Início » Paralamas do Sucesso no Qualistage

Paralamas do Sucesso no Qualistage

Comemorando os 40 anos do Ronca Ronca com o lançamento de vinil inédito

por Redação
Paralamas do Sucesso

No próximo dia 17 de dezembro, Os Paralamas do Sucesso sobem no palco do Qualistage com o show “Paralamas Clássicos” e lançam junto com o amigo radialista e fotógrafo Mauricio Valladares o vinil “Ronca Ronca apresenta Os Paralamas do Sucesso Ao Vivo”, gravado no programa em 13 de outubro de 1999. O LP inédito estará à venda no Qualistage e também em www.osparalamas.com.br

“Esse vinil é a celebração máxima pelos 40 anos do roNca roNca. Quatro décadas do programa que começou na Fluminense FM (em março de 1982) com o nome “Rock Alive” e que, nos anos seguintes, foi rebatizado de “roNca tripa” e “radiolla” até assumir, definitivamente, a identidade roNca roNca (em outubro de 1997).

Quem também nasceu na mesma maternidade, em 1982, foi o bebê Os Paralamas do Sucesso que, logo aos primeiros suspiros, começou a fazer traquinagens com o amiguinho de fralda radiofônica que já estava desorientando na frequência “maldita”, lá pelos lados de Niterói.

Entre as muitas parcerias realizadas pelo programa com Bi-Herbert-Barone está a gravação dessa visita ao roNca roNca, em outubro 1999, quando o trio apresentou um repertório repleto de clássicos, surpresas e improvisações. Detalhe fundamental: sessão registrada em fita K7! Portanto você tem em mãos um inoxidável pedaço da história musical brasileira preservada com muito amor e dedicação. Ele eterniza um programa de rádio com Os Paralamas dando voz a muitas gerações de fissurados em sons. Simples assim!

´40 anos não são 40 dias´.

Agradecimentos estrogonóficos aos ouvintes do programa que são a principal razão de estarmos no ar e que seguem incendiando a pista sônica. outros zilhões de “muito obrigado” a todos os profissionais que estiveram e estão a bordo do roNca em suas várias viagens pela frequência modulada da Fluminense, Panorama, Imprensa, Globo, Cidade, Oi… até chegarmos à configuração atual em www.roncaronca.com.br. Cheers.” (Mauricio Valladares)

“Mauricio Valladares e o roNca roNca se tornaram uma instituição musical. Surgido há 40 anos como Rock Alive desde as ondas de rádio da Fluminense FM, passando por outras sintonias sob várias alcunhas, o roNca roNca chegou ao streaming cibernético atual onde ancorou e ficou carinhosamente conhecido pelos seus muitos ouvintes como “Ronquinha”. Foram milhares de programas realizados desde 1982, com inúmeras histórias, revelações e encontros promovidos por esse verdadeiro navio quebra-gelo que vai singrando os oceanos e mares das tendências musicais do Brasil e do mundo, sempre apresentando boa música e a boa conversa. As transmissões de Mauricio ecoam no público atento às sonoridades especiais e nesse exato instante atingem os confins do universo conhecido, mostrando que existe vida inteligente – e sensível – emanando dessa bola azul do sistema solar.

Mesmo usufruindo do que há de bom no mundo digital, Mauricio e o roNca roNca (desculpem a redundância) se mantêm fiéis ao legado deixado pela mídia física do vinil e é isso que nos presenteiam agora com esse raro registro de uma passagem d’Os Paralamas do Sucesso numa descontraída performance acústica, com um repertório inusitado que serviu como ensaio para um dos mais ousados álbuns da banda (Acústico MTV), registrado em uma edição do roNca roNca de outubro de 1999. Não seria muita autorreferência lembrar que foi Mauricio quem tocou Os Paralamas pela primeira vez no rádio, em 1982, na “maldita”. O que dizer das concorridas edições da Funk and Reggae Party no Rio de Janeiro (1985) e das muitas participações da banda em diversos eventos ao vivo do “Ronquinha”. Com tantos anos de parceria, não será esta a última vez em que Os Paralamas estarão ao inteiro dispor do programa para realizar outras aventuras musicais. Honra seja feita ao roNca roNca! “. (Os Paralamas do Sucesso)

Show PARALAMAS CLÁSSICOS

Os Paralamas do Sucesso são uma das mais importantes bandas da história da música brasileira e latina. Com 38 anos de carreira, 27 discos lançados, dezenas de sucessos e incontáveis shows pelo Brasil e pelo mundo, o grupo segue na estrada, influenciando novas gerações e arrebatando plateias de todas as idades.

Em 2021, o trio formado por Herbert Vianna (guitarra e voz), Bi Ribeiro (baixo) e João Barone (bateria) dá início a um novo espetáculo, “Paralamas Clássicos”, em que olham para a própria história sob o filtro dos sucessos absolutos. No palco junto com eles, estão os três músicos que acompanham a banda há décadas: João Fera (teclados), Monteiro Jr. (saxofone) e Bidu Cordeiro (trombone).

O trio selecionou 31 faixas que sobrevoam as quase quatro décadas de carreira, numa viagem que começa pelo disco de estreia, “Cinema Mudo” (1983), e passa pelo mais recente álbum, “Sinais do Sim” (2017). O trajeto entre um ponto e outro é a história dos Paralamas contada em forma de música.

Estão lá, por exemplo, as canções políticas que nos ajudam a entender a história recente do Brasil: “Alagados”, “O Beco”, “Perplexo”, “O Calibre”. Também não faltam músicas que cantam o amor em suas mais diversas facetas, como “Meu Erro”, “Lanterna dos Afogados”, “Aonde Quer Que Eu Vá” e “Seguindo Estrelas”. Fora “Vital”, “Óculos”, “Ela Disse Adeus”, faixas tão peculiares quanto atemporais.

O repertório estrelado de “Paralamas Clássicos” é também um passeio pela variedade rítmica dos Paralamas, certamente o grupo que mais misturou gêneros musicais no país. É possível ver a influência do rock inglês no começo da carreira (“Fui Eu”, “Mensagem de Amor”), do reggae e do dub (“A Novidade”, “Melô do Marinheiro”), do requinte pop que se destacou na produção dos anos 90 (“Tendo a Lua”, Busca Vida”), o diálogo com a música latina (“TracTrac”, “Lourinha Bombril”)…

É também a chance de ver três músicos excepcionais que, a despeito da longa lista de serviços prestados, continuam produzindo uma das performances ao vivo mais vigorosas de que se tem notícia.

Em “Caleidoscópio”, por exemplo, é impactante ver Herbert Vianna tocando guitarra e dirigindo a canção através de solos com sotaque blues. Vale observar João Barone em “O Beco”, apenas um entre os muitos momentos do show em que sua destreza salta aos olhos. E acompanhar o grave absurdo que sai do baixo de Bi, fazendo a cama sonora do show do início ao fim. Muito mais do que um show, “Paralamas Clássicos” é a história de uma paixão que se renova: da banda pelos palcos, do público pela banda, e de ambos pela obra.

Eduardo Lemos

SERVIÇO
Os Paralamas do Sucesso
Show “Paralamas Clássicos”
Antes e depois do show: Ronca Ronca com Mauricio Valladares
Data: dia 17 de dezembro (sábado)
Show às 21h
A casa abre 1h30 antes
Preços: Mesas: a partir de R$ 120 / Camarotes: a partir de R$ 290
Ingressos /venda: https://www.eventim.com.br/event/os-paralamas-do-sucesso-qualistage-15745023/?affiliate=MR0
Classificação etária: 18 anos – Menores somente acompanhados dos pais ou responsáveis legais
Capacidade: 9 mil pessoas em pé ou 3.500 sentadas
Informações: https://qualistage.com.br/
O espaço possui acessibilidade A casa segue os protocolos de segurança, como disponibilizado álcool em gel. O local é periodicamente higienizado. Tudo para garantir a diversão com segurança.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Share via