Pluft, o fantasminha – Com a Cia PeQuod

Data:

Prestes a completar 150 apresentações, a montagem do clássico de Maria Clara Machado, dirigida por Miguel Vellinho, surpreende a plateia com bonecos e efeitos especiais, criados para mostrar, com a linguagem do teatro de animação, a história do fantasminha que morre de medo de gente

Obra que é um clássico do teatro infantil, Pluft, o fantasminha, de Maria Clara Machado, adaptada pela Cia PeQuod Teatro de Animação, será encenada em sete unidades do Sesc Rio de Janeiro, dentro do Projeto Sesc Pulsar. Neste final de semana, será no Sesc Niterói, sábado, 18, e no Sesc Nova Iguaçu, domingo, 19/05.

Prestes a completar 150 apresentações (estreou em 2022), a encenação buscou inspiração na cultura oriental para contar a história do fantasma mais famoso do teatro brasileiro, em uma versão inédita com bonecos, que lança mão de uma linguagem tecnológica e recursos especiais de iluminação para criar uma encenação repleta de aventuras para todas as idades.

A montagem da Cia PeQuod tem como referências ícones da cultura japonesa, como os famosos mangás e animes infantis A princesa Mononoke, Ponyo e Meu amigo Tororo. As influências também estão presentes na estética dos cenários, na principal técnica da animação utilizada, oriunda do Bunraku japonês, bem como nos figurinos dos atores animadores e dos bonecos, que usam trajes que dialogam com elementos presentes na obra da designer de moda Eiko Ishioka.

A cenografia do espetáculo nasce de um jardim japonês, com a presença de elementos característicos daquele país. Em cena, tecnologia une-se à delicada produção artesanal dos bonecos, confeccionados por duas artistas que vieram especialmente da França para o Brasil a fim de realizar este projeto. Uma delas, Maria Cristina Rego Barros, foi integrante da PeQuod e nesta proposta teve o desafio de colaborar na criação de personagens que exigiriam mais de um tipo de técnica de manipulação e que contariam com recursos especiais de iluminação via Wi-Fi, desenvolvidos pelo iluminador Maurício Fuziyama.

Pelas mãos da PeQuod, a história ganha mais dinamismo e ação e traz mudanças nas personalidades e nomes de alguns personagens. “A mãe de Pluft, que trazia elementos próximos de uma matriarca do século passado, dedicada em excesso aos trabalhos domésticos, ressurge com temperamento e atitudes mais renovados. Já o famoso Pirata Perna de pau passa a ser chamado de Cara de Mau, retirando uma visão capacitista, que existia quando o texto foi escrito, para dar foco ao caráter desse personagem.”, conta a atriz Liliane Xavier.

Contar esta história já fazia parte dos sonhos da PeQuod, mas a ideia para o projeto e para uma leitura mais contemporânea de Pluft foi ganhando força e vida por ocasião da celebração dos 100 anos de Maria Clara Machado.

Pluft, o fantasminha estreou no Sesi SP, teatro da Firjan, na Av. Paulista, onde cumpriu temporada de agosto a dezembro de 2022. No Rio de Janeiro, o espetáculo ficou em cartaz no teatro I do Sesc Tijuca, em temporada de 14/01 a 12/02 de 2023, com prorrogação para março do mesmo ano. Neste mesmo ano, o trabalho começou a circular por cidades do interior de SP, através do Projeto SESI Viagem Teatral, passando pelas cidades de Ribeirão Preto, Itapetininga, São José dos Campos e São José do Rio Preto.

Cia PeQuod Teatro de Animação

Companhia carioca com 25 anos de atuação que se dedica ao teatro de animação, a PeQuod aposta na interseção de linguagens como um de seus diferenciais. Desde sua fundação, vem aprofundando experiências que têm resultado numa cena arrojada e de renovação para o desenvolvimento da linguagem do Teatro de Animação, refletindo uma aproximação entre o Cinema, a Performance, a Dança e a Cultura pop contemporânea.

Sinopse

Inspirada pela estética dos animes e mangás e utilizando a linguagem do teatro de animação, a Cia PeQuod celebrou os 100 anos de Maria Clara Machado estreando uma montagem teatral original, a partir da obra mais famosa desta que é uma das maiores autoras brasileiras do teatro para crianças.

O célebre personagem, que tem medo de gente, vive uma grande aventura ao encontrar a menina Maribel, sequestrada pelo temido pirata Cara de Mau. Esse encontro inusitado dá ao protagonista o impulso e a coragem para crescer e enfrentar o mundo. Encantamento e diversão estão garantidos em mais um sucesso do repertório da PeQuod. A técnica utilizada na encenação é a manipulação direta de bonecos sobre balcão combinada com a utilização de bonecos de vara. A tecnologia ganha papel especial na montagem, através da utilização de recursos especiais de iluminação para os fantasmas, dando contornos novos ao clássico de Maria Clara Machado.

Ficha Técnica: Texto Maria Clara Machado | Dramaturgia e adaptação Cia PeQuod – Teatro de animação | Direção Miguel Vellinho |
Elenco Bárbara Abi Rihan, Caio Passos, Liliane Xavier, Márcio Nascimento, Mariana Fausto, Marise Nogueira e Raquel Botafogo | Cenografia Doris Rollemberg | Figurinos Kika de Medina | Iluminação Renato Machado e Maurício Fuziyama | Trilha sonora original e produção musical Maurício Durão | Flauta shakuhachi Mariana Fausto | Criação e escultura dos bonecos Maria Cristina Paiva e Mathilde Plisson | Equipe de confecção bonecos e adereços: Arlete Rua, Diego Diener, Diirr, Eduardo Andrade, Fampa Artes, Gustavo Kaz, Miguel Vellinho, Rogerinho Assis e Thaisa Violante | Adereços cênicos Eduardo Andrade – Arte 5 | Adereços de figurino Arlete Rua | Iluminação dos bonecos e operação de luz Maurício Fuziyama | Costureira cenário Nice Tramontin | Costureiras bonecos Maria Amélia da Silva e Maria do Carmo | Assistente adereços cênicos Marcely Soares | Produção executiva Thiago Guimarães | Assistente de produção Gustavo Kaz | Programação visual Roberta de Freitas | Readequação da programação visual Will Grão | Fotos Renato Mangolin | Assessoria de imprensa Mônica Riani & George Patiño | Assessoria de mídias digitais Rafael Teixeira | Contrarregra Divany Andrade | Operação de som Gabriel Reis | Produção executiva da circulação Liliane Xavier | Coordenação geral e direção de produção Lilian Bertin | Produção original SESI-SP | Idealização Cia PeQuod – Teatro de Animação
Pluft, o fantasminha – Cia PeQuod Teatro de Animação
Classificação: livre | Duração: 45 minutos
Relacionamento com a Imprensa: Mônica Riani 21 9 9698-5575 | monicariani@gmail.com

Programação

05/05 | Sesc São João de Meriti | Teatro | 16h
Av. Automóvel Clube, 66 – Centro, São João de Meriti – RJ, 25515-126

12/05 | Sesc Teresópolis | Teatro | 16h
Av. Delfim Moreira, 749 – Várzea, Teresópolis – RJ, 25953-237

18/05 | Sesc Niterói | Teatro | 16hR. Padre Anchieta, 56 – São Domingos, Niterói – RJ, 24210-050

19/05 | Sesc Nova Iguaçu | Teatro | 16h
Rua Dom Adriano Hipolito, 10 – Moquetá, Nova Iguaçu – RJ, 26285-330

02/06 | Sesc Barra Mansa |Teatro | 16h
Av. Tenente José Eduardo, 560 – Vila Nova, Barra Mansa – RJ, 27320-430

09/06 | Sesc São Gonçalo | Teatro | 16h
Av. Pres. Kennedy, 755 – Estrela do Norte, São Gonçalo – RJ, 24440-490

22/06 | Teatro Sesc Rosinha de Valença | Teatro | 15h
Av. Profa. Silvina Borges Graciosa, 44 – Valença – RJ, 27600-000

Últimas notícias

Leia também

Talvez você goste
Relacionada

Entre o cinema e o teatro, Ricardo Alves Jr.

Ricardo Alves Jr. Diretor e produtor de cinema e...

“O que vão dizer de nós” no mês do Orgulho LGBTQIAPN+ no Teatro Rival Petrobras

As relações de casais LGBTQIAPN+ entre quatro paredes, vistas...

Beatriz Linhales no teatro, na tv e no cinema

Beatriz Linhales, 19 anos, é uma jovem atriz que...

Feira do Lavradio recebe o espetáculo “Manifesto Amazônia: Os Encantados vivem!”

Teatro, dança, música popular e erudita, pernas de pau,...
Compartilhe
Send this to a friend