Espetáculo infantil “Memórias de Um Burro” estreia no Teatro Dulcina, no Centro do Rio

A cidade do Rio de Janeiro vai receber, pela primeira vez, o musical infantil “Memórias de Um Burro”, uma produção inclusiva para crianças com transtorno do espectro do autismo (TEA). A montagem chega ao palco do Teatro Dulcina, no Centro, a partir do dia 06/05, e ocupa o local durante todos os sábados e domingos de maio, exceto o dia 14/05 (Dia das Mães). As apresentações acontecem às 15h.   

O texto de “Memórias de Um Burro” é da escritora russa Condessa de Ségur e foi publicado pela primeira vez em 1860, mas apresenta reflexões bem atuais. Com adaptação de Manoela Lanzellotti e direção de Marcelo de Andrade, a ideia da peça surgiu após Manoela ler a história e se apaixonar pelas crônicas de Cadichon, um burro que decide escrever suas memórias para oferecer ao seu patrão. 

Ao contar as suas lembranças, Cadichon mostra que, ao contrário do que se pensa, é muito inteligente. E mais: durante sua vida, ensinou aos humanos a importância de entender diversos pontos de vista, inclusive o dos animais. 

“Quando li o texto, fiquei emocionadíssima e sabia que era uma ótima oportunidade de levar aos palcos. Na hora, liguei para o Marcelo e perguntei se ele também acreditava que daria uma linda peça. E ele concordou. A partir daí, começamos a montar o espetáculo”, afirma Manoela Lanzellotti, que também assina a produção geral de “Memórias de Um Burro”.  

Em cena, oito atores se dividem em diferentes personagens. O diretor Marcelo de Andrade acredita que o público vai adorar conhecer as histórias de Cadichon.  “‘Memórias de um Burro’ é uma daquelas peças que fazem a gente se divertir e, ao mesmo tempo, refletir. O público vai se emocionar”, garante Marcelo.  

O espetáculo todo é pensado para deixar as crianças que possuem o transtorno do espectro do autismo mais confortáveis em assistir.  A inspiração visual é do Movimento Armorial, tendo como um dos seus principais idealizadores Ariano Suassuna, nos anos 1970. 

“Gostaríamos de fazer uma peça em que as crianças com autismo pudessem se sentir confortáveis em assistir, sem grandes dificuldades. Mas, ao mesmo tempo, pensamos em fazer uma produção que não fosse exclusiva. Dessa forma, todos podem interagir e se divertir juntos”, explica Manoela Lanzellotti, que contou com uma equipe especializada para ajudar nesse trabalho.

A peça, montada em Niterói, estreou nos palcos da sua cidade natal em outubro de 2022. Além de oferecer um espetáculo inédito e diferente dos grandes clássicos infantis, a produção criou uma iniciativa pioneira no teatro: o Cantinho do Acolhimento, espaço preparado para as crianças que precisam dar uma pausa. Nele, os pequenos podem brincar, colorir e se acalmar para voltar a assistir à história de Cadichon. 

Serviço – Memórias de Um Burro 

De 6 a 28 de maio, sábados e domingos, (exceto Dia das Mães – 14/05), às 15h. 

Teatro Dulcina, Condomínio do Edifício Teatro Regina 

Endereço: Rua Alcindo Guanabara, 17 – Centro, Rio de Janeiro 

Classificação Livre 

Ingressos: R$40,00 (inteira) e R$20,00 (meia-entrada).    

Ficha Técnica: Memórias de Um Burro – Produção Caleidoscópio 

Texto: Condessa de Ségur 

Adaptação: Manoela Lanzellotti 

Produção geral: Produção Caleidoscópio 

Direção de elenco: Marcelo de Andrade 

Assistente de direção: Julia Iribarne 

Cenografia e Figurino: Camila Bueno e Mariana Machado 

Iluminação: Valdeci Correia 

Direção musical: Caio Paranaguá 

Músicos: Caio Paranaguá, Icléa Santos Braga e Rodrigo Barbosa Comunicação: Ana Clara Araújo, Marina Mello e Paula Cerqueira 

Fotografia: Lyana Carvalho   

Elenco: 

Fernanda Celleghin 

Lara Scotelaro 

Larissa Ribeiro 

Leandro Botelho 

Marcos Muniz 

Monique Morais 

Ramon Lessa 

Ygor Valadares