Mirante da Rocinha é Patrimônio Cultural do Rio de Janeiro

A Câmara Municipal do Rio de Janeiro aprovou, nesta semana, o projeto de lei Nº 2721/2023, de autoria do vereador Marcelo Arar, que declara o Mirante da Rocinha como Patrimônio Cultural da cidade. A iniciativa visa reconhecer e preservar o valor histórico, cultural e paisagístico deste ponto icônico da Rocinha, que oferece vistas deslumbrantes da cidade e representa um símbolo de resistência e identidade para a comunidade local.

Instalado na Zona Sul da Cidade Maravilhosa, o restaurante está no hall de Ponto Turístico Oficial da Cidade e promove uma experiência completa para os seus visitantes. No espaço, chama a atenção um muro de mais de 300 metros, com grafites de artistas da Rocinha, que contam a história da comunidade, através de seus traços, desde o seu surgimento até os dias de hoje. O impacto é logo na entrada: no primeiro ambiente, em um espaço a céu aberto, se aprecia o Cristo Redentor, o Pão de Açúcar, a Lagoa Rodrigo de Freitas e vários bairros da Zona Sul. Mesas altas dividem o ambiente com um bar moderno. No segundo pavimento, há um ponto de observação mais alto, com atmosfera mais aconchegante.

Mirante da Rocinha é Patrimônio Cultural do Rio de Janeiro“Estamos muito felizes com a aprovação do projeto de lei que declara o Mirante da Rocinha como Patrimônio Cultural do Rio de Janeiro. Este é um reconhecimento merecido para um local que oferece uma das vistas mais impressionantes da cidade, além de carregar a alma e a história da nossa comunidade. Agradecemos à Prefeitura do Rio de Janeiro por seu apoio e por valorizar a importância cultural e histórica do Mirante da Rocinha,” diz Renan Alves, sócio do Mirante.