Início » Sala Funarte Sidney Miller reabre com programação de música popular contemporânea

Sala Funarte Sidney Miller reabre com programação de música popular contemporânea

Palco histórico retorna à agenda carioca com seis shows gratuitos

por Redação

A Sala Funarte Sidney Miller, no Palácio Gustavo Capanema, Centro do Rio de Janeiro (RJ), volta a receber espetáculos nesta quinta-feira, 1º de dezembro, às 19h, com o duo Vanessa Moreno e Salomão Soares. A programação de reabertura, toda gratuita, conta com seis shows, em uma mostra diversificada da música popular contemporânea. Os ingressos ficam disponíveis pela plataforma Sympla.

A Fundação Nacional de Artes – Funarte reabre o espaço, que estava fechado há seis anos, totalmente reformado, com novo projeto acústico, acessibilidade e mais conforto. Entre as mudanças, para atender a critérios de acessibilidade, o número de poltronas do local foi reduzido de 207 para 160 e a Sala agora tem rampas, poltronas especiais e espaços reservados para pessoas que utilizam cadeira de rodas.

Confira a programação de reabertura:

  • 1º/12 (quinta-feira) – Vanessa Moreno e Salomão Soares
  • 7/12 (quarta-feira) – Caio Prado(part. especial Doralyce)
  • 8/12 (quinta-feira) – Martins
  • 14/12 (quarta-feira) – Marina Iris
  • 15/12 (quinta-feira) – Desengaiola
  • 16/12 (sexta-feira) – Patrícia BastosDante Ozzetti

A agenda foi formulada pela Funarte com o projeto Arte de Toda Gente, parceria da Fundação com a Escola de Música da UFRJ.

Salomão Soares & Vanessa Moreno

O dueto de jazz formado pela cantora paulista Vanessa Moreno e o pianista paraibano Salomão Soares abre a programação neste 1º de dezembro (quinta-feira). Juntos, Vanessa e Salomão já gravaram dois trabalhos. O primeiro, Chão de Flutuar (2019), apresentou canções de diferentes estilos; o segundo, dois anos depois, intitulado Yatra-Tá, é alicerçado nas raízes brasileiras e tem a liberdade criativa como elemento fundamental. No repertório do duo estão compositores como Joyce Moreno, Luiz Gonzaga, Djavan, Hermeto Pascoal e Tania Maria.

Acesse aqui a página de ingressos para o show Salomão Soares & Vanessa Moreno

A intérprete e compositora Vanessa Moreno venceu o Prêmio Profissionais da Música Brasileira em 2017 e 2018 na categoria Cantora e, em 2021, como Cantora e também Autora. Participou de diversas gravações e shows com artistas da música brasileira, como Gilberto Gil, Edu Lobo, Rosa Passos, Mônica Salmaso, Maria Gadú e Criolo. Seu disco solo Sentido (2021) ficou entre os quatro mais ouvidos no Japão no final do ano passado.

O pianista, arranjador e compositor Salomão Soares já gravou ou dividiu palco com grandes artistas da música brasileira como Hermeto Pascoal, Hamilton de Holanda, Toninho Horta, Leny Andrade, Filó Machado e Toninho Ferragutti (com quem gravou um disco em duo). Venceu o Prêmio Mimo Instrumental 2017; foi finalista da Piano Competition no Festival de Montreux 2017 – Suíça; e venceu o Prêmio Novos Talentos do Festival Savassi 2018.

Programação diversificada

A agenda tem mais cinco shows, sempre às 19h, com artistas do Amapá, Pernambuco, Rio de Janeiro e São Paulo.

Na próxima semana, dia 7, quarta-feira, o cantor e compositor carioca Caio Prado apresenta o segundo show da programação. Caio tem dois discos lançados, Variável Eloquente (2015) e Incendeia (2018). Lançou em setembro de 2022 o single Reconciliar e em novembro uma releitura de Nosso Grito, do Fundo de Quintal, em parceria com Luthuly. Em 2023, vai apresentar seu terceiro disco. Caio teve sua música Não Recomendado gravada por Elza Soares, em 2019, e a inclusão da música Baobá na trilha sonora de game de futebol. O show terá participação especial da cantora pernambucana Doralyce.

No dia 8, quinta-feira, o cantor e poeta Martins, da Zona Oeste de Recife, Pernambuco, será a atração da Sala Funarte Sidney Miller. Em 2019, ele lançou o primeiro álbum solo, chamado Martins, com onze faixas autorais, incluindo algumas parcerias. Na trajetória, entre outras conquistas, teve sua música Estranha Toada, composição com o também pernambucano PC Silva, gravada por Ney Matogrosso.

Na semana seguinte, no dia 14, quarta-feira, a carioca Marina Iris apresenta seu espetáculo. Revelação da nova geração do samba, a cantora e compositora está em seu terceiro álbum solo, preparando o quarto trabalho, o EP Virada, com participações de artistas como Péricles, Diogo Nogueira, Lenine e Moacyr Luz.

No dia 15, quinta-feira, será a vez do projeto carioca Desengaiola, formado por Alfredo Del-Penho, João Cavalcanti, Pedro Miranda e Moyseis Marques. O álbum de samba Desengaiola, lançado no início deste ano, foi indicado ao Grammy Latino.

Fechando a programação, no dia 16, sexta-feira, a cantora e compositora Patrícia Bastos, de Macapá, Amapá, e o compositor, violonista, arranjador e produtor musical paulista Dante Ozzetti se apresentam juntos. Abordando o contemporâneo e o regional, Patrícia venceu, em 2014, o 25º Prêmio da Música Brasileira nas categorias Melhor Cantora Regional e Melhor Álbum Regional com o disco Zulusa, que teve direção musical de Ozzetti. Dante Ozzetti foi considerado Melhor Produtor Musical PPM 2019.

Programação de Reabertura da Sala Funarte Sidney Miller

1º de dezembro | 19h
Salomão Soares & Vanessa Moreno
Ingressos disponíveis aqui

Entrada Gratuita (via Sympla)

Agenda de shows até 16 de dezembro, sempre às 19h

Local: Palácio Gustavo Capanema
R. da Imprensa, 16 – Centro, Rio de Janeiro (RJ)

Classificação livre

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Share via