Mommy Makeover: cirurgião explica o ‘combo’ de cirurgias plásticas que vem fazendo sucesso entre as mães pós-parto

Viviane Araújo
Viviane Araújo/Reprodução Instagram

O Dia das Mães está chegando em 11 de maio e o que muitas mães gostariam de presente é recuperar a autoestima após a gestação. O corpo feminino passa por diversas transformações ao longo da gravidez e diversas mamães, inclusive famosas como Viviane Araújo e Isa Scherer, recorrem a cirurgias plásticas para reverter os efeitos. Assim nasceu o Mommy Makeover – em português, “reforma da mamãe”, que segundo o Dr. Luiz Haroldo Pereira, membro e ex-presidente da SBCP, é um combinado de procedimentos como lipoaspiração, abdominoplastia, próteses de silicone nos seios e gluteoplastia.

“Esse tipo de cirurgia é cada vez mais frequente em pacientes mais novas. O maior índice é entre mulheres de 25 a 40 anos”, afirma o médico.

Além do ganho de peso, o corpo passa por diversas transformações – Segundo o médico, após a gravidez a mulher pode sofrer com o aumento e diminuição abruptos dos seios, diástase dos músculos retoabdominais, flacidez no abdômen e a hérnia umbilical – que inclusive levou Cláudia Raia 4 vezes ao centro cirúrgico, além do ganho de peso natural.

Personalizável para cada caso – O objetivo do Mommy Makeover é exatamente se adaptar à necessidade de cada mulher, entre abdominoplastia, lipoaspiração, cirurgias de mama e gluteoplastia. “Cada paciente tem uma questão diferente e com esse combinado, conseguimos em uma só cirurgia, reconstituir o corpo e a autoestima.”

Lipoaspiração costuma ser a mais desejada e pode ajudar também no bumbum – Como o ganho de peso é uma das características mais naturais da gestação, as gordurinhas extras que podem continuar localizadas após o parto, costumam incomodar. “Normalmente fazemos a lipo na região do dorso e dos flancos e aproveitamos essa gordura para a gluteoplastia, corrigindo alguma deformidade que possa acontecer”, conta o médico

A abdominoplastia não fica atrás. “Associamos a lipoaspiração à abdominoplastia, dependendo do nível de flacidez”. O procedimento remove o excesso de pele e ajuda na correção da diástase, que é o afastamento dos músculos abdominais.

Seios seguros para a amamentação – Com a produção de leite e alteração hormonal, os seios tendem a variar de tamanho. “Implantes de silicone costumam resolver, mas às vezes precisamos de uma mastopexia, que é a retirada do excesso de pele com ou sem silicone ou com enxerto de gordura”.

Quanto tempo após o parto, a nova mamãe poderá recorrer ao Mommy Makeover? – Segundo o Dr. Luiz Haroldo, é necessário aguardar, no mínimo, 6 meses para que o corpo esteja pronto para encarar uma cirurgia plástica e com menos alterações hormonais. 

“O mais importante é buscar por uma equipe médica qualificada e independente de já ter passado os 6 meses, é necessário fazer todos os exames. Além disso, é necessário que seja feito em ambiente hospitalar para garantir a segurança dos procedimentos”.

Saiba mais sobre Dr. Luiz Haroldo Pereira

Dr. Luiz Haroldo Pereira, que atende em Copacabana, no Rio de Janeiro, é referência em cirurgia corporal e facial no Brasil. O médico já foi presidente regional da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP) do Rio Janeiro, participou da banca de exames para título de especialista em cirurgia plástica durante 12 anos e, desde 2006, é membro da comissão de avaliação para médicos que desejam se torna titulares da SBCP, capacitados para realizar as cirurgias de abdominoplastia, lipoaspiração, implantes de silicone e outros procedimentos.

www.drluizharoldo.com.br/ 

www.instagram.com/drluizharoldo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui