InícioMúsicaCom regência de Priscila Bomfim, Academia de Monitores do Instituto Brasileiro de...

Postagens relacionadas

Com regência de Priscila Bomfim, Academia de Monitores do Instituto Brasileiro de Música e Educação se apresenta no Teatro Nelson Rodrigues

O primeiro passo para o início da Conexão Rio-Bordeaux, que vai promover um intercâmbio entre músicos brasileiros e da Orquestra JOSEM, da França, será dado nesta quarta-feira (22/5) com os alunos do Projeto Geração de Sons, patrocinado pela CAIXA e Governo Federal. Com uma apresentação gratuita de jovens talentos da Academia de Monitores do Instituto Brasileiro de Música e Educação, sob regência da maestrina Priscila Bomfim, no Teatro Nelson Rodrigues. Será um ensaio aberto para o público, já com repertório apropriado, que inclui clássicos como “Entreato da ópera Carmen de Bizet”, “Suíte Romeu e Julieta n2 de Prokofiev movimento 1”, “Alexandr Borodin: Danças Polovetsianas (da ópera Príncipe Igor)”, entre outros.

Este é um “esquenta” para a programação principal, que se inicia em julho, quando os músicos da Academia recebem os jovens franceses no Rio de Janeiro para uma série de apresentações e troca de experiência no território fluminense. E em agosto é a vez de nossos artistas viajarem para Bordeaux, na França, levando na bagagem muita música brasileira. A “Conexão Rio-Bordeaux” é um intercâmbio cultural que transcende fronteiras e enriquece os horizontes musicais de jovens, visando uma formação mais qualificada para ambos os lados.

– A Academia de Monitores é uma plataforma de transformação cultural, coordenada pelo programa sociocultural Instituto Brasileiro de Música e Educação, que oferece, gratuitamente, formação profissional para quem está iniciando a trajetória. Um palco onde jovens talentos, com idades entre 17 e 24 anos, vão sendo moldados para virarem profissionais completos, prontos para enfrentar os desafios do mundo do trabalho. É uma oportunidade para os alunos aprimorarem suas habilidades e adquirirem uma compreensão profunda do mercado de trabalho na indústria da música – explica a diretora de programação, Moana Martins.

No palco estarão 60 integrantes da Academia, alunos do projeto Geração de Sons, que faz parte do IBME, tocando violino, viola, violoncelo, contrabaixo, oboé, fagote, flauta, clarinete, trompete, trombone, trompa, tuba e percussão. Nesse dia 22 de maio, serão anunciados os detalhes do intercâmbio para o público, no Teatro Nelson Rodrigues. Essa iniciativa visa não apenas celebrar a excelência musical, mas também fortalecer os laços entre as culturas brasileira e francesa. Em um mundo cada vez mais conectado, a música tem o poder de unir pessoas, superar barreiras linguísticas e culturais, e inspirar colaborações profundamente significativas.

Projeto Geração de Sons

O Projeto Geração de Sons, uma iniciativa que tem o patrocínio de Governo Federal, Ministério da Cultura, Governo do Estado do Rio de Janeiro, Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa do Rio de Janeiro, através da Lei Paulo Gustavo, e CAIXA, faz parte de um grandioso trabalho de transformação social com crianças, adolescentes e jovens, em sua maioria oriundos de condições de vulnerabilidade, no Estado do Rio de Janeiro. O objetivo é formar novos músicos para transformar suas vidas a partir do reconhecimento de oportunidades e acesso à cultura do país. 

REPERTÓRIO

  • Dimitri Cervo: Abertura 2012
  • Entreato da ópera Carmen de Bizet
  • Meditação de Thaís de Massenet
  • Suíte Romeu e Julieta n2 de prokofiev movimento 1
  • Alexandr Borodin: Danças Polovetsianas (da ópera Príncipe Igor)

MAIS SOBRE A ACADEMIA

Através de um programa educacional abrangente que inclui ensaios, apresentações musicais e masterclasses com profissionais renomados, os alunos são expostos a uma variedade de experiências que enriquecem seu aprendizado e crescimento. A Academia de Monitores também enfatiza a importância da prática, permitindo que os alunos atuem como estagiários em atividades de tutoria, arquivo, luteria e produção. Esta experiência prática não só reforça o que aprenderam, mas também lhes fortalece uma visão valiosa sobre o mercado.

SERVIÇO

  • Conexão Rio-Bordeaux – Ensaio aberto da Academia de Monitores
  • 22 de maio, às 17h
  • Com a Academia de Monitores do Instituto Brasileiro de Música e Educação
  • 60 integrantes
  • Violino, viola, violoncelo, contrabaixo, oboé, fagote, flauta, clarinete, trompete, trombone, trompa, tuba e percussão
  • Maestra – Priscila Bomfim
  • Teatro Nelson Rodrigues – Avenida República do Paraguai, 230 – Centro – Rio de Janeiro (Próximo à estação Carioca do Metrô)
  • Informações: (21) 3509-9621
  • As senhas para retiradas dos ingressos serão distribuídas com até 30 minutos antes da apresentação
  • 409 lugares
  • Classificação Livre
  • Entrada gratuita

Patrocínio: Governo Federal, Ministério da Cultura, Governo do Estado do Rio de Janeiro, Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa do Rio de Janeiro, através da Lei Paulo Gustavo, e CAIXA

Últimas postagens

Compartilhe
Send this to a friend