Início » Musical “Furdunço do Fiofó do Judas” se apresenta dia 18 no Teatro Claro Rio

Musical “Furdunço do Fiofó do Judas” se apresenta dia 18 no Teatro Claro Rio

Espetáculo da Cia Bagagem Ilimitada acontece quarta-feira, às 19h30

por Redação
O Teatro Claro Rio recebe nesta quarta-feira, dia 18, o espetáculo “Furdunço do Fiofó do Judas – Uma Opereta Popular Apimentada por Marinês”. A apresentação acontece às 19h30.

Em 2023, a Cia Bagagem Ilimitada comemora oito anos de existência com muitos motivos para celebrar.  O espetáculo “Furdunço do Fiofó do Judas – Uma Opereta Popular Apimentada por Marinês”, completou três temporadas de sucesso no Rio de Janeiro, sendo a última realizada no já saudoso Teatro Maison de France, no Centro. Assistida por mais de três mil pessoas, o musical foi indicado ao Prêmio de Humor – idealizado por Fábio Porchat – nas categorias de Melhor Peça, Melhor Texto e na categoria Especial pela introdução do repertório musical da cantora Marinês à dramaturgia, vencendo como melhor dramaturgia em 2020. 

O enredo, carregado de brasilidade, viaja até o interior do Nordeste para contar a história de quatro mulheres, Adelina, Antônia, Francisca e Gumercinda, prostitutas e donas de um bordel que recebem a visita de um forasteiro que vai abalar as estruturas do cabaré. Elas só não desconfiam que o sargento Malaquias de Jesus é o próprio Diabo, que aparece para roubar o coração das moças!

Tais situações são apresentadas de maneira leve e cheia de borogodó, evocando o melhor da tradição teatral e cultural nordestina, onde o público vai reconhecer a exaltação à força da mulher batalhadora, os “quiproquós” e reviravoltas divertidíssimas. E a velha peleja entre o Coisa Ruim e Deus, que aqui no espetáculo é mulher e interpretada pela premiada atriz Vilma Melo, em uma Toda-Poderosa participação afetiva. 

Para apimentar essa receita, PV Israel e Jacyara de Carvalho, intérpretes e responsáveis pela dramaturgia, resgataram o pioneirismo e o humor de canções imortalizadas na voz da pernambucana Marinês, a Rainha do Xaxado. Falecida em 2007, a cantora e compositora foi a primeira mulher a liderar uma banda de forró (Marinês e sua gente) e estourou em todo o país com a música “Peba na pimenta”, recheada de duplo sentido. Esta e outras 23 canções gravadas por Marinês aparecem não como uma homenagem biográfica, mas para dar mais malícia à história passada em Fiofó do Judas.

“A opereta é um desdobramento da ópera para o público popular. Como a gente tem uma opereta, que já é popular, mais popular ainda? Temos como suporte essa possibilidade de embarcar em todos aqueles assuntos que agrada a essa camada dita popular, que os faz rir, que está na ordem do dia, na ordem do dia-a-dia, que faz o trabalho leve, faz a vida respirar melhor”, conta Jefferson Almeida, intérprete de Malaquias e também diretor do espetáculo.

Sob a batuta da diretora musical Deborah Cecília, o elenco vai fazer o público se mexer na cadeira ao som de muito xaxado e baião. Furdunço do Fiofó do Judas é um espetáculo leve e divertido, que aborda temas relevantes sem deixar de fazer rir.

“Subjetivamente e culturalmente, trazer o Nordeste para cá – uma pequena cidade fictícia e o que acontece nela – é falar do nosso Brasil, falar de um lugar que ainda está à margem, em várias camadas. Trazer mulheres como protagonistas, prostitutas… Por mais que leve que seja, estamos falando disso: de pessoas que precisam ser vistas. E valorizadas pelo que fazem. O teatro feito no seu mais simples que é era uma vez uma história de mulheres que vencem através da sua autoestima”, comenta Jacyara.

SERVIÇO:

FURDUNÇO DO FIOFÓ DO JUDAS

Local: Teatro Claro Rio – Rua Siqueira Campos, 143 – 2º piso – Copacabana.

Data: 18 de janeiro (quarta-feira)

Horário: 19h30.

Ingresso: R$ 50,00 (plateia e frisa) R$ R$ 40,00 (balcão)

Vendashttps://bileto.sympla.com.br/event/78470/d/168422?_gl=1*i8anvq*_ga*MTg0MTI2MjQyNS4xNjQwNzE2NjMz*_ga_KXH10SQTZF*MTY3Mzg3OTc3OC4xNjQuMS4xNjczODc5ODE0LjAuMC4w

Capacidade: 659 lugares

Duração: 90 Min.

Classificação: 16 anos.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Share via