Início » Espetáculo ‘Meus Cabelos de Baobá’ realiza apresentações gratuitas em setembro e outubro

Espetáculo ‘Meus Cabelos de Baobá’ realiza apresentações gratuitas em setembro e outubro

Valorização da identidade negra feminina, sua força e conexão com a ancestralidade

por Redação
Meus Cabelos de Baobá

A montagem que tem texto e atuação de Fernanda Dias, direção de Vilma Melo, a primeira negra a ganhar o prêmio Shell na categoria de Melhor Atriz e no elenco Fernanda Dias, Lidiane Oliveira, Rapha Moreto e Beà , apresenta a força do feminino onde os movimentos e os gestos, auxiliam na narrativa e na estética da encenação. Por meio de uma estética negra, o espetáculo valoriza a identidade negra feminina, sua força e conexão com a ancestralidade de se reinventar.

Inspirado em argumentos de Simone Ricco e textos da autora Conceição Evaristo, o objetivo deste espetáculo é além de trazer para a cena teatral uma estética que atravessa a diáspora negra, como essa diáspora, influencia a capacidade das mulheres se reinventarem através dos tempos e como essas estética pode ser reveladoras a ponto de fazer com o que o não dito venha à tona. Deste modo, a narrativa apresentada traz ao espectador a possibilidade de perceber o que está por trás do que vê.

“Podemos notar que no cenário cultural brasileiro os padrões e valores eurocêntricos dominam a cena. A carência de uma estética negra, neste campo, ainda é uma ação recorrente. Trata-se de um conjunto de engrenagens que silencia de modo subliminar as mulheres, principalmente as mulheres negras”, afirma Fernanda Dias.

Sinopse:

O espetáculo “Meus Cabelos de Baobá”, se desenvolve em torno de diálogos e trilha musical tocada e cantada ao vivo, da Rainha Dandaluanda com a árvore milenar de origem africana, o Baobá. A árvore, Baobá, ensina a rainha os valores africanos e desperta sua autoestima: primeiro, como menina; em seguida, como mulher e, finalmente, como rainha, consciente de sua beleza singular, de sua força ancestral e identidade negra.

Serviço: 

  • Arena Carioca Jovelina Pérola Negra – Pavuna ( Praça Ênio, s/n – Pavuna) – 14h e 19h –  22 de setembro – quinta-feira (com intérprete de libras)
  • Lona Cultural Municipal Herbert Vianna – Maré – R. Evanildo Alves, s/nº – Maré – 10h da manhã e 13h   – 28 de setembro – quarta-feira
  • Areninha Carioca Gilberto Gil – Realengo- Av. Marechal Fontenele, 5000 – 14h e 19h –  5 de outubro – quarta-feira
  • Arena Carioca Fernando Torres- Madureira  – R. Bernardino de Andrade, 200 – Madureira – 14h e 19h –  21 de outubro – sexta-feira (com intérprete de libras)
  • Entrada Franca
  • Classificação indicativa para maiores de 12 anos
  • Os dois espaços terão intérprete de libras

FICHA TÉCNICA

  • Direção – Vilma Melo
  • Argumento – Simone Ricco
  • Texto – Fernanda Dias
  • Elenco:
  • Atriz principal- Fernanda Dias
  • Atrizes /musicistas – Rapha Morret e Beà
  • Atriz coadjuvante- Lidiane Oliveira

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Share via