Início » CrespoMusic inaugura primeiro estúdio com tecnologia Dolby Atmos em uma favela do Rio

CrespoMusic inaugura primeiro estúdio com tecnologia Dolby Atmos em uma favela do Rio

Novo espaço em Vigário Geral é um projeto do selo musical do AfroReggae com a Chantilly Produções, em parceria com a Universal Music Brasil, Virgin Music Brasil e a União Brasileira dos Compositores (UBC)

por
CrespoMusic abre estúdio em favela do Rio

Artistas de Vigário Geral já podem gravar suas produções com equipamentos de última geração e gratuitamente. A CrespoMusic, selo musical do Grupo Cultural AfroReggae com a Chantilly Produções, acaba de inaugurar o primeiro estúdio com tecnologia Dolby Atmos em uma favela do Rio. Em parceria com a Universal Music Brasil, Virgin Music Brasil e União Brasileira dos Compositores (UBC), o objetivo é revelar e desenvolver novos talentos artísticos, transformando a vida de jovens que queiram investir na carreira musical. O novo espaço funciona no Centro Cultural Waly Salomão (em Vigário Geral) e conta com infraestrutura para receber diferentes públicos e gêneros da música. 

Segundo William Reis, coordenador executivo do AfroReggae, o projeto é uma oportunidade de concretizar o sonho daqueles que não têm acesso ao concorrido mercado da música. “As favelas costumam ter muitos artistas que nem sempre conhecemos. Esperamos receber diversos cantores, sejam de rap, gospel, funk, trap, rock, mpb. O que importa é a possibilidade de oferecer um serviço de qualidade e com alta tecnologia para quem quer investir no que gosta de fazer ou no talento que possui”, explica. 

Sistema ultra moderno, comum nas salas de cinema,  o Dolby Atmos faz com que o som fique tridimensional e permite uma maior imersão para quem ouve. “É uma tecnologia sensorial que te dá a sensação de que você está dentro da música, ela te abraça”, ressalta o diretor artístico da CrespoMusic, Sany Pitbull, responsável pela seleção dos materiais produzidos pelos artistas no novo estúdio ou enviados por eles para produção. 

O nosso estúdio é o primeiro e único no mundo com a tecnologia Dolby Atmos dentro de uma favela. Vamos gravar, mixar, lançar e dar suporte ao artista no que diz respeito a parte empresarial e de planejamento de carreira. Queremos caminhar junto com os jovens que se destacarem e dar início à trajetória artística destes talentos”, ressalta o diretor executivo da CrespoMusic, Ricardo Chantilly, que já produziu artistas como Jota Quest e O Rappa e, atualmente ele está à frente do AfroGames, o primeiro centro de formação de atletas de e-sports em favelas do mundo. Criado em 2019, o projeto em parceria entre o Grupo Cultural AfroReggae capacita e profissionaliza jovens para atuar e competir em esportes eletrônicos, promovendo a diversidade, a transformação social e a geração de renda.

Nossa proposta com essa parceria é contribuirmos para levar adiante o propósito do AfroReggae. Queremos ajudar a revelar e potencializar o talento musical que podemos encontrar em comunidades como a de Vigário Geral, onde é nosso ponto de partida”, diz Miguel Cariello, diretor-geral da Virgin Music Brasil.

O diretor-geral da Universal Music Publishing Group, Marcelo Falcão, ressalta a importância da iniciativa. “Uma honra para a UMPG participar de um projeto tão importante que vai possibilitar, descobrir e trazer oportunidades aos talentos/ criadores/ autores e artistas juntamente com AfroReggae e CrespoMusic”, afirma.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Share via