Foto: Quentin Lewis

“Medea”: da aclamação no LA Webfest à seleção de festivais na Nova Zelândia e Toronto, a série continua sua trajetória de sucesso

por Redação

A série “Medea” é baseada na tragédia grega “Medea de Eurípides” e vem conquistando indicações em festivais internacionais pelo mundo

“Medea”: A série revolucionária filmada na cozinha da família Lewis conquista reconhecimento global

A série “Medea”, uma produção do Canal Demais, está alcançando um reconhecimento fenomenal em festivais ao redor do mundo. Com um enredo envolvente que vem conquistando o mercado audiovisual, a série já está disponível no Amazon Prime e recentemente recebeu o prestigioso prêmio de “Melhor Trilha Sonora” no LA Webfest. Agora, ela está sendo selecionada para participar do renomado NZ Web Fest, festival internacional realizado na Nova Zelândia e no TO WebFest, realizado em Toronto, Ontário, no Canadá.

Inspirada na trágica obra grega “Medea de Eurípides”, a série narra a história de Medeia, uma mulher abandonada pelo marido, Jason, e determinada a se vingar. O diferencial desta versão é que se passa no metaverso, utilizando o software 3D gratuito Unreal Engine, mas surpreendentemente foi inteiramente gravada na cozinha da família Lewis, utilizando um iPhone para capturar as cenas.

A série “Medea” deixou sua marca no LA Webfest ao ser indicada em sete categorias, incluindo “Melhor Série”, “Melhor Filme Fantasia”, “Melhor Produção Design”, “Melhores Efeitos Especiais”, “Melhor Nomeação Especial” e, finalmente, levando para casa o cobiçado prêmio de “Melhor Trilha Sonora”.

A família Lewis, responsável pelas produções do Canal Demais, celebra a confirmação de “Medea” como uma das selecionadas para o NZ Web Fest e TO WebFest. O festival já divulgou o nome de todas as séries que estarão competindo nas diversas categorias, e em breve serão anunciadas informações mais detalhadas.

Quentin Lewis, roteirista, diretor de fotografia e editor de “Medea”, expressa sua felicidade ao saber que a série foi selecionada para os festivais. Ele elogia o NZ Web Fest como sendo fantástico, destacando o apoio recebido pelas criações e a oportunidade de participar de painéis excelentes e conhecer outros criadores interessantes e inspiradores ao longo dos anos na Nova Zelândia.

O Canal Demais já teve outros projetos indicados no NZ Web Fest e é a produtora com o maior número de séries selecionadas para o festival, incluindo as séries “Shakespeare By Half Light”, “The Adventures of Zé”, “Changes”, “Doctor Faustus”, “Leme in Love”, “Macbeth Rei do Morro”, “Encanto da Sereia” e agora “Medea”.

E ao TO Webfest, ele pontua: “Estamos muito felizes e gratos por sermos incluídos”. Esta não é a primeira vez da produtora no festival, tendo já integrado a selecção oficial em outras edições.

“Medea” continua conquistando o público e o mercado, estando disponível para streaming na Amazon Prime.

Você pode gostar

Deixe um comentário

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você concorda com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceito Leia mais

Share via