Início » Duo Santoro e Trio Choro Novo são as atrações desta semana na Mostra do Arte de Toda Gente, no Teatro Dulcina, no Rio

Duo Santoro e Trio Choro Novo são as atrações desta semana na Mostra do Arte de Toda Gente, no Teatro Dulcina, no Rio

Shows gratuitos terão a dupla de violoncelistas (9/3) e o grupo contemporâneo de choro (10/3), às 19h no tradicional teatro carioca

por Redação
Duo Santoro

Aos poucos, a cena cultural “presencial” do Rio vai se reaquecendo. Com apresentações do Duo Santoro de violoncelos e do Trio Choro Novo, nos dias 9 e 10 de março às 19h, respectivamente, a Mostra Bossa Criativa Arte de Toda Gente Rio de Janeiro participa dessa retomada em grande estilo. Os shows são gratuitos e os ingressos podem ser obtidos na plataforma Sympla (https://bit.ly/3Ms6CU9). A iniciativa faz parte do programa Arte de Toda Gente (ATG), uma parceria entre a Fundação Nacional de Artes – Funarte com a Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ, com curadoria de sua Escola de Música.

A Mostra Bossa Criativa Arte de Toda Gente ocupa o palco do Teatro Dulcina desde o final de fevereiro e durante todo o mês de março, sempre às quartas e quintas-feiras. Às quartas, a programação fica a cargo do Sistema Nacional de Orquestras Sociais – Sinos, mais dedicado à música clássica; às quintas, a seleção é do Bossa Criativa, que dá mais destaque à música popular. Ao lado do Um Novo Olhar, os dois projetos integram o programa ATG. Gravada ao vivo, parte das atrações é posteriormente disponibilizada no canal Arte de Toda Gente no Youtube.

Anteriormente, a Mostra Arte de Toda Gente já realizou edições na Chapada dos Veadeiros (GO), em São Cristóvão (SE) e em Ouro Preto (MG) com participação de artistas, artesãos, profissionais da gastronomia e outras áreas que fazem parte da cultura e tradição dessas regiões. A iniciativa é voltada para a divulgação de cidades onde estão localizados pontos do patrimônio mundial, histórico, cultural e natural.

Sobre os artistas desta semana, dias 9 e 10 de março

Duo Santoro

O duo é formado pelos irmãos Paulo e Ricardo Santoro, que iniciaram seus estudos musicais com o pai, o contrabaixista Sandrino Santoro. Graduados em 1989 pela Escola de Música da UFRJ, mais tarde, tornaram-se mestres pela mesma universidade e pela UNIRIO. Ambos pertencem aos quadros da Orquestra Sinfônica Brasileira e da Orquestra Sinfônica da UFRJ, com a qual já se apresentaram várias vezes como solistas, além de participarem de outras formações camerísticas distintas, tais como trios, quartetos e outros duos.

Único duo de violoncelos em atividade permanente no Brasil, o Duo Santoro estreou em 1990 e já se apresentou nas principais salas de concerto de todo o país e na República Dominicana, incluindo o famoso Carnegie Hall de Nova York. Seus recitais consistem em um leque eclético de estilos, que vai do erudito ao popular, contando com a colaboração de diferentes compositores.

Em 2013, os irmãos lançaram seu primeiro CD, “Bem Brasileiro”, dedicado a compositores brasileiros do século XX e contemporâneos. Em 2017, lançaram o CD “Paisagens Cariocas”, dedicado à música brasileira erudita e popular, eleito um dos “10 álbuns imperdíveis de música erudita” pela Revista Bravo!

Trio Choro Novo

Trio Choro Nov

Trio Choro Novo (Foto: Bretas)

O Trio Choro Novo – Sotaques & Influências é formado por Abel Luiz (arranjos e cavaquinho, bandolim, violão tenor e viola caipira), Marlon Mouzer (arranjos, voz e violão) e Reinaldo Pestana (percussão e bateria). Seu projeto celebra o encontro de três músicos que, com experiências e formações musicais distintas, se reuniram para tocar choro. E que, a partir da riqueza de possibilidades sonoras e musicais deste gênero, encontraram canais de expressão para outros “fazeres e aconteceres” musicais, eruditos e populares, regionais e urbanos, nacionais e internacionais. Para eles, o choro é uma escola na qual se aprende o diálogo com diferentes canais de expressão sonora, com diferentes sotaques e Influências que tornam tão especial e original a música brasileira.

Confira a programação completa da Mostra:

9/3 – Duo Santoro, às 19h
10/3 – Trio Choro Novo, às 19h
16/3 – Orquestra Sinfônica da UFRJ e convidados (Concerto por Petrópolis – beneficente)*, às 19h
17/3 – Lançamento do livro “Para Ouvir o Samba” com show com o autor, Luis Felipe Lima, e Pedro Miranda. A apresentação será seguida de uma sessão de autógrafos. A partir das 18h.
23/3 – Duo Barrenechea (flauta e piano), às 19h
24/3 – Grupo de Sopros e Percussão da OSUFRJ, às19h
30/3 – Quarteto Suassuna, às 19h
31/3 – Show Marcelo Caldi, às19h

(*) Excepcionalmente, no dia 16 de março, quando se apresentará a Orquestra Sinfônica da UFRJ com músicos convidados, haverá cobrança de ingressos, com preços populares (R$ 20 inteira e R$ 10 meia-entrada), com renda revertida para as vítimas dos temporais que atingiram a cidade de Petrópolis (RJ).

Arte de Toda Gente

O programa Arte de Toda Gente compreende três diferentes iniciativas, desenvolvidas em parceria pela Fundação Nacional de Artes – Funarte com a Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ, com curadoria da Escola de Música da universidade e lançadas a partir de 2020.

A primeira dessas iniciativas é o projeto Bossa Criativa – Arte de Toda Gente, que reúne apresentações e oficinas de diversas linguagens artísticas e manifestações da economia criativa. O foco é a democratização da cultura, bem como a diversidade e a difusão de todas as artes, de modo inclusivo. As atividades são compostas de shows curtos, performances, mostras, lives e vídeos de capacitação, exibidos no site www.bossacriativa.art.br e na forma de mostras e festivais presenciais, com participação de artistas de todo o Brasil.

A segunda iniciativa é o Sistema Nacional de Orquestras Sociais (Sinos), e conta com uma rede de dezenas de músicos profissionais que atuam na capacitação de regentes, instrumentistas, compositores e educadores musicais, apoiando projetos sociais de música e contribuindo para o desenvolvimento das orquestras escolas de todo o país. Para isso, oferece um vasto conteúdo de aulas e oficinas, partituras e outras publicações através de seu site, além de promover e apoiar atividades de capacitação, mostras, concertos, congressos e festivais presenciais, em todas as regiões brasileiras. Para mais informações e acesso ao conteúdo do projeto, visite www.sinos.art.br.

Já o Um Novo Olhar (UNO) tem como alvo promover a inclusão e o acesso de crianças, jovens e adultos com algum tipo de deficiência, por meio das artes e da capacitação de professores e de regentes para coro. Com a exibição online de performances de artistas e vídeo podcasts (vodcasts) sobre arte e acessibilidade, a promoção de lives, encontros e seminários virtuais e com uma série de publicações – que incluem a produção por encomenda de versões e partituras originais de compositores brasileiros especialmente formatadas para corais –, o projeto tem também o objetivo de ampliar a percepção de toda a sociedade sobre as deficiências

Abertura da Mostra Arte de Toda Gente Rio de Janeiro

Dia 9 de março, às 19h, com o Duo Santoro
Dia 10 de março, às 19h, com Trio Choro Novo

Apresentações todas às quartas e quintas-feiras, às 19h (*excepcionalmente no dia 17, o evento terá início às 18h)

Ingressos: Entrada gratuita*, com ingressos disponíveis na plataforma Sympla – https://www.sympla.com.br. Sujeita à lotação do teatro. Todos os protocolos sanitários vigentes serão observados. (*exceto no evento beneficente do dia 16 de março, com valores populares, cuja renda será revertida para as vítimas das enchentes de Petrópolis: R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia-entrada).

Teatro Dulcina – Rua Alcindo Guanabara, 17
Centro – Rio de Janeiro (RJ)
Telefone: (21) 2240 4879
(Próximo ao VLT e ao Metrô Cinelândia)

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Share via