Início » Rock in Rio 2022: O Uirapuru do Rock

Rock in Rio 2022: O Uirapuru do Rock

por Redação

Espetáculo musical criado por Roberto Medina em parceria com Zé Ricardo terá direção artística de Charles Möeller e Claudio Botelho.

O Uirapuru fala sobre amor e felicidade e reforça o pilar “Por Um Mundo Melhor” do festival

Rock in RioUm novo projeto tomará conta de uma das arenas olímpicas, na Cidade do Rock, durante o Rock in Rio 2022. O espaço ocupado pelo musical argentino “Fuerza Bruta” na edição passada, agora dará lugar a uma produção inédita e totalmente concebida e produzida pelo time criativo do Rock in Rio — um “Originals Rock in Rio”. Com criação de Roberto Medina e direção musical de Zé Ricardo, o Rock in Rio dá vida ao espetáculo Uirapuru, um musical de 25 minutos que tem produção de Charles Möeller e Claudio Botelho.

Em o “Uirapuru”, o público pode aguardar muita tecnologia e sonoplastia similar aos musicais da Broadway para abraçar a mágica lenda de um pássaro. Conta a fábula que quem ouve seu canto, ao fazer um pedido, tem o desejo realizado. Uma história que fala de amor e de felicidade a partir de um jovem guerreiro que se apaixona pela filha de um cacique. Mas, como se trata de um amor proibido, eles não podem se casar e ele se transforma em um pássaro para que possa cantar e acompanhar os passos de sua amada. Um conto que leva e inspira o bem por onde passa e que conversa diretamente com a trajetória do pilar “Por um Mundo Melhor” do festival.

Para a construção deste espetáculo, Roberto Medina não economizou na produção e terá uma cachoeira artificial de 40 metros de extensão e cerca de 200 mil litros de água (reutilizável) utilizados por hora.

Para Medina, o Uirapuru chega para quebrar os paradigmas e reforça que o Rock in Rio não é apenas música, mas também leva experiências variadas para o público. “Ha muitos anos não oferecemos apenas shows de música. Vamos muito além, somos procurados pelas experiências que as pessoas buscam viver. Os shows estão ali, a música está ali, mas oferecemos mais. E o Uirapuru é uma prova disso. Quem passar por este espetáculo será impactado pelo que esperamos para o futuro. Uma conversa de amor, feita de pessoas para pessoas e que exala felicidade. Isso é o Rock in Rio”, afirma Medina, lembrando que cada um poderá neste espetáculo mentalizar seus desejos: “eles se realizarão!!”, garante.

Para dar vida a este musical, o diretor Zé Ricardo compôs uma trilha sonora especial. A “Sou Uirapuru” foi gravada pela orquestra de Heliópolis, de São Paulo, e contou com nada menos que 70 músicos regidos pelo maestro Edilson Ventureli.

“É emocionante ver mais um filho nascendo no Rock in Rio. Roberto me convidou para fazer o Uirapuru com ele. Pensamos em cada detalhe, desde o pássaro sobrevoando o público presente, a cachoeira e muito mais. Mas para tudo isso ganhar ainda mais consistência, assim como a Disney traz trilhas sonoras em suas atrações, compus uma trilha especialmente para este musical. Será especial porque ela emociona e impacta diretamente não só aos ouvidos, mas também ao coração de quem ouve. Sobretudo porque ela, de alguma maneira, mexe com nossos sentimentos”, reforça Zé Ricardo, lembrando que dois componentes são fundamentais neste quebra-cabeça: os diretores artísticos do espetáculo Charles Möeller e Claudio Botelho.

Os diretores dos famosos musicais “Cole Porter — Ele Nunca Disse Que Me Amava”, “Wicked”, “Hair” e “A Noviça Rebelde” entre muitos outros, capricharam nesta produção e seguiram a risca o pedido de Medina. Para garantir a atenção total do público, que, segundo eles, nem terá tempo de piscar durante os 25 minutos dentro da arena, Möeller e Botelho utilizarão 40 bailarinos e 30 músicos a cada sessão. Com eles, como num passe de mágica e acompanhados pela canção, o Uirapuru sobrevoará a plateia e arrepiará quem passar por ali com sua história.

“O Rock in Rio vai ter um musical com muita plasticidade e qualidade que irá surpreender o público”, afirmam Möeller e Botelho, dois talentos precursores do teatro musical. “Terá a magia do Rock in Rio, com desejos e sonhos de um público ávido por memórias como esta, que permite ir além, se encontrar com o imaginário e esperar que tudo isso se transforme em realidade”, complementa Botelho.

E o criador de tudo isso finaliza: “estou cada vez mais entusiasmado em criar projetos proprietários que possam povoar nosso Rock in Rio e estamos mais do que preparados para isso, com times internos dedicados a planejar, conceber e executar todas as nossas experiências e os nossos “Originals”, sejam eles presenciais, digitais ou audiovisuais. À frente destas experiências e produções inovadoras estão nossos “Rock Creators”, área que conta com o “Rock Studios” e que junto de nosso time de diretores artísticos, diretores criativos e curadores fazem a magia acontecer na Cidade do Rock. E é desta soma de talentos que nasce o Uirapuru, em um momento emblemático e necessário, em que queremos e desejamos paz para nós mesmos e para o mundo.”, diz Medina.

Rock in Rio Originals já apresenta storytelling para o público

Um filme com versões de 3 e 1 minuto, contará o início de toda a criação do espetáculo Uirapuru. A partir de croquis, a animação do pássaro Uirapuru e uma conversa intimista com Roberto Medina, Zé Ricardo, Charles Möeller e Claudio Botelho, o espetáculo vai sendo desvendado. A orquestra de Heliópolis finaliza este material com um total de 70 músicos dando vida aquela que será a música tema do musical e que dá vida ao sobrevoo do Uirapuru. A produção, uma forma de convocar o público a já pensar em seus desejos para fazê-lo dentro da arena, na Cidade do Rock, será exibida nas redes do Rock in Rio e também em canais de TV fechada.

Venda oficial de ingressos tem início no dia 5 de abril

Mais uma vez a organização do Rock in Rio teve a real tradução do desejo incontestável dos fãs pela volta do entretenimento ao vivo. Após uma venda arrebatadora dos Rock in Rio Cards no ano passado, que teve 200 mil ingressos esgotados em 1h28min, a pré-venda de bilhetes para clientes Itaú, com cartões de crédito Itaú, Itaucard, Credicard e Iti também se esgotou em tempo recorde. Os bilhetes disponíveis para a pré-venda, no dia 17 de março, distribuídos entre todos os dias de festival, acabaram em 2 horas e 27 minutos. Os ingressos para os dias 04 e 10 de setembro, que tem como headliners Justin Bieber e Coldplay respectivamente, esgotaram em apenas 15 minutos. Os membros do Rock in Rio Club ainda podem adquirir seus ingressos até o dia 04 de abril, enquanto houver disponibilidade.

Os fãs do festival, porém, terão outra oportunidade para garantir um lugar na maior e melhor edição do Rock in Rio: a venda oficial de ingressos para o público geral começa no dia 05 de abril, às 19h. Os ingressos são adquiridos pelo site rockinrio.ingresso.com. A data do reencontro do público com o evento está marcada para 2 de setembro de 2022, quando acontece o primeiro dia de Rock in Rio. Para 2022, a organização já anunciou os headliners do festival: IRON MAIDEN, Post Malone, Justin Bieber, Guns n’ Roses, Green Day, Coldplay e Dua Lipa.

Pela sexta edição consecutiva, a Ingresso.com será o parceiro de vendas oficial do festival. Para a edição do Rock in Rio Brasil 2022, o valor da entrada será R$ 625,00 (inteira) e R$ 312,50 (meia-entrada). O pagamento poderá ser feito por cartão de crédito e o valor parcelado em até 6x sem juros. Aqueles que efetuarem o pagamento com cartão de crédito Itaú, Itaucard, Credicard e Iti poderão comprar seus ingressos de gramado e ainda aproveitar 15% de desconto na inteira e o parcelamento em até 8x sem juros. A compra de meia-entrada é garantida por lei para estudantes, menores de 21 anos, maiores de 60 anos, deficientes e seu acompanhante, profissionais e professores da rede de ensino do Rio de Janeiro e jovens de baixa renda. Os clientes que adquirirem a meia-entrada terão que informar no próprio site todas as informações referentes ao documento que comprove tal condição, para posterior validação, assim como será necessário apresentá-lo no acesso à Cidade do Rock, no dia do evento. Outras informações sobre os ingressos estão no site rockinrio.ingresso.com.

Marcação prioritária de data do Rock in Rio Card termina em 1º de abril

O fã que adquiriu o Rock in Rio Card, na venda exclusiva realizada em novembro do ano passado, somente poderá definir em qual data pretende usá-lo até o dia 1º de abril de 2022. Após esse prazo, o direito à escolha ficará condicionado à disponibilidade de ingressos!

Ingresso da edição de 2022 será totalmente digital e substituirá pulseiras

Para a próxima edição, pensando na segurança e comodidade do público, o festival traz uma novidade: o ingresso do Rock in Rio 2022 será totalmente digital e substituirá as pulseiras das edições anteriores. Utilizando tecnologia de ponta em parceria com os maiores players do mercado, o Rock in Rio e a Ingresso.com desenvolveram um ingresso seguro, anti-cópia, rastreável, com bloqueio de utilização duplicada e que é compatível com a grande maioria dos smartphones do mercado. Para proteger os fãs ainda mais contra qualquer fraude, o ingresso não pode ser impresso em casa e o código para acesso ao festival será gerado perto da data do evento. Até a data que o código será enviado, o ingresso ainda estará disponível no histórico de compras. Em breve, o festival informará o passo a passo para baixar o ingresso nos smartphones e todas as suas funcionalidades. Outra novidade é que a transferência de titularidade do ingresso será realizada somente através do sistema do Rock in Rio, garantindo assim a rastreabilidade do ingresso para que ninguém o utilize de forma indevida.

Rede é meio de pagamento oficial do Rock in Rio 2022

A Rede é o meio de pagamento oficial do Rock in Rio Brasil 2022. Além da captura na venda de ingressos, a companhia será responsável pelas transações de tudo o que for comercializado nas lojas da Cidade do Rock, como bebidas, alimentação e souvenires.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Não estou interessado em compartilhar. Clique aqui para voltar para o conteúdo!
This window will automatically close in 10 seconds
Share via