Início » Peça teatral, lançamento de livro e roda de conversa no Teatro Popular de Niterói

Peça teatral, lançamento de livro e roda de conversa no Teatro Popular de Niterói

por Redação
Divulgação

No dia 30 de setembro o Teatro Popular de Niterói vai receber um projeto inclui espetáculo com a contadora de histórias e atriz Daniella D´Andrea, lançamento de livro e roda de conversa com narradores da cidade e da região. “A arte de governar a si mesmo”, narrativa atemporal, provoca reflexões sobre o tema ‘governo’ e sua relação com uma conduta consciente perante a vida, e será encenado às 20h, em única apresentação.

Um príncipe temperamental e desinteressado, criado com excesso de cuidados por uma rainha viúva, é colocado sob a observação de um mestre ancião. A partir do conto da tradição árabe “O príncipe, o mestre e a águia”, um espetáculo se desenha entrelaçando outros contos. A contadora de histórias e atriz niteroiense Daniella D’Andrea vai acordando “A cidade melão” (Afeganistão) e “O cego Abdallah” (Arábia), além de trechos da obra “O jardim amuralhado da verdade” de Hakim Sanai de Ghazna, poeta persa do século XII.

“Os contos filosóficos trazem diferentes camadas de compreensão para que cada um possa absorvê-los à sua maneira, sem se preocupar em descobrir uma mensagem. O entendimento vem de acordo com a experiência pessoal. As histórias não são óbvias e nem trazem respostas, mas estimulam o pensamento vivo”, reflete a narradora artística Daniella D´Andrea.

Com apoio institucional do Governo do Estado do Rio de Janeiro, Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa do Rio de Janeiro, através do Edital Retomada Cultural RJ2, “A arte de governar a si mesmo” é um projeto amplo que contempla uma série de ações paralelas ligadas à narração de histórias e à literatura, com a presença de contadores de histórias, editores e tradutores. Foi vencedor do edital de teatro adulto para espaços alternativos/2019 da Fundação de Arte de Niterói e do edital Retomada Cultural 1 da Lei Aldir Blanc.

No mesmo dia 30/09, das 17h às 19h, haverá roda de conversa sobre o movimento de contadores de histórias de Niterói com a participação de Aline Cântia e Fernando Chagas – ambos da Editora AbraPalavra, que vêm especialmente de Belo Horizonte para o evento – Schirley França, artista brincante e contadora de histórias da Carroça de Mamulengos e moradora de Maricá e o secretário das Culturas de Niterói, Alexandre Santini (a confirmar). O objetivo é sensibilizar e fomentar ações para o setor em Niterói. A mediação será da narradora de histórias niteroiense e museóloga Rita Gama.

O papo marca o lançamento do livro “Narração Artística: modos de fazer” (AbraPalavra), que traz ensaios de 10 contadores de histórias, pesquisadores e estudiosos da arte da palavra oral de todo o Brasil. A obra tem a intenção de ser útil para artistas, professores, bibliotecários, agentes de cultura e toda gente interessada pelo universo da narração.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Share via