Início » Prefeitura inaugura placa de Patrimônio Cultural do Teatro casa Grande

Prefeitura inaugura placa de Patrimônio Cultural do Teatro casa Grande

Teatro Casa Grande celebra título com a estreia de "Minha Vida em Marte", peça de Mônica Martelli

por Redação
Casa Grande

A Prefeitura do Rio inaugura, na próxima quinta-feira (12/01), a placa de patrimônio cultural do Teatro Casa Grande, no Leblon. O tradicional teatro de 56 anos havia sido declarado Patrimônio Cultural Carioca no dia 20 de outubro do ano passado, por meio de decreto publicado no Diário Oficial do município. Com a homenagem, o espaço passará a integrar o Circuito dos Teatros do projeto “Circuitos do Patrimônio Cultural Carioca”, organizado pelo Instituto Rio Patrimônio da Humanidade (IRPH).  

Para celebrar o título, o Teatro Casa Grande preparou uma festa, com direito a estreia de espetáculo. Na quinta-feira, o espaço no Leblon abre suas portas a partir das 18h para um happy hour para a cerimônia de entrega da famosa plaquinha azul. Logo depois, às 21h, tem início a temporada de “Minha Vida em Marte”, solo de comédia estrelado por Mônica Martelli. Estarão presentes no evento representantes da classe artística, como Clarice Niskier, Soraya Ravenle e Zezé Polessa.  

“O Circuito dos Teatros foi criado para identificar e destacar locais de espetáculos importantes para a cultura carioca e homenagear artistas que se destacaram nos palcos teatrais.  A instalação da placa azul ajuda a resgatar a memória da cidade, eternizando parte de nossa história”, explica Laura Di Blasi, presidente do Instituto Rio Patrimônio da Humanidade. 

Ao longo de sua trajetória, o Teatro Casa Grande acompanhou o desenvolvimento do bairro do Leblon e apresentou espetáculos artísticos dos mais importantes montados no Brasil. São inúmeros os grandes nomes que por lá passaram e deixaram sua marca. Desde a sua criação, sempre se colocou como um centro em prol da democracia e da igualdade, abrigando os mais importantes debates culturais, econômicos e políticos do país.  

“Lá atrás fomos batizados por Tancredo Neves como ‘Território Livre da Democracia’ e seguimos todos estes anos fazendo jus a isso. Receber a placa que nos torna Patrimônio Cultural Carioca é o reconhecimento do nosso trabalho em prol da arte na cidade do Rio”, celebra o diretor Leo Haus, que administra o espaço junto com Silvia Haus e Rodrigo Gerheim.  

Circuitos do Patrimônio Cultural Carioca 

As famosas plaquinhas azuis de identificação de bens e locais começaram a ser instaladas em 1992; mas desde 2010, o Instituto Rio Patrimônio da Humanidade começou a fazer os Circuitos do Patrimônio Cultural Carioca por temas que valorizam o patrimônio cultural. Os circuitos deixaram de ser focados apenas em arquitetura e passaram a abranger temas livres, ligados à cultura e à identidade carioca.  

Por meio da fixação de uma placa informativa, a Prefeitura do Rio seleciona locais de destaque para cada tema. Em cada placa, os visitantes podem saber um pouco mais sobre o local e sua importância para a história da cidade e para o tema em questão. São 22 circuitos com bens culturais espalhados por toda a cidade. 

Cronograma: 

Teatro Casa Grande 

Av. Afrânio de Melo Franco, 290A – Leblon. 

Quinta-feira, 12 de janeiro 

18h às 20h: Happy Hour 

18h30: Entrega da placa 

20h: Abertura do teatro para público 

21h: Estreia “Minha Vida em Marte” (sujeito à lotação) 

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Share via