Exposição “Alma Tarsila” tem rodas de conversas

Obra de Lucia Lyra na exposição Alma Tarsila
Obra de Lucia Lyra na exposição Alma Tarsila

Tem novidades na exposição “Alma Tarsila” que o ENTREARTES – Coletivo de Arte apresenta, na Sala de Cultura Leila Diniz, em Niterói. Além de ver os trabalhos de Bia Torres, Fátima Dantas, Lucia Lyra, Maria Lucia Maluf, Mario Reis e Renata Barreto, nos próximos dias, os visitantes poderão conhecer os artistas. Será no projeto “Quintas na Sala”, às quintas-feiras, das 14h às 16h, sempre com entrada gratuita. A mostra homenageia a pintora Tarsila do Amaral e os cem anos da Semana de Arte Moderna, podendo ser visitada até 9 de junho.

O primeiro encontro será na próxima quinta-feira (12), com um workshop de Lucia Lyra. Com anos de experiência docente, tanto no ensino médio quanto na educação superior como professora de arte, ela encontra em diversos meios o caminho que deseja para expressar as ideias, da pintura ao desenho, passando pela criação de objetos escultóricos. Uma das linguagens que Lucia utiliza com frequência é a monotipia, uma técnica de impressão que, como o próprio nome diz, reproduz uma imagem apenas, a cada vez que é realizada. A partir de matriz plana, aplica-se a tinta, criando formas e composições que são em seguida impressas em folha de papel ou pedaço de tecido. A técnica é também utilizada como forma de introdução a outras formas de impressão, sendo no entanto reconhecida como uma linguagem autônoma, da qual muitos artistas lançam mão para criar séries únicas.

No dia 19, a roda de conversa terá Renata Barreto falando de sua experiência, com o tema “Trajetória da artista, da arquitetura aos maxibordados”. Com carreira bem-sucedida como arquiteta e designer de interiores, Renata vem se dedicando ao trabalho de arte. Ambas habilidades estão agora em função do caminho artístico, com a técnica de maxibordados. Tanto em pequenas quanto em grandes dimensões, o ponto cruz sobre telas de metal são a partida para o surgimento de estruturas em que a artista trama formas geométricas, abstratas ou figurativas, como nos trabalhos expostos em “Alma Tarsila”.

Já Mario Reis estará no “Quintas na Sala” do dia 26, conversando com a plateia sobre suas vivências. “A arte me ensinou muita coisa. Desde a infância e adolescência, em Minas Gerais, tinha expectativa de um dia vir a trabalhar com arte”, conta. Ao vir morar em Niterói aos 18 anos, Mario seguiu a carreira da contabilidade, sem abandonar o talento para a pintura, tendo desenvolvido ao longo dos anos uma poética ligada principalmente à paisagem. Teve professores como Roberto Paragó, Jair Picado, Jaime Cavalcanti e Bonifácio, entre outros, na tradição da pintura ao ar livre, vocação que Niterói herdou a partir da chegada do Grupo Grimm à cidade. Na Escola de Artes Visuais do Parque Lage, ele aproximou a experiência a uma visão ligada à contemporaneidade da pintura, incluindo elementos como a abstração e a colagem, sem medo de experimentar novas soluções.

No dia 28, um sábado, a exposição estará aberta especialmente para uma visita guiada em libras, das 10h às 12h. O público será recebido pela artista Bia Torres, que é deficiente auditiva e integra o coletivo desde o início. Dia 9 de junho, fechando a exposição, a edição do “Quintas na Sala” terá o lançamento de e-book assinado pela pintora Fátima Dantas, que é neuropsicóloga, com o título “Administrando a ansiedade”. O horário será das 16h30 às 20h30, marcando o “finissage” da coletiva.

“Alma Tarsila” é a 13ª mostra do ENTREARTES, coletivo idealizado e produzido pela produtora cultural Cacau Dias e que está no quarto ano de atuação, buscando valorizar artistas locais. Com curadoria de Ana Schieck, a exposição pode ser visitada de segunda a sexta, das 8h às 17h, com uma agenda que pode ser acompanhada nas redes sociais do grupo. As inscrições para a série “Quintas na Sala” podem ser feitas através do WhatsApp da Equipe Cacau Dias: 99956-5000. A lotação é limitada. A Sala Leila Diniz fica na Rua Heitor Carrilho, 81, no Centro, ao lado da Imprensa Oficial, perto da Rodoviária de Niterói.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui