Início » Nova versão do texto de Millôr Fernandes reestreia dia 12 de agosto no Theatro Municipal, com direção de Ernesto Piccolo

Nova versão do texto de Millôr Fernandes reestreia dia 12 de agosto no Theatro Municipal, com direção de Ernesto Piccolo

por Rafael Gomes

Após uma temporada de grande sucesso, Bruno Ahmed, Bruno Suzano e Paula Barros retornam aos palcos, provocando reflexões bem-humoradas sobre a trajetória da humanidade

Após uma primeira temporada com ingressos esgotados em quase todas as apresentações, a nova montagem de “A História É Uma Istória”, reestreia dia 12 de agosto, na Sala Mário Tavares, no Anexo do Theatro Municipal do Rio de Janeiro, com direção do premiado Ernesto Piccolo. O já clássico texto de Millôr Fernandes, que nunca perde a sua contemporaneidade, é uma comédia “histórico-histérica” que traz ao palco, de forma descontraída e cheia de ironia, uma linha do tempo que começa na pré-história e segue até os dias atuais, abordando a evolução do homem de forma crítica e reflexiva, questionando ídolos e os “grandes feitos” da humanidade. No elenco, Bruno Ahmed, Bruno Suzano e Paula Barros.

“Que a História se repete todo mundo sabe. Mas, pô, poderia se repetir um pouco menos!?”, Millôr Fernandes.

A curta temporada seguirá até 27 de agosto de 2022, sextas e sábados, às 20h, com ingressos a partir de R$25.

Encenada pela primeira vez em 1976, a peça tem sua maior força na relação entre espectador e atores e no sarcasmo característico dos textos de Millôr Fernandes. Para Bruno Ahmed, a montagem chega no momento ideal de provocar novas reflexões:

“No palco, relembramos fatos históricos que já aconteceram, no entanto, parece que o texto foi escrito hoje. Ele nos faz refletir sobre as decisões que tomamos ao longo da trajetória da humanidade, nos faz pensar sobre o papel do homem nesse percurso e reestreia num momento crucial da nossa história democrática, provocando reflexões mais do que atuais”, diz.

A ideia de reviver o espetáculo surgiu em 2017, quando Paula Barros criou uma cena baseada no texto para um festival de esquetes que se tornou um grande sucesso. Ao mesmo tempo, o ator Bruno Ahmed buscava uma comédia para produzir. Ambos decidiram realizar o projeto pela sua espantosa atualidade e por acreditarem que o humor é uma excelente forma de provocar reflexões. 

“O sucesso da primeira temporada confirmou a necessidade de encenarmos esse texto. Para mim, a vida não acontece sem humor, nos bons e nos maus momentos. O humor é uma ferramenta que gera a graça e o riso, mas que também faz pensar no porquê de estamos rindo, ou não, daquela situação”, diz a atriz e idealizadora Paula Barros.

Convidado para conduzir a frenética direção, que conta com mais de 100 movimentos de marcação, Ernesto Piccolo ressalta a contemporaneidade do texto:

“Um espetáculo feérico, como propôs o mestre Millôr Fernandes. Uma retrospectiva da história cheia de humor e aventuras num ritmo alucinante. Um deleite que não perde a força, nem a atualidade”, conclui.

SINOPSE: A partir do humor, “A história é uma Istória”, de Millôr Fernandes, aborda a evolução do homem de forma divertida, crítica e reflexiva, questionando e revivendo a história por diversas perspectivas. A peça torna o conhecimento histórico acessível e desmistificado para os espectadores com um texto provocativo e informal, que traz temas ainda relevantes na atualidade, com muito sarcasmo e ironia.

FICHA TÉCNICA:

Texto: Millôr Fernandes

Direção: Ernesto Piccolo

Direção de Produção: Bruno Ahmed e Paula Barros

Elenco: Bruno Ahmed, Bruno Suzano e Paula Barros

Assistente de Direção: Kattia Hein

Assistência de Produção: Breno Aveiro, Manu Hashimoto e Raphael Sodré

Iluminador: Gabriel Prieto

Diretor Musical e Sonoplastia: Cyrano Sales

Figurinista: Marcela Treiger 

Cenógrafo: Diogo Venturieri

Direção de movimento: Antônio Negreiros

Design: Igor Ribeiro

Fotógrafo: Victor Senra e Delmiro Junior (fotos de cena)

Idealização: Bruno Ahmed e Paula Barros

Realização: B&A Empreendimentos e Cultura

SERVIÇO:

A HISTÓRIA É UMA ISTÓRIA

Estreia: 12 de agosto de 2022.

Temporada: De 12 a 27 de agosto de 2022.

Horários: sextas e sábados, às 20h.

Local: Sala Mário Tavares – Anexo Theatro Municipal do Rio de Janeiro

Endereço: Av. Alm. Barroso, 14/16, 1º Pavimento – Centro, Rio de Janeiro.

Duração: 70 minutos.

Informações: (21) 99778-2506

Valores: a partir de R$25 (meia-entrada).

Link de vendas no Sympla.  

160 lugares. 12 anos.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Share via