Início » Embaixada da Itália realiza a 4ª edição do “Vini D’Italia – Salão do Vinho Italiano no Brasil”

Embaixada da Itália realiza a 4ª edição do “Vini D’Italia – Salão do Vinho Italiano no Brasil”

por Redação

Fomentar o consumo do vinho italiano, reconhecido pela sua alta qualidade, promover o encontro enogastronômico e fortalecer as relações comerciais e de amizade entre a Itália e o Brasil. Estes são os objetivos da edição 2022 do “Vini d’Italia – Salão do Vinho Italiano no Brasil”, idealizado pela Embaixada da Itália no Brasil e com a curadoria da crítica enogastronômica Sueli Maestri. O evento, que já faz parte do calendário de Brasília desde 2018, acontece este ano em dois dias: 17 e 19 de outubro.

 A edição de 2022 do Salão tem um toque especial que promete enriquecer ainda mais o evento: além de uma amplíssima variedade de rótulos de vinhos italianos e ítalo-brasileiros, que serão oferecidos pelos importadores e viticultores locais, será realizado, pela primeira vez, um fórum de debates sobre o negócio de vinhos nos dois países, com a participação de respeitados especialistas no setor vitivinícola brasileiro.

“Estamos muito orgulhosos por contribuir para a realização e o sucesso de um evento que designa Brasília como a Capital do Vinho por duas noites, ampliando a atenção do público brasileiro para além dos tradicionais e consolidados circuitos de vinhos no país”, disse o Embaixador Francesco Azzarello. “Na esteira do sucesso experimentado no ano passado, com a experiente supervisão de Sueli Maestri, decidimos dobrar nossos esforços para fazer do evento “Vini d’Italia” um ponto de referência não só para os especialistas do setor, mas também para os apreciadores do beber bem”.

A programação

O primeiro dia (17 de outubro) será dedicado ao mercado de vinho ítalo-brasileiro e seus impactos na economia dos dois países, com a realização do fórum “Debate: O mercado e as perspectivas do vinho Ítalo-Brasileiro”, apresentado pelos palestrantes Felipe Galtaroça, consultor de mercado de vinhos e CEO da Ideal BI Consulting e Diego Bertolini, consultor de mercado, especialista em vinhos e co-fundador do portal EducaVinhos.

Em seu painel, Felipe Galtaroça abordará os movimentos do mercado de vinhos e espumantes no Brasil antes, durante e após a pandemia, com a participação da Itália neste cenário, suas principais regiões produtoras e os tipos de vinhos importados pelo Brasil.

“Também falaremos sobre as expectativas para o mercado nos próximos anos e as principais tendências e oportunidades”, ressalta Felipe.

Para mostrar como a imigração italiana foi fundamental para o desenvolvimento e profissionalização do mercado de vinhos do Brasil, Diego Bertolini vai fazer, em sua palestra, um cruzamento histórico desde a imigração italiana, em 1875, que deu início à colonização da Serra Gaúcha, berço do desenvolvimento da viticultura no Brasil, até os dias de hoje, com um mercado consolidado e mais de 1100 vinícolas em atividade.

“A imigração italiana foi fundamental para o pontapé inicial, mas hoje o vinho brasileiro tem vários sotaques, não só pelas diferentes regiões em que é produzido, mas também pelo desenvolvimento empresarial de cada marca”, analisa Bertolini.

Após o fórum, será realizada uma degustação de vinhos de vinícolas ítalo-brasileiras harmonizados com queijos e produtos de charcutaria italianos.

O dia 19 de outubro será dedicado à mostra de vinhos italianos importados no Brasil. Nesta noite, a degustação de vinhos italianos será harmonizada com pratos típicos da gastronomia brasileira. Na ocasião, serão apresentados rótulos das principais regiões italianas como: Piemonte, Vêneto, Puglia, Toscana, Umbria, Sicília, Campanha, Trentino-Alto Adige, entre outras.

O encontro terá a participação de 17 das mais representativas importadoras e distribuidoras do mercado de vinhos do país, que disponibilizarão para os convidados 181 rótulos de diversos estilos e cepas, produzidos por viticultores da Itália, svisando a promoção e aumento do consumo de vinhos e espumantes italianos no mercado brasileiro, assim como as relações comerciais entre os dois países.

O evento é uma iniciativa importante para levar a excelência da vitivinícola italiana diretamente ao público-alvo, estimulando a promoção e comercialização do produto no Brasil, mercado de enorme potencial para esse consumo.

Segundo dados da ITA – Italian Trade Agency no Brasil, em termos de volume, em 2021, a Itália exportou para o Brasil 12,3 milhões de litros de vinho e, só no primeiro semestre de 2022, injetou 6 milhões de litros de vinho italiano no mercado brasileiro.

“No mercado internacional, a Itália está em primeiro lugar como a maior produtora mundial de vinhos, e em termos de exportação para o Brasil, figura em quarto lugar no ranking dos maiores exportadores de vinho para o Brasil, sendo o segundo entre os países da Europa “, conclui Sueli Maestri.

Serviço:

Evento: Vini d’Italia – Salão do Vinho Italiano no Brasil

Data: 17/10  das 18h30 às 22 horas

          19/10 das 18h30  às 22 horas

Local:  SES – Quadra 807 – Lote 30, St. de Embaixadas Sul SES 807 – Asa Sul, Brasília

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Share via