Início » Espetáculo “Só Lupicínio” reestreia no Teatro Vannucci

Espetáculo “Só Lupicínio” reestreia no Teatro Vannucci

Milton Filho dá vida ao cantor e compositor brasileiro conhecido por criar a expressão “dor de cotovelo”

por
Milton Filho

O ator Milton Filho sobe ao palco do Teatro Vannucci, no Shopping da Gávea, Zona Sul do Rio, para dar vida ao cantor e compositor Lupicínio Rodrigues. O espetáculo autoral mescla música e teatro, sobre a vida desse artista brilhante, admirado por gerações, que ficou conhecido como criador da expressão dor de cotovelo, revelando um gênero novo de canções. Boemia, paixões, desilusões, loucura, tudo vivido de forma intensa e eternizada nas letras e canções desse cantor e compositor que traduziu como poucos a montanha russa de emoções que o amor proporciona.

Neste monólogo musical, entre as famosas canções de Lupicínio apresentadas como “ Volta” ,“Felicidade” e “Nervos de aço”, é contada sua trajetória, seus relacionamentos e as inevitáveis dores de amor que o levaram cada vez mais a escrever letras hoje chamadas de “sofrência”. Lupicínio confessa suas mazelas do coração sem abandonar o bom humor, que sempre lhe foi peculiar, louvando sempre sua fidelidade às mulheres, todas elas, cada uma a seu tempo, ao futebol, à boemia e à noite, seus motivos para inspiração, até seu último suspiro.

“O espetáculo abrange toda uma época. Tem um pouco de Chico Alves, Orlando Silva, Noel Rosa e tantos outros grandes cantores contemporâneos do Lupicínio. Como mote de fundo, a gente fala da boemia”, explica Milton.

Brasileiro, preto, periférico, boêmio e morador da capital gaúcha, a obra do compositor nunca parou de ser regravada, não só por colegas da sua geração, mas também por intérpretes que incluem Arrigo Barnabé, Fábio Jr., Elza Soares, Maria Bethânia, Adriana Calcanhotto e Arnaldo Antunes. No espetáculo autoral, a história de Lupicínio é contada a partir das dores de amor vivenciadas pelo artista, onde ele canta e fala das paixões, venturas e desventuras que esse sentimento proporciona.

“São essas dores de amor que nos leva a contar essa história, onde ele fala das paixões pelo time, o Grêmio, por Iná, pela Gruta da Carioquinha, por Selenita, o amor sereno. São esses amores que constrói a história do espetáculo”, destaca.

“Só Lupicínio” tem direção de Márcio Vieira, direção musical de Patrick D’angello, cenário de Cachalote Matos, indicado ao Prêmio Shell de Teatro na categoria cenografia e figurino de Ricardo Rocha, indicado ao prêmio CBTJ, Centro Brasileiro Teatro para a Infância e Juventude. Milton também foi indicado na categoria ator do Prêmio Shell de Teatro por sua atuação na peça “Joãosinho e Laíla: ratos e urubus larguem minha fantasia!”. Dos palcos para as telas, está na segunda temporada de “Dom” da Amazon Prime, a primeira série original brasileira do serviço de streaming, inspirada em fatos reais, que conta a história de como Pedro Dom, filho de policial, se tornou líder de uma facção criminosa no Rio de Janeiro.

FICHA TÉCNICA

  • Atuação: Milton Filho
  • Texto: Cazé Neto
  • Direção: Márcio Vieira
  • Direção Musical: Patrick Ângelo
  • Músicos: Patrick Ângelo (Violão), Edgar Araújo (Percuteria) E Abel Luís (Cavaquinho)
  • Cenário: Cachalote Matos
  • Figurino: Ricardo Rocha
  • Iluminação: Pedro Carneiro
  • Programação visual: Leandro Antônio
  • Direção de Produção: Rômulo Rodrigues
  • Assessoria de Imprensa: @diacomunicacao

Serviço:

  • Teatro Vannucci (Shopping da Gávea)
  • Dias : Domingos 07 , 14, 21, 28/05
  • Hora: 18h30
  • Ingressos : A partir de R$ 50,00
  • Rua Marquês de São Vicente 52 3 And lj 371, Rio de Janeiro – RJ, 22451-040

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Share via