Encontro único: Arto Lindsay, Thuago Nassif e Jonas Sá no Festival A.nota

No dia 12/12, às 20h30, a 21ª atração do Festival A.NOTA 2017 será o encontro musical único e inédito de Arto Lindsay, Thiago Nassif e Jonas Sá, três cantores, compositores e produtores de disco que, embora tenham estilos bastante distintos, apresentam papéis similares dentro dos projetos em que se envolvem.

Arto Lindsay, Thiago Nassif e Jonas Sá são três nomes tão fáceis de se associar que, quando os juntamos, é inevitável o estalo de perguntarmo-nos: “por que não pensei nisso antes?”.

Talvez o fato de os três artistas serem também reconhecidos produtores de discos faça dessa correlação algo ainda mais natural. Mas, ao aproximarmo-nos do trabalho de cada um, notamos que suas diferenças são complementares e suas semelhanças se reforçam. É como se sobrepuséssemos 3 desenhos distintos e o resultado fosse um quadro novo tão natural que parecesse que sempre existiu. Eles têm em comum uma paixão natural pelas estranhezas, pela beleza dos ruídos, pela força poética das letras e pela singeleza das boas canções.

A convite do projeto A.NOTA, o trio se reúne num show conjunto em que cantarão músicas de suas carreiras em meio à versões de canções de outros que lhes agradam e serão acompanhados por Pedro Sá na guitarra, Pedro Dantas no baixo e Ricardo Dias Gomes nos teclados em uma noite de rock, soul, samba , funks e outras mumunhas mais.

Arto é, dos três, quem tem mais história, sendo reconhecido internacionalmente há muitos anos. O americano, que acaba de lançar o álbum “Cuidado Madame” muda a paisagem artística por onde quer que passe. Em Nova York, nos fim dos anos 70, foi parte do seminal movimento de arte experimental No Wave com sua banda de noise rock “DNA”, nos 80 coloriu o cenário da música pop internacional com sua banda Ambitious Lovers ao dialogar com a bossa nova e, a partir de pouco antes dos anos 90, produziu discos brasileiros importantes como “Estrangeiro” de Caetano Veloso e “Verde, Anil, Amarelo, Cor-de-Rosa e Carvão” de Marisa Monte. Arto também produziu “Três”, o disco mais recente de Thiago Nassif e desde então os dois se envolveram juntos em diversas produções musicais.

Paulista radicado no Rio de Janeiro, Nassif também goza da riqueza de um olhar estrangeiro. Em muitos níveis aliás: Morou por dois anos em Nashiville, onde teve uma banda de música folk e, quando voltou à São Paulo, foi se envolver profundamente no cenário de artes plásticas, sempre com o foco na música. Seu primeiro disco “Garçonnière” (2008) foi produzido por Rubens Espirito Santo – quem conheceu conduzindo as imersões em filosofia da arte e artes visuais no Atelier do Centro, das quais Thiago participou. “Práxis” (2011), seu segundo disco conta com participações da Epicac Tropical Banda, um conjunto de improvisação musical de artistas plásticos do qual ele faz parte e já no Rio tem trabalhado com o Chelpa Ferro e acaba de assinar com Sérgio Mekler a trilha do novo filme de Carolina Jabor, o já premiado “Aos Teus Olhos”.

De um ano pra cá, voltou sua guitarra e sua melodiosa voz para o seu mais recente trabalho, “Três”. O disco chama a atenção pela naturalidade com que Nassif passeia do Punk ao Funk, ao noise, à MPB ao silêncio. Nassif foi quem chamou Jonas para tocar em um dos discos que estava produzindo em conjunto com Arto.

Jonas, o único carioca dos três, também tem uma história com as artes plásticas. Já participou de trilhas sonoras para trabalhos de Miguel Rio Branco, Waltércio Caldas entre outros. Recentemente produziu o disco Ava Patrya Yndia Yracema que consagrou Ava Rocha no cenário musical brasileiro e foi indicado à 2 Grammy Latino por seu álbum autoral mais recente, “BLAM! BLAM!”(2015). Jonas tem se firmado como compositor nos últimos anos tendo sido gravado por Gal Costa, Nina Becker e Ava em seus últimos trabalhos e já tem o seu terceiro álbum pronto a ser lançado no primeiro trimestre do ano que vem.

Próximo show:

19/12 – Lancelottis (Alvinho, Domenico e Ivor Lancellotti)

https://www.facebook.com/anota2016/

https://www.facebook.com/teatroipanema/

Serviço

FESTIVAL A.NOTA 2017

ARTO LINDSAY + THIAGO NASSIF + JONAS SÁ
Terça-feira, 12 de Dezembro, às 20h30
Ingressos: R$ 30 (inteira) e R$ 15 (Meia) 
Teatro Ipanema
Capacidade: 193 lugares
Classificação: livre
Rua Prudente de Morais, 824A – Ipanema
Telefone: (21) 2267-3750
teatroipanema.culturapresente@gmail.com
Facebook/TeatroIpanema

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here