Início » Festival de sustentabilidade LivMundi acontece neste final de semana no Rio de Janeiro

Festival de sustentabilidade LivMundi acontece neste final de semana no Rio de Janeiro

Com curadoria de sete jovens de diferentes regiões do Brasil, a quinta edição do festival volta ao formato presencial e apresenta 120 atividades gratuitas no Rio de Janeiro, em Belém e virtualmente para todo o país

por Redação
Festival de sustentabilidade LivMundi

O LivMundi, uma das principais plataformas de vida sustentável do país, vai realizar em junho a quinta edição do seu festival, que este ano volta a acontecer presencialmente no Rio de Janeiro e, pela primeira vez, será realizado também em Belém (PA). Para levar a todos os cantos do Brasil a reflexão sobre a causa socioambiental e sobre nossas ações no planeta, o evento – que é inteiramente gratuito – mantém uma ampla programação virtual, com práticas de saúde, autoconhecimento e bem-estar, oficinas, encontros e diálogos. A grande novidade deste ano é a curadoria coletiva de seis mulheres e uma pessoa não-binária, jovens engajadas no ativismo socioambiental, racial e de gênero: Beatriz Carneiro (Rio de Janeiro, RJ), Estefane Galvão (Alter do Chão, PA), Flora Rodrigues (Recife, PE), Hyally Carvalho (Caicó, RN), Kimberly Silva (Laranjal do Jarí, AP), Marina Guião (Volta Redonda, RJ) e Tayna Silva (Belém, PA). Juntas, elas desenharam a temática deste ano: Qual Presente eu Deixo no Presente?, que pretende ”narrar invisibilidades e explorar a relação entre sociedade e o ambiente por meio da exposição de lutas, valores, experiências e subjetividades que existem, resistem e coexistem no Brasil”.

LIVMUNDI PARQUE LAGE

No fim de semana seguinte, dias 11 e 12 de junho, o LivMundi volta a ocupar o Parque Lage, no Jardim Botânico, com uma extensa programação gratuita para toda a família. A expectativa de público é de 6 mil pessoas no total, com atividades como: oficinas para crianças, jovens e adultos, práticas de saúde e bem estar, exposição de arte, performances artísticas, palestras e rodas de conversa. Todas com o propósito de estimular a adoção de hábitos mais conscientes e convocar a sociedade para ações transformadoras.

A programação reúne feira de moda, design e gastronomia (com produtos sustentáveis, com opções veganas e vegetarianas e foco em produção orgânica e local), trilhas guiadas por monitores do Parque Nacional da Tijuca, vivências de integração corpo e mente, meditação, yoga, rodas de conversa, oficinas infantis e para adultos (horta orgânica, compostagem, biojóias, minhocário, reciclagem, turbante para crianças pretas, empreendedorismo, música, pandeiro, charme, carimbó, upcycling, gênero e sexualidade), mutirão de plantio de mudas, observação de pássaros, mutirão de limpeza, e performance do Passinho Carioca. Os resíduos do evento, inclusive os orgânicos, são integralmente tratados e compostados.

O casarão do Parque Lage vai abrigar a exposição coletiva “Brasis Coexistentes”, com direção artística de Batman Zavareze , com obras inéditas de jovens artistas de diferentes regiões do país: a gaúcha Anna Denardin https://www.instagram.com/annadenardinart/, o paraense Awazônia  https://www.instagram.com/awazonia/, a mineira Fabiola Fonseca

https://www.instagram.com/fabiolafonseca_bioarte/, a indígena natural do Rio de Janeiro Jaguatirika https://www.instagram.com/jaguatirikapintora/ e a pernambucana Yane Mendes

 https://www.instagram.com/eu_sou_yane/. A exposição mergulha nos Brasis expressos nas artes e conecta todes participantes em torno dos brasis que coexistem, que acredita no encontro coletivo como parte da construção do novo, e na distribuição de narrativas plurais em defesa socioambiental.

LIVMUNDI BELÉM

No dia 18 de junho, o LivMundi chega a Belém, com um dia inteiro de programação no Gueto Hub, espaço cultural e criativo inaugurado em 2021 no bairro de Jurunas, na periferia de Belém, que abriga galeria de arte, museu e área verde. Para um público esperado de 500 pessoas, será realizada a exposição coletiva “Brasis Coexistentes” (infos no parágrafo acima), oficinas (hortas e plantas medicinais, de micrometragens, além de rodas de conversa e diálogos e performance do Rebeldia Cabana, coletivo de atuação político-cultural composto pela juventude que reside no Acampamento de Reforma Agrária Terra Cabana, localizado no Município de Benevides, no Pará. A intervenção musical celebra a cultura do carimbó, samba de cacete e boi bumbá.

LIVMUNDI VIRTUAL

De alcance nacional, a última etapa do Festival LivMundi 2022 será realizada virtualmente nos dias 24, 25 e 26 de junho, no  site https://festivallivmundi.org ou www.livmundi.com, e no canal do festival no YouTube https://www.youtube.com/c/livmundi. Alguns dos destaques são os diálogos, encontros sobre temas como Afeto como Tecnologia Revolucionária, Economia da Floresta em Pé, As Línguas do Brasil, Artivismo como Ferramenta de Luta, Alimentação: Ato ou Política, Ecofeminismos, Economias Alternativas, Ativismo Digital, A Juventude do Audiovisual, A Proteção Intergeracional dos Territórios Brasileiros, O Brasil é Terra Indígena. Todos os diálogos serão interpretados em libras.

A programação virtual do LivMundi reúne diversas oficinas como de dança, instrumentos musicais, papel reciclado, tingimento de tecidos e leites vegetais, e a exibição da websérie Panelaço, que em cinco episódios  apresenta múltiplas construções de afeto, cuidado e resistência nas cozinhas de mulheres brasileiras. Apresentada  pela educadora popular Ana Santos e pelas jovens curadoras do Festival LivMundi deste ano Estefane Galvão e Flora Rodrigues, a atração tem como convidadas cinco mulheres, cada uma de uma região do Brasil: Dona Dulce do Canal do Jari (Região Norte) , Tayna Maisa do Recife (Região Nordeste) , Regina Tchelly (Região Sudeste) e Carolina Young (Região Sul).

INSCRIÇÕES

Todas as atividades do LivMundi 2022 são gratuitas e as inscrições já estão abertas no site www.livmundi.com. As atrações presenciais têm número limitado de participantes (oficinas, debates, trilhas, etc.) e será feita por ordem de chegada. A inscrição é obrigatória mas não garante a vaga na atração desejada – é necessário chegar com antecedência ao local das atividades.

CLIQUE AQUI PARA VER A PROGRAMAÇÃO COMPLETA DIA A DIA

SERVIÇO

RIO DE JANEIRO

  • 11  E 12 JUN  (SÁBADO E DOMINGO)
  • PARQUE LAGE – JARDIM BOTÂNICO
  • Rua Jardim Botânico, 414 – Jardim Botânico
  • Das 9h às 20h

BELÉM

  • 18  JUN  (SÁBADO)
  • GUETO HUB – JURUNAS
  • Travessa Quintino Bocayuva, 3729
  • Das 9h às 20h

LIVMUNDI VIRTUAL

  • 24, 25 E 26 DE JUN (SEXTA, SÁBADO E DOMINGO)
  • NO SITE LIVMUNDI.COM
  • Dia 24 de junho (sexta-feira)
  • Dias 25  e 26  de junho (sábado, domingo)

CURADORIA

Beatriz Carneiro (Rio de Janeiro, RJ)  https://www.instagram.com/bia_bing/

Estefane Galvão (Alter do Chão, PA)  – https://www.instagram.com/estefane_galvao/

Flora Rodrigues (Recife, PE) – https://www.instagram.com/florarodrigues00/

Hyally Carvalho (Caicó, RN) – https://www.instagram.com/hhzx_6/

Kimberly Silva (Laranjal do Jarí, AP) – https://www.instagram.com/k1mdon0rte/

Marina Guião (Volta Redonda, RJ) – https://www.instagram.com/marinaguiao/

Tayna Silva (Belém, PA) – https://www.instagram.com/_pretay/

A curadoria da etapa da Penha é feita pela educadora popular e liderança agroecológica da região, Ana Santos https://www.instagram.com/ana.agroecologia/ (na foto abaixo, junto com as sete jovens curadoras do festival). As atividades do tipo Despertar têm curadoria da terapeuta integrativa e sistêmica Paula Gribel https://www.instagram.com/paulagribel_/

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Share via