Início » Entrecruzos

Entrecruzos

“Entrecruzos” estreia no Centro Coreográfico do Rio de Janeiro trazendo uma história que se passa no Brasil de 2300 e em Moçambique de 1942 para abordar temas como violência contra mulher, diversidade e relações inter-raciais. A entrada é gratuita

por Redação
Entrecruzos

De 12 a 22 de janeiro o Centro Coreográfico do Rio de Janeiro, na Tijuca, recebe o espetáculo de dança-teatro “Entrecruzos”, com sessões gratuitas de quinta a domingo sempre às 19h. A montagem, escrita e encenada por Lau Mollica e Carolina Bezerra, com direção de Catia Costa, parte de uma distopia para abordar temas como violência contra mulher, diversidade e relações inter-raciais.

Na trama, Ayla e Kehinde vivem no Brasil de 2300. As fiadoras do destino recebem uma missão da grande mãe: reprogramar a história de Leo e Swalea, duas jovens que nasceram em Moçambique em 1942. Viajando no tempo e no espaço, as duas se lançam nas encruzilhadas da vida para tentar impedir que um abuso sexual aconteça.

O embrião começou em 2015 quando Lau Mollica esboçou um texto a partir de um sonho que a visitava quase toda as noites: uma menina negra que confidenciava um abuso sexual. “Eu lembro da roupa que a criança estava usando, um pulôver rosa. Lembro também que subíamos juntas uma escada até que ela me mostrava um cômodo e, sem precisar dizer uma palavra, eu entendi que ela havia sofrido um abuso”, afirma Lau. 

Em 2019 o esboço deste texto se transformou em “Limbo”, uma cena de 20 minutos apresentada em um evento de celebração ao Dia Internacional dos Direitos Humanos. Neste mesmo ano Lau se junta a Carolina com a missão de desdobrar essa cena em um espetáculo. Durante o processo, as duas descobriram como as escritas atuais de Carolina se assemelhavam aos primeiros rascunhos confeccionados por Lau em 2015. Assim, as duas foram entendendo que poderiam criar uma história que atravessasse o tempo-espaço, dialogando com o passado, o presente e o futuro ao mesmo tempo. Cartas de Tarô e oráculos também serviram de estímulos para a dramaturgia.

“Esse processo foi de muito amadurecimento, descobertas e aprendizado. Trazer à superfície temas delicados mexem nas estruturas da equipe como um todo”, relata Carolina.

“Entrecruzos” fará sua estreia nos palcos com o patrocínio da Prefeitura da cidade do Rio de Janeiro, através do Fomento à Cultura Carioca (FOCA), da Secretaria Municipal de Cultura e do edital Municipal em Cena do Estado do Rio de Janeiro, Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa e Fundação Teatro Municipal FTM/RJ. Depois das apresentações no Centro Coreográfico do Rio de Janeiro, a montagem fará três sessões gratuitas no Theatro Municipal (Salão Assyrios), dias 27, 28 e 29 de janeiro sempre às 18h

SERVIÇO:

Entrecruzos

>Centro Coreográfico da Cidade do Rio de Janeiro –

Quando: De 12 a 22 de janeiro de 2023

Dia/Hora: Quinta a domingo, 19h

Endereço: Rua José Higino, 115. Tijuca

Ingresso: gratuito

Duração: 90 minutos

Faixa etária: 14 anos

Gênero: dança/teatro

Instagram: @entrecruzos          

Entrecruzos

Theatro Municipal do Rio de Janeiro (Salão Assyrios)

Quando: 26, 27 e 28 de janeiro de 2023

Dia/hora: Sexta, sábado e domingo, às 18h

Endereço: Praça Floriano, S/N – Centro,

Ingresso: gratuito

Duração: 90 minutos

Faixa etária: 14 anos

Gênero: dança/teatro

Instagram: @entrecruzos 

Ficha Técnica

Texto: Lau Mollica e Carolina Bezerra

Diretora artística: Catia Costa

Elenco: Lau Mollica e Carolina Bezerra

Músicos: Laura Gabriela, Tauã de Lorena, Geiza Carvalho

Direção musical: Laura Gabriela, Tauã de Lorena

Trilha sonora original: Laura Gabriela, Tauã de Lorena, Geiza Carvalho

Canções originais: Lau Mollica e Stella Matsombe

Assistente de direção: Luísa Logun

Iluminação: Nina Balbi

Cenário: Tarso Gentil

Figurinos: Carolina Bezerra e Mirely de Jesus

Direção de Movimento, preparação corporal e coreografias: Elton Sacramento

Coreografias: Ludmilla Almeida

Consultoria Espiritual: Iya Gelisa – Ilê Aşé Omi Tò Ojú Obá

Fotógrafo: Benoit Fournier

Visagismo e maquiagem – sessão de fotos: Syl Oliveira e Fernanda Vieira

Designer Gráfico e Programação Visual: André Mello 

Marketing e Design Gráfico Mídias Sociais: Liana Martins Israel

Assessoria de Imprensa: Lyvia Rodrigues (Aquela que Divulga)

Direção de Produção: Joana D’Aguiar

Assistente de Produção: André Mello

Produção: Sopro Escritório de Cultura

Realização: Leoninna 

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Share via