Instituições de Niterói oferecem neste sábado, 6, programação especial para marcar o Dia Muncial de Combate ao Câncer

Oncomed São Francisco
Oncomed São Francisco

A Oncomed e a PróOnco Mulher promovem neste sábado, 6 de abril, em Niterói, o Dia C de Combate ao Câncer. Das 9h às 15h, haverá consultas gratuitas nas especialidades de ginecologia, mastologia, urologia e até genética. Às 10h, Bruno Oliveira, capelão do Instituto Nacional do Câncer (INCA), falará sobre o tema “Viver vale a pena”, em evento seguido da roda de conversa com a psicanalista e psicóloga Christiane Couri, da Oncomed, e o mastologista Rodrigo Souto, da PróOnco Mulher. Os interessados em participar da palestra motivacional têm até 18h desta sexta (05/04) para enviar mensagem pelo WhatsApp (21) 97189-1142.

Este é o quarto ano consecutivo da ação social criada em 2021 pelas duas instituições de Niterói para levar assistência e sensibilizar a população sobre o Dia Mundial de Combate ao Câncer, 8 de abril, instituído pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Nas três primeiras edições, a parceria da Oncomed com a PróOnco Mulher atendeu 150 pessoas. Mas só nessa quarta ação, a meta é atingir a marca de 100 consultas, exclusivas para quem não tem plano. Tanto os atendimentos como a palestra acontecerão na unidade de radioterapia da Oncomed, na rua Araribóia, 6, em São Francisco, Zona Sul de Niterói.

A doença em números no Brasil

O Dia Mundial de Combate ao Câncer visa conscientizar a população sobre os cuidados de prevenção da segunda doença que causa mais morte em todo o mundo. As campanhas buscam reforçar a importância das consultas médicas e exames preventivos como forma de evitar o crescimento da doença. Segundo dados do INCA, para cada ano do triênio 2023-2025 são esperados 704 mil casos novos de câncer no Brasil, com destaque para as regiões Sul e Sudeste, que concentram cerca de 70% da incidência.

O tumor maligno mais comum no país é o de pele não melanoma (31,3% do total de casos), seguido pelos de mama feminina (10,5%), próstata (10,2%), cólon e reto (6,5%), pulmão (4,6%) e estômago (3,1%). Nas mulheres, o câncer de mama é o mais incidente (depois do de pele não melanoma), com 74 mil casos novos previstos por ano até 2025. Nos homens, o câncer predominante é o de próstata, com 72 mil novos casos estimados a cada ano do próximo triênio, atrás apenas do câncer de pele não melanoma.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui