do Formoso do chef Ronaldo Canha e Sourdough artesanal da Slow Bakery. E, ainda, queijos premiums – incluindo produção brasileira -, coleção de mel de abelhas nativas – nove diferentes tipos – jamón pata negra Josep Liorens, casquinha de siri, entre outras combinações deliciosas que o cliente já come com os olhos.

A sobremesa Ovo de Gato, feito com sorvete artesanal de baunilha do mestre sorveteiro Andrea Panzacchi da Vero Gelato é coberto com ovomaltine sobre cama de língua-de-gato e ocupa o primeiro lugar entre as mais desejadas. Em seguida, o Quindim à Vinicius é o queridinho do menu. A receita consagrada do Poetinha segue acompanhada de  shot do cão engarrafado, como o músico carinhosamente chamava o whisky White Horse.

Para completar o deleite, o grande arquiteto Chicô Gouvêa assina o projeto arquitetônico do restaurante e apresenta um requintado ambiente inspirado na Art Decor, mostrando como a história da vida de Copacabana influenciou na construção da Palace. Quadros em fotos PB com detalhes em dourado dos prédios da região do Lido – logo ao lado da churrascaria – chamam atenção e fazem alusão aos anos dourados, da década de 50, quando a Bossa Nova eclodiu. E também o painel “Santa Ceia da Bossa Nova”, exposto no salão, ao lado de um belo piano, que recebe músicos até hoje, faz parte da elegante decoração. Afinal de contas, o tripé da Churrascaria Palace é: Bossa Nova, Copacabana e Art Decor.

Durante seus 70 anos de história, a casa tem como forte tradição o poder de proporcionar momentos especiais aos clientes. Entre seus frequentadores ilustres, os saudosos Amália Rodrigues, Janete Clair, Dias Gomes, Emílio Santiago e o casal de escritores Jorge Amado e Zélia Gattai. Nomes consagrados da Bossa Nova também eram vistos com frequência nos salões da Churrascaria, como Vinícius de Moraes. Atualmente, músicos como Marcos Vale, Carlos Lira, João Donato, Wanda Sá e Moacyr Luz costumam se reunir ao redor da boa mesa da Palace.

A equipe da churrascaria é formada por funcionários de longa data, que buscam oferecer o melhor atendimento, com a simpatia já reconhecida como uma grande especialidade da casa. O esforço conjunto visa promover um serviço de qualidade, reconhecido na conquista de diversos prêmios de excelência, como a “Melhor Churrascaria de 2022, do Comer & Beber da Veja; Grande Prêmio de Excelência “Melhores do Vinho 2022”, da Revista Prazeres da Mesa; o “Água na Boca 2018”, do jornal o Globo; o “Melhor Churrascaria do Rio de 2016”, da Revista Época; entre outros.

SERVIÇO:

@churrascariapalace https://churrascariapalace.com.br/

Rua Rodolfo Dantas, 16 – Copacabana. Telefone: (21) 2541-5898

Número de lugares: 180. Horário de funcionamento: de seg a dom, de 12h às 23h. C/c TODOS. c/d: TODOS. Aberto em 1951

Serviço Churrascaria Palace:

Endereço: Rua Rodolfo Dantas, 16 – Copacabana. Telefone: (21) 2541-5898

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Share via