Início » Segunda temporada da série “Harmonizando com Cerveja” estreia na próxima semana e mostra a diversidade da culinária brasileira

Segunda temporada da série “Harmonizando com Cerveja” estreia na próxima semana e mostra a diversidade da culinária brasileira

O sommelier de cerveja Cesar Moreira mostra o melhor da gastronomia, do turismo e do estilo de vida de Belém, Campos do Jordão, Recife, Blumenau, Pomerode, Joinville e Curitiba

por Redação
Cesar Moreira

Estudioso de cervejas especiais e apaixonado pela cultura brasileira, o sommelier Cesar Moreira apresenta a série Harmonizando com Cerveja, que no dia 29 de junho estreia no Looke Amazon Prime e em outras plataformas de streaming, no Brasil e em seguida em outros países. A produção da Alelo Filmes proporciona ao espectador diferentes experiências sensoriais a partir da gastronomia, do estilo de vida, da cultura e da atmosfera das cidades visitadas. A série será veiculada nas seguintes plataformas: Looke Amazon Prime, Net Now, Google Play, i-Tunes; e, na Pay TV, pelo canal Travel Box.

Criada por Cesar Moreira, Harmonizando com Cerveja tem sete episódios de 30 minutos e percorre o Brasil de Norte a Sul, passando pelo Pará (Belém), Pernambuco (Recife), São Paulo (Campos do Jordão), Santa Catarina (Blumenau, Pomerode e Joinville) e Paraná (Curitiba). “A série não é apenas para os apaixonados por cerveja, mas sim para todos que apreciam turismo, cultura e gastronomia”, diz Cesar.

Os dois primeiros episódios foram gravados em Belém. A capital paraense, com sua riquíssima gastronomia amazônica e tapajônica, é o lugar ideal para aguçar os sentidos dos espectadores, com sua enorme variedade de sabores, com peixes, temperos, raízes, ervas e frutas que possibilitam harmonizações únicas. A riqueza e diversidade do Mercado Ver-o-Peso e do Mercado do Peixe com suas mais de três mil espécies, a Praça do Relógio, o Forte do Presépio são alguns dos destaques do programa, além da Casa das Onze Janelas com seu restaurante, Casa do Saulo (@casadosaulo).

O chef Saulo Jennings prepara um filé de pirarucu grelhado com molho bechamel e castanhas e banana na terra e camarões rosa. Para acompanhar, arroz com Orelha-de-Macaco, planta comestível local. Tudo isso para uma perfeita harmonização com uma cerveja belga Strong Golden Ale, de sabor marcante e levemente frutada.

Na cervejaria Amazon Beer (@amazonbeer), na Estação das Docas, Cesar prova o melhor chope da cidade, além de rótulos artesanais produzidos com ingredientes amazônicos, que dão às cervejas notas de bacuri, açaí, cupuaçu e priprioca. E não deixa de provar uma inovação: bolinho de pato com tucupi, o prato mais tradicional do Pará, harmonizado com uma cerveja Pilsen.

No restaurante contemporâneo Santa Chicória (@santachicoria), Cesar experimenta o peixe Filhote, típico da região, grelhado, com pesto de jambu (uma folha local picante), farofa de castanha e manteiga de urucum, harmonizados com cerveja Witbier, de característica cítrica, leve e refrescante.

Ainda em Belém, o sommelier acompanha o chef Allan Renato (@chefallanrenato) ao mercado na compra de ingredientes típicos para um almoço especialíssimo. Entre outras delícias, ele prepara um filé de búfalo com queijo de búfala, para ser harmonizado com a cerveja Imperial Ipa, com características frutadas e de amargor.

No Point do Açaí (@pointdoacaibelem), Cesar aprende a preparar um açaí fresco para comer com farinha de mandioca e camarão frito, receita indígena original e sem interferências, que ele harmoniza com uma cerveja English Bitter. Cesar vai ainda ao Manjar das Garças (@restaurantemanjardasgarcas), considerado um dos melhores da cidade, para uma harmonização de cerveja Stout que leva açaí na receita com uma sobremesa típica: tiramissu com cupuaçu. Para fechar a maratona gastronômica em Belém do Pará, nada melhor do que o Black Dog English Pub (@blackdogenglishpub), onde experimenta petiscos com cervejas diversas.

Com um episódio inteiramente dedicado à cultura jordanense, Cesar faz uma imersão à cidade serrana de Campos do Jordão (SP), a mais alta do Brasil, e visita a fábrica da cerveja Baden Baden (@cervejabadenbaden) para mostrar novas possibilidades de harmonização permitidas pela variedade de rótulos da marca, além de conhecer as instalações do local e contar ao público sobre os processos de produção da cervejaria.

Na Vila Capivari, conhecida por seus bares e restaurantes, César conversa com Vasco, o fundador da Baden Baden, que compartilha um pouco da história da cervejaria local. Para acompanhar o bate-papo, eles escolhem uma Cristal, pilsen leve e de baixo amargor, harmonizada com pastéis de queijo e eisbein, o famoso joelho de porco da culinária germânica. Em seguida, a american IPA da casa é acompanhada de um filé mignon alto servido com molho de gorgonzola, ajudando a ressaltar o amargor e a citricidade da bebida.

Na Choperia Baden Baden (@obadenbaden), o filé mignon alto preparado com pimentas e especiarias servido com arroz com shitake é o pedido certo para acompanhar a Golden, conhecida por sua leve doçura e toque de picância graças à canela em sua composição. Para a sobremesa, é servida a Chocolate, com malte levemente tostado, o que traz um amargor, acompanhada de brownie de chocolate e sorvete de creme.

O tour na cidade mais alta do país termina na Villa Gourmet (@villa_gourmetcampos). Um mix de folhas verdes com presunto de parma é servido com a Witbier, para destacar a citricidade, leveza e refrescância da cerveja. Para finalizar, risoto de camarão acompanhado da IPA, com adição de maracujá, que potencializa ainda mais sua característica cítrica.

Blumenau e Pomerode, em Santa Catarina, foram os destinos escolhidos para o quarto episódio da série. O roteiro começa na Vila Germânica de Blumenau, cidade que é palco dos grandes festivais de cerveja do Brasil e onde acontece a maior Oktoberfest fora da Alemanha. Na Bier Vila (@biervila), Cesar abre a noite com uma Catarina Sour, estilo de cerveja que colocou o Brasil no Beer Judge Certification Program. A bebida é acompanhada de uma salada verde, uma combinação perfeita para ressaltar sua leveza e acidez. O prato seguinte é a tradicional salsicha alemã, a bratwurst, com chucrute, harmonizando perfeitamente com a leveza e o baixo amargor da Munich Helles, garantindo refrescância à refeição. Para finalizar, a famosa Hackepeter, uma carne crua bem temperada servida com broa e mostarda, acompanhada da tradicional Bock, cerveja mais neutra.

Ainda em Blumenau, César visita a fábrica da cervejaria Eisenbahn (@eisenbahn) onde acompanha o processo de fabricação de uma das marcas mais icônicas do país. O almoço na Eisenbahn Bierhaus (@eisenbahn_bierhaus) é na companhia de Juliano Mendes, um dos fundadores da casa, e do mestre cervejeiro Gehrard Beutling. Para abrir o cardápio, uma salada com molho de mel e iogurte é servida junto da Weizenbier, harmonizando com as notas de banana e cravo da bebida. Em seguida, o goulash, carne ensopada típica da Alemanha, é o acompanhamento ideal para a American IPA, estilo conhecido por seu amargor pronunciado e um leve toque cítrico.Na charmosa Pomerode, o passeio segue para uma pousada onde há a maior concentração de casas no estilo arquitetônico Enxaimel fora da Alemanha. De lá, César segue para o restaurante romeno Mon Cheri Bistrot (@moncheribistrot), onde os donos, Irina e Stefan, o acompanham em mais uma jornada de harmonização. A bruschetta de polvo servida na entrada combinou perfeitamente com a Witbier, garantindo refrescância e leveza ao cardápio. Em seguida, o hambúrguer de frango, feito com pão caseiro preparado na casa, e o tradicional charuto de carne romeno destacam a picância e o leve toque doce da cerveja Golden.

O quinto episódio segue em Santa Catarina, com uma visita a Joinville, a Cidade das Flores. No restaurante Catarina Cozinha Regional (@catarinacozinha), o chef e proprietário Emerson Borba prepara um risoto de tomate com pupunha bem cremoso para acompanhar uma cerveja pilsen. Em seguida, o risoto de cogumelos porcini é servido com uma Golden Ale, uma boa combinação com a picância da canela da bebida. O almoço termina com a cerveja Chocolate junto da sobremesa feita com chocolate 70% e nata batida.

O tour continua na Opa Bier (@opabier), marca criada em 2006 para resgatar a cervejaria na cidade. No restaurante Goa Arte e Gastronomia (@goa.oficial), César harmoniza uma English Pale Ale, um estilo mais terroso e herbal, com um delicioso entrecôte preparado com pimentas verdes. Para terminar o roteiro catarinense, uma Old Ale, cerveja conhecida por maturar por mais tempo, é servida com sobremesa de chocolate meio amargo.

Ainda no Sul do país, César leva os espectadores para Curitiba, a capital paranaense. A visita começa na unidade de gastronomia do Centro Europeu, onde o chef Guilhermo Spindola ensina duas receitas: uma simples porém deliciosa tatini de pão com queijo gruyere, perfeita para acompanhar uma Belgian Blond Ale; e um risoto de queijo grana padano com crispy de parma, ideal para ser saboreada com uma IPA com notas cítricas de maracujá.

O episódio passeia por lugares conhecidos na cidade, o Parque Barigui, o Largo da Ordem e a Rua XV de Novembro. A próxima parada da produção é na Banoffi (@banoffioriginal) onde a chef Renata Ferian, uma das responsáveis por trazer o prato de origem inglesa para o Brasil, conta como foi este processo. A sobremesa é servida de uma cerveja Quadrupel, com notas de frutas secas e especiarias.

No bar Cana Benta (@canabenta), o chef Délio Canabrava prepara seu carro-chefe, o pão com bolinho, delicioso bolinho de carne servido dentro com pão com queijo, vinagrete e um leve toque de maionese. O prato é ideal para acompanhar uma Black IPA, que tem sabor tostado. Para finalizar, o chef Cadu da Don Gentilis (@dongentilis) serve um assado de carne com papas rústicas e molho chimichurri, que combina perfeitamente com a American Red Ale escolhida para a refeição.

Para chegar até o destino final da temporada, a produção vai até o nordeste, para a capital de Pernambuco. Em Recife, César passeia por cartões postais da cidade como a Praça do Marco Zero, a Rua Aurora e a Praia do Pina. No Recife Antigo, a parada é no Restaurante Venda Bom Jesus (@vendabomjesus), onde é servida uma saborosa moqueca de camarão com leite de coco e azeite de dendê, ideal para acompanhar uma cerveja Vienna Lager.

César segue para o Restaurante Seu Luna (@seulunarestaurante), referência na comida típica recifense. A chef Cláudia Luna, filha de Seu Luna, não só deu continuidade ao negocio da família como o fez alcançar reconhecimento internacional – seu famoso chambaril já viajou até Barcelona, na Espanha. O prato preparado com ossobuco cozido por quatro horas e servido com arroz, pirão e legumes foi a escolha perfeita para harmonizar uma American Pale Ale da marca recifense Capunga.

A visita termina no Restaurante Parraxaxá (@parraxaxa), que oferece uma experiência tipicamente sertaneja com garçons vestidos de cangaceiros e decoração típica. O prato de escondidinho de carne de sol com manteiga de garrafa e queijo coalho combinou perfeitamente com as notas cítricas da cerveja American IPA, fechando o roteiro recifense de uma forma bastante tradicional.

FICHA TÉCNICA
Título: Harmonizando com Cerveja
Diretor: Cesar Moreira e Alex Levy-Heller
Supervisão: Alex Levy-Heller
Produção: Alelo Filmes
Distribuição: Pipa Pictures
Elenco: Cesar Moreira (Apresentador)
Classificação indicativa: Livre

SINOPSE

A série Harmonizando com Cerveja traz as melhores cervejas do mundo de uma maneira abrangente, em um universo muito mais amplo do que uma simples degustação. O sommelier de cervejas César Moreira viaja por várias cidades do Brasil e do mundo apresentando não só as características sensoriais das cervejas, mas evidenciando a gastronomia e a cultura locais, finalizando sempre com uma harmonização entre todos esses elementos.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Share via