Início » Edson Alexandre: o Chefe com nota máxima na ala gastronômica da Marquês de Sapucaí

Edson Alexandre: o Chefe com nota máxima na ala gastronômica da Marquês de Sapucaí

por Redação
Edson Alexandre

Edson Alexandre

Marquês de Sapucaí. 2022. Durante os desfiles das Escolas de Samba da Série Ouro (Acesso) e do Grupo Especial, realizados em abril na Marquês de Sapucaí, o Camarote + Brasil, o Mirante da rocinha, o Arpoador Club, com seus 3000 convidados, e o camarote Esporte Com agitaram os foliões com o seus espaços confortáveis e uma recepção muito calorosa. Além de shows de Xande de Pilares, do GingaTropical, do ex-The Voice Louis Medeiros, entre outros, o cardápio do chef Edson Alexandre tomou conta da festa. Feito com carinho e dedicação pelo especialista em Carnaval, há 15 anos, os pratos conquistaram o público e tiraram nota máxima nos quesitos “perfeição” e “sabor”.

Estudar a fundo. Segundo o chef, conhecer profundamente o que irá preparar, é fundamental. “Primeiramente, eu penso nos clientes. Atendo cerca de 5.000, diariamente, na Avenida. A saúde deles é de suma importância! Procuro usar ingredientes à base de proteínas e carboidratos. Esse ano, o coquetel que servimos contou com salgados variados: pastéis de queijo, de carne, coxinhas e kibes. Uma magnífica torrada síria com abobrinha temperada e suflê de cebola, não ficaram de fora. Água na boca!”.

E as noites carnavalescas, não pararam nos petiscos. Refeições impecáveis no primeiro fim de semana no Sambódromo. Na sexta (23), arroz de marinheiro com camarões, VG, lulas, vieiras em seleta de pimentões e azeite de côco, a famosa cozinha show. “Maravilhoso! Não esquecemos do Escalope de Mignon ao creme de champignon e batata rústica, ravióli de muçarela de búfala ao molho vermelho e penne ao pesto genovese. E no sábado (24), risoto à Alexis à base de calabresa artesanal e pimenta de cheiro, Escalope de Filet Mignon ao molho de queijo puxado e camarões VG e penne ao curry com funghi trifolati com toque de tartufo”.

Dia das Campeãs (30). Edson Alexandre conta que, para a ocasião, preparou frango mediterrâneo, acompanhado de arroz e de purê de baroa, moqueca de peixe e camarões VG com pirão, arroz e farofa de dendê, rosbife de mignon ao creme de champignon, nhoque ao molho 3 queijos e toque de trufa branca.

“Anualmente, a minha meta é fornecer um melhor atendimento e que a comida tenha qualidade. Em todos os camarotes que trabalho, precisa estar igual. Eu fico como um desesperado, indo de cozinha em cozinha, analisando a confecção de cada prato, corrigindo molhos, temperos, tudo o que houver necessidade”, finaliza, com humor. O resultado? Sabor inesquecível.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Share via