Início » Exportação de cachaça cresce quase 30% e indica retomada após pandemia

Exportação de cachaça cresce quase 30% e indica retomada após pandemia

por Redação
Cachaça Tellura

Após dois anos de pandemia e recessão mundial, a exportação da cachaça, denominação típica e exclusiva da aguardente de cana produzida no Brasil, voltou a crescer e ganhar destaque fora do país.

Segundo o balanço do setor no Anuário da Cachaça 2021, divulgado na última quinta-feira (13/10), a exportação brasileira de cachaça experimentou uma significativa recuperação em 2021 frente ao cenário de 2020, com um crescimento de 29,5% no volume exportado. No ano passado, a cachaça foi exportada para 67 países, sendo o Paraguai, a Alemanha e os Estados Unidos os principais destinos. 

Cachaça Tellura, produzida no interior do Rio de Janeiro, é uma das cachaçarias brasileiras que começou recentemente a exportar a bebida para países como França e Portugal e já prepara uma nova expansão para a Europa no próximo ano.  

Cachaça Tellura

Cachaça Tellura (Foto: Filico)

“Iniciamos a exportação da nossa cachaça para a Europa em 2020 e a expectativa é ampliar ainda mais a participação da Tellura no mercado internacional, especialmente nesse momento de retomada da economia, após os reflexos da pandemia mundial”, ressalta Carlos Alberto Correa, Diretor da Cachaça Tellura e Vice-Presidente da Associação de Produtores de Cachaças do Estado do Rio (Apacerj). 

Atualmente, a França é o país europeu com maior número de vendas da Cachaça Tellura e, com a retomada do setor após a pandemia, a Tellura dará início a sua exportação também para a Espanha, em 2023. 

Entre as preferências do mercado de exportação está o rótulo da Tellura Amburana, armazenado por 3 anos em tonéis de Amburana e Jequitibá, que ganhou destaque internacional com o prêmio ‘Revelação Spirits Selection’ e a grande medalha de ouro do Concurso Mundial de Bruxelas deste ano. A bebida concorreu com rótulos de mais de 60 países e foi julgada por um painel internacional com 120 especialistas – representando 34 nacionalidades.  

Ainda de acordo com o Anuário da Cachaça 2021, no que se refere ao valor da mercadoria exportada, a Europa se destaca com sete países entre os dez principais parceiros econômicos na compra de cachaça. O continente foi responsável por um mercado de US$ 6.238.439. 

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Share via