Início » Red carpet: o tapete vermelho no UFC brasileiro

Red carpet: o tapete vermelho no UFC brasileiro

por Redação
CEO Daniel Mauro, a esposa Débora Máximo, o CEO Fábio Alonso e a esposa Mariane Caiado

O espaço Ribalta, na Barra da Tijuca, foi palco de mais uma edição da LFA126! O evento, que recebeu o patrocínio master da Wipi Telecom, com o apoio do Laboratório Contraprova, contou com mais de 1.000 pessoas, entre artistas, empresários e amantes da modalidade. Na luta principal, José Delano venceu Jonas Bilharinho, mas, por ter ficado acima do peso, não levou o cinturão dos pesos-penas.

Entre os vips presentes, Rogério Minotouro, o ator Raul Gazolla, o ex-jogador Léo Moura, o secretário municipal de Esportes Guilherme Schleder; a apresentadora Adriana Bombom, a ex-No Limite Ariadna, a modelo e influenciadora Débora Máximo, a ex BBB Anamara, a atriz Bárbara França, Fábio Alonso, CEO do Laboratório Contraprova, Mariana Caiado, e o casal de empresários, Phael Azevedo e Vanessa Oliver.

Famosos e anônimos vibravam a cada luta do card! Valia tudo para não perder nenhum lance da competição: fotografar, filmar e até mesmo, os gritos de incentivos para o ídolo.

Daniel Mauro, CEO da Wipi Telecomunicações e organizador do evento, ressalta a importância da realização do evento no país. “O Brasil é o principal exportador de atletas de MMA. Cerca de 40 % dos atletas do MMA vêm do LFA. Fomentar o esporte aqui é dar oportunidade de preparação e ascensão aos nossos atletas que querem chegar ao topo do MMA”, concluiu Daniel.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Share via