Início » IBME vai oferecer aulas gratuitas de instrumentos musicais para alunos da rede pública de ensino de Tanguá

IBME vai oferecer aulas gratuitas de instrumentos musicais para alunos da rede pública de ensino de Tanguá

Parceria com a Secretaria de Educação do município também prevê a formação de uma orquestra sinfônica juvenil

por Redação
Foto: Rafael Ribeiro

O Instituto Brasileiro de Música e Educação (IBME), através do Programa Orquestra nas Escolas, acaba de fechar uma parceria com a Secretaria Municipal de Educação de Tanguá, com o objetivo de oferecer aos alunos da rede pública de ensino do munícipio aulas gratuitas de instrumentos musicais e, posteriormente, a criação de uma Orquestra Sinfônica Juvenil de Tanguá. As vagas serão destinadas aos estudantes matriculados no Ensino Fundamental I e II, do 1º ao 9º ano.

As matrículas serão realizadas nas escolas-polo atendidas até o dia 14 de março, das 8h às 17h, de segunda à sexta-feira. É necessário apresentar documentos como RG e CPF do responsável e aluno, comprovante de residência e declaração escolar. As aulas terão início no dia 07 de março.

“Estamos muito felizes com essa parceria e acreditamos que o IBME vai contribuir para a transformação social de forma integral dos estudantes de Tanguá. Sem dúvida, as aulas irão trazer muitos benefícios para os alunos visando o desenvolvimento das capacidades cognitivas das crianças e dos adolescentes, com estímulo à criatividade, ao aumento da autoestima e à fruição. A relação com os instrumentos musicais colaboram para uma melhoria dos índices de evasão escolar e de desempenho acadêmico”, afirma Denize Vieira, presidente do IBME.

As aulas serão realizadas em seis escolas-polo: Escola Municipal Ernestina Ferreira Muniz (Flauta transversal; Clarineta; Saxofone; Trompete; Trombone; Bombardino; Trompa; Sousafone e Percussão); Escola Municipal Professora Dearina Silva Machado (Violino; Viola; Violoncelo; Contrabaixo acústico; Clarineta; Flauta Transversal; Trompete; Trombone; Trompa; Tuba; Percussão; Canto coral e Flauta doce); Escola Municipal Padre Thomas Pieters (Canto coral; Violino; Viola; Violoncelo; Flauta doce e Violão); Escola Municipal Manoel João Gonçalves (Flauta doce; Canto coral e Percussão) e Escola Municipal Vereador Manoel Novis da Silva (Violão; Cavaquinho; Bandolim; Percussão popular; Clarinete; Flauta transversal; Contrabaixo elétrico e Canto Coral). Na Escola Municipal Vereador Antônio Duarte Lopes (Flauta doce), as aulas acontecem apenas na grade.

“Promover a música na vida dos jovens de Tanguá é um sonho realizado, uma conquista para o município. A música e a educação propiciam a formação inclusiva e ampliam o conhecimento do mundo desses jovens, transformando não somente suas vidas, como também as de suas famílias. Vai ser muito especial quando após as aulas, os alunos estrearem na primeira Orquestra Sinfônica de Tanguá”, afirma Luciano Lucio, Secretário de Educação do município.

Para o Prefeito de Tanguá, Rodrigo Medeiros, a parceria é fruto de um sonho antigo. “Oferecer recursos lúdicos a fim de incrementar o processo pedagógico e tornar as escolas mais atraentes para os estudantes, é algo que nos traz muita alegria. Será uma oportunidade incrível para que os alunos descubram, através da música, seus dons e talentos. Não tenho a menor dúvida que a parceria será um sucesso e, a partir disso, iremos começar a construir uma nova realidade transformando a educação do município de Tanguá”, afirma.

IBME

O Instituto Brasileiro de Música e Educação (IBME) tem por objetivo promover a transformação social e integração comunitária através da educação, música e cultura para estudantes da rede pública de ensino, famílias e comunidades do Estado do Rio de Janeiro. Em mais de uma década de atuação, o projeto já impactou mais de 20 mil pessoas, por meio de todos os seus projetos, aulas gratuitas de música e formação de orquestras e outros grupos.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Share via