Início » Copa do Mundo e Black Friday movimentam mercado e criam vagas de emprego

Copa do Mundo e Black Friday movimentam mercado e criam vagas de emprego

Especialista dá dicas para garantir a efetivação depois das datas festivas

por Redação
Càmilla de Souza

Càmilla de Souza

Com o mês de dezembro se aproximando, o setor de serviços e comércio vem se preparando para dar início às contratações de fim de ano. Sendo essa uma excelente janela de oportunidade para os mais de nove milhões de desempregados no Brasil (dados do IBGE). O esforço para garantir a vaga começa com a confecção de um bom currículo, mas não acaba com a assinatura do contrato. Depois de passar pelas etapas de seleção, o candidato precisa saber como agir dentro da empresa para manter o cargo depois do período de festas, quando o movimento tem uma queda habitual e os empresários costumam cortar algumas vagas.

A especialista em desenvolvimento humano – DHO, Cámilla de Souza, explica que para aumentar as chances de ser selecionado é importante entender que o currículo já mostra suas técnicas e, portanto, na entrevista são avaliados outros aspectos do comportamento e apresentação, como habilidades sócio comportamentais, capacidade de interação no ambiente de trabalho, pontualidade, dress code adequado ao perfil da vaga, comunicação, dentre outros quesitos. “É preciso, antes de mais nada, se informar sobre a empresa e para a vaga para a qual a pessoa está se candidatando”, ensina Souza. “Se o ambiente for mais formal, por exemplo, é preciso tomar mais cuidado com a vestimenta para a entrevista e com a linguagem usada, evitando gírias, por exemplo”, completa a especialista.

Confira outras cinco dicas da DHO Càmilla de Souza para se sair bem na entrevista e garantir a tão sonhada efetivação.

  1. Os recrutadores estão sempre de olho no candidato além do que o currículo dele diz. Ou seja, comunicação assertiva, empatia entre outras características que o recrutador está observando no momento da sua participação.
  2. Em uma situação de entrevista é comum escutar: Você sabe trabalhar sob pressão? Como você lida com a pressão no ambiente de trabalho? – Saber lidar com a pressão no ambiente de trabalho, como prazos, metas entre outros é uma característica muito procurada. E, se você não souber lidar com pressão, ou seja, se não tiver inteligência emocional, você provavelmente não atenderá a essa expectativa do cargo.
  3. Perguntas como: “Quais são suas principais qualidades?”; “Quais são seus principais defeitos?”, também são muito comuns. E só quem manda bem aqui, é quem tem autoconhecimento. Lembrando que, quando falamos de inteligência emocional, o autoconhecimento é um dos pilares que Daniel Goleman (psicólogo e jornalista do qual chamamos carinhosamente de o “pai da Inteligência Emocional”)  preconizou em seu livro.
  4. Perguntas como “Por que você quer trabalhar nesta empresa?” Vai buscar entender os seus valores, e se eles estão conectados com os valores da empresa. É importante uma honestidade na sua fala.
  5. E a frase mais comum em toda entrevista é essa aqui: “Conte um pouco da sua experiência”. E, mais uma vez, a regra de ouro é ser verdadeiro. Afinal, por mais que você esteja precisando do trabalho, as chances de você se sair bem no cargo e garantir a permanência na empresa será muito maior se seus valores e objetivos pessoais estiverem alinhados com o do cargo e do ambiente de trabalho. Então, não crie nada mirabolante! Conte sua jornada de forma objetiva, clara, eficaz e consistente com o que você já realizou em empregos anteriores.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Share via