Margens Plácidas: Vídeo performance de André Vargas, hoje, e visita mediadas, na Gamboa

Rio de Larareto - André Vargas
Rio de Larareto - André Vargas

Dando prosseguimento às atividades do processo Residências Artísticas no Atelier Sanitário, rumo à etapa final do projeto, o educador David Alfredo conduzirá os visitantes por três visitas mediadas, a partir da exposição Margens Plácidas, que fica em cartaz até o dia 22 de fevereiro.

O projeto promovido pelo Governo do Estado e a Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa do Rio de Janeiro, contemplado pelo Edital Retomada Cultural RJ2, visa estimular o desenvolvimento da produção artística e teórica, contribuindo para a cena artística carioca, especialmente na Gamboa. Como parte do Edital Retomada Cultural RJ2, as propostas (de produção artística ou pesquisa teórica) tem como mote ou ponto de diálogo discussões e reflexões sobre o Bicentenário da Independência do Brasil e conta com a curadoria de Fernanda Lopes.

Hoje, dia 15, às 16 horas, será apresentado, no MUHCAB, o vídeo performance Rio de Lazareto, criado pelo artista André Vargas, no decorrer da residência e que trata sobre o apagamento de lugares emblemáticos da história afrodiaspórica no território brasileiro.

E, finalmente, no dia 18, às 16h “A Invenção e as Revoluções”, da artista Sara Mosli, será o mote da visita. “A partir da leitura e discussão sobre a proposta artística de Sara Mosli, partiremos em direção ao Jardim Suspenso do Valongo e, assim, dialogando sobre as independências ainda pendentes para uma liberdade efetiva das pessoas brasileiras e não apenas em âmbito institucional, completa David.

David Alfredo

David Alfredo
David Alfredo

Educador em diferentes museus da região metropolitana do Rio de Janeiro desde 2010, passou por museus e centros culturais como ABL, CCBB-RJ, MAM-RJ e Museu do Amanhã, com ênfase em aproximação das artes e ciências.

Desde 2015, trabalha na divulgação científica, elaboração e acompanhamento de projetos e construção de narrativas e reflexões sobre meio ambiente, trabalho, educação e responsabilidade política e sócio-ambiental com crianças, adolescentes, jovens e idosos.

Todos os eventos serão gratuitos, transmitidos pelas redes sociais do Atelier Sanitário e contarão com a presença da comunidade local e artística. “Um dos objetivos fundamentais deste projeto, é colaborar com a formação e desenvolvimento artístico e intelectual dos residentes, incentivando a crescente e necessária produção cultural contemporânea, não só da cidade, mas também do bairro da Gamboa e da região da Pequena África, reafirmando a importância dos projetos culturais da região”, celebram Daniel e Leandro. Os projetos contam com patrocínio do Governo do Estado, Secretaria de Economia Criativa do Rio de Janeiro, através do Edital Retomada Cultural RJ2.

Atelier Sanitário

Coletivo, fundado em 2016, está situado na região da Gamboa, Rio de Janeiro. É um espaço de formação, trabalho e convivência gerido coletivamente por um grupo de artistas, curadores e pesquisadores. Além de funcionar como um atelier propriamente, o A.S. promove oficinas, exposições, feiras de publicações independentes, cineclube e apresentações musicais – estabelecendo-se como Centro Cultural Autônomo. Também produz a Água Sanitária, cerveja caseira, revolucionária, fomentadora de cultura.

Dentre as práticas de oficina/atelier, destacam-se o desenho, marcenaria, escultura e instalações. O pensamento arquitetônico, bem como suas práticas, são comuns entre os membros do Atelier. Através de oficinas, exposições e residências artísticas, estabelecem redes com outros artistas e pesquisadores e a comunidade do bairro.

Dentre as principais atividades coletivas do Atelier, destacam-se A Roda de Samba dos Amigos Compositores do Bezerra da Silva (2019), o Salão Vermelho de Artes Degeneradas (2019 e 2022), o CINEMAMATA e Residências Artísticas.

Em outubro deste ano, o Atelier Sanitário começou uma parceria com a Escola de Engenharia de Produção com Ênfase em Produção Cultural, da UniRio. Durante esse semestre, o espaço do atelier será uma espécie de laboratório de aplicação prática dos conceitos trabalhados na disciplina Práticas Extensionistas 2 – Projeto de Extensão Pensatas com a professora Nina Saroldi (@ninasaroldi).

Visita Mediada Margens Plácidas

Dias 18 de fevereiro, às 16 horas
Rio de Lazareto, do artista André Vargas
Hoje, dia 15/2, às 16h

Exposição Margens Plácidas
De 6 de janeiro a 22 de fevereiro de 2023, no Atelier Sanitário

Rua Pedro Ernesto, 56 – Gamboa

Visitação com agendamento via

www.instagram.com/ateliersanitario

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui