Início » “Princípio da Incerteza” no Espaço Rogério Cardoso, na Casa de Cultura Laura Alvim

“Princípio da Incerteza” no Espaço Rogério Cardoso, na Casa de Cultura Laura Alvim

A peça escrita por Rosyane Trotta e dirigida por Jefferson Almeida celebra os 15 anos da Definitiva Cia. de Teatro

por Redação
Princípio da Incerteza

A Definitiva Cia. de Teatro celebra 15 anos de formação com a estreia do seu sexto espetáculo: “Exercício de Atuação N º 1 – Princípio da Incerteza”, que cumpre temporada de 10 de janeiro a 15 de fevereiro no Espaço Rogérioio Cardoso (administrado pela FUNARJ), na Casa de Cultura Laura Alvim, em Ipanema, com sessões terças e quartas às 19h.

Nesta montagem, com dramaturgia de Rosyane Trotta e direção de Jefferson Almeida, os atores João Vítor Novaes e Marcelo de Paula se lançam em movimento pendular entre a realidade (ou a ficção da realidade) e a ficção propriamente dita. A situação entre eles oscila da simbiose amorosa à polarização destrutiva, em um processo que tem como inspiração os romances Esaú e Jacó, de Machado de Assis, Caim, de José Saramago, e Dois Irmãos, de Milton Hatoum, mediados pelas histórias, memórias e sensibilidades dos atores.

Trata-se também de um duelo: um confronto entre amigos, um desafio entre jogadores, uma disputa entre irmãos. É uma peça que provoca o público ao propor uma encenação no limiar entre o aqui-e-agora do acontecimento teatral e a elaboração estética da cena.

“Exercício de Atuação” inaugura um novo momento na trajetória da Definitiva Cia. de Teatro. Acostumada a espetáculos em que desenvolve uma pesquisa de linguagem muito definida pela presença da música, por certa instância coral e por uma cena muito limpa com foco em certa comunicação dialética, agora, mergulha nessa metodologia centrada na presença do ator e no jogo como dispositivo de criação cênica; o foco do exercício é a atuação e suas possibilidades de construção. Nesses experimentos, o coletivo se divide entre jogadores e artistas colaboradores, ou seja, parte do grupo está em cena e a outra parte integra o processo como provocadores, criadores e, sobretudo, como interlocutores.

“É uma forma de experimentar o desconhecido, de se lançar em um jogo livre que tem como único objetivo alargar as ferramentas de atuação dos integrantes da companhia. Por esse prisma, é possível, entre outras coisas, inverter certa lógica hegemônica de criação de uma peça teatral: aqui, os atores e seu jogo vêm antes do texto, da montagem, de tudo… e tudo é construído para que esse jogo apareça”, enfatiza Jefferson Almeida.

Desta maneira, “Princípio da incerteza” é o desfecho inicial dessa metodologia que vem sendo estudada pelo coletivo há quase dois anos e já prevê a estreia do “Exercício de Atuação nº 2 – O Susto”, com a atriz Tamires Nascimento sozinha em cena.

“Com esse sexto espetáculo, a Definitiva se despe da força da teatralidade e busca a dificuldade do despojamento. Coisa de coletivo experiente, que já não necessita afirmar sua identidade e pode se arriscar nos caminhos de seu avesso”, acrescenta Rosyane Trotta.

O projeto conta com patrocínio do Governo do Estado do Rio de Janeiro, Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa do Rio de Janeiro, através do Edital Retomada Cultural RJ2 e apoio institucional da FUNARJ. “Exercício de Atuação N º 1 – Princípio da Incerteza” também fará duas apresentações gratuitas, nos dias 26 e 27 de janeiro às 20h, na Sala Nelson Pereira dos Santos (Av. Visconde do Rio Branco 880 – Niterói)

Sinopse:

O espetáculo inaugura a série de exercícios que comemoram os quinze anos da Definitiva Cia de Teatro. Dois atores estudam como abordar a relação entre dois irmãos e recorrem a Caim e Abel, a Esaú e Jacó, a Polinice e Etéocles e aos seus próprios irmãos para tratar de uma rivalidade tão íntima quanto pública.

Definitiva Cia. de Teatro:

A Definitiva Cia. de Teatro foi fundada em 2008 com o objetivo de pesquisar a relação da música com a cena. Desde então vem buscando borrar os limites de uma e de outra, fazendo-as conviver de forma indissolúvel no que a Cia. chama, agora, de cena-música. É a busca desse lugar de encontro, de mistura e esmaecimento de fronteiras, que rege o trabalho da Definitiva.  A companhia possui cinco projetos teatrais em seu currículo, sendo quatro espetáculos:  Calabar, o elogio da traição (2008), Deus e o diabo na terra do sol (2011), A hora da estrela (2017), O som e a fúria – um estudo sobre o trágico (2020) – e uma versão compacta e revisitada do espetáculo de estreia – Calabar em concerto (2018) – em comemoração dos 10 anos de trabalho da Cia. Além destes, realizou o projeto audiovisual Cartas de arquivo (2018) em parceria com o Arquivo Nacional como parte das comemorações de seus 180 anos e duas edições de “Definitiva Cia de Teatro – em laboratório” (2021), oficina multidisciplinar para difusão da pesquisa empreendida pelo coletivo.

Serviço:

  • “Exercício de Atuação Nº 1 – Princípio da Incerteza
  • Onde: Casa de Cultura Laura Alvim (Espaço Rogério Cardoso)
  • Quando: 10 de janeiro a 15 de fevereiro de 2022
  • Dia/hora: terças e quartas, às 19h
  • Endereço:  Av. Vieira Souto, 176 – Ipanema
  • Ingresso: R$10 (inteira)/ R$5 (meia-entrada)
  • Capacidade: 40 lugares
  • Duração: 70min
  • Gênero: desmontagem
  • Instagram:@definitivaciadeteatro

Ficha Técnica

  • Dramaturgia: Rosyane Trotta
  • Direção: Jefferson Almeida
  • Elenco: João Vítor Novaes e Marcelo de Paula
  • Artistas colaboradores: Betho Guedes, Livs, Paula Sholl e Tamires Nascimento
  • Direção musical: Renato Frazão
  • Direção de arte: Arlete Rua
  • Iluminação: Livs
  • Preparação corporal e Coreografia: Rosa Trotta
  • Assessoria de imprensa: Aquela que divulga
  • Prestação de contas: Alan Isídio
  • Contabilidade: VOX Contábil
  • Produção: Tem Dendê! Produções – Tamires Nascimento
  • Realização: Jefferson Almeida e Definitiva Cia. de Teatro

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Share via