Início » Sobre governo e conduta: contos ancestrais em espetáculo teatral no Parque das Ruínas

Sobre governo e conduta: contos ancestrais em espetáculo teatral no Parque das Ruínas

por Redação
Foto: Karen Ferreira

A Arte de Governar a Si Mesmo – espetáculo que provoca reflexões sobre o tema governo e conduta – chega ao Rio de Janeiro para apresentação única no Teatro Ruth Rocha do Centro Cultural Parque das Ruínas, no bairro de Santa Teresa: sábado, dia 15 de outubro, às 16h, com entrada franca.

A performance narrativa atemporal é apresentada pela contadora de histórias e atriz Daniella D´Andrea, com direção do também narrador artístico Warley Goulart. A partir do conto da tradição árabe “O príncipe, o mestre e a águia”, um espetáculo se desenha entrelaçando outros contos. Daniella vai acordando “A cidade melão” (Afeganistão) e “O cego Abdallah” (Arábia), além de trechos da obra “O jardim amuralhado da verdade” de Hakim Sanai de Ghazna, poeta persa do século XII. 

É o governo de si uma atitude de responsabilidade perante a própria vida? De que maneira ela influencia aqueles que estão ao nosso redor? O governo de si pode ser uma atitude política justamente por paradoxalmente levar o ser humano para além de si?
“Criamos o espetáculo pensando nessas perguntas e, também, no fato de que, se vivemos um momento em que o mundo – e mais acentuadamente o Brasil – parece estar vivendo algum desgoverno, o que essas histórias poderiam nos recordar sobre processos relacionados à palavra ‘governo’?”, destaca a atriz, que também é educadora e tem mais de 20 anos de experiência em pesquisa e narração de histórias.

APÓS O ESPETÁCULO
Logo após o espetáculo, às 17h, acontece a roda de conversa “Viagens e narrativas: descobrindo o mundo árabe”, com Laura di Pietro, diretora da Tabla, editora vencedora do Prêmio Turjuman 2021 de tradução na 40ª Feira do Livro de Sharjah, nos Emirados Árabes; e Paula Carvalho, editora da revista Quatro Cinco Um e doutoranda em História na Universidade Federal Fluminense (UFF). A mediação será de Juliana Franklin, arte-educadora, narradora de histórias e pesquisadora da tradição oral.

Em 2022, A Arte de Governar a Si Mesmo já viajou para Minas Gerais, Paraná e Niterói. É um projeto amplo que contempla uma série de ações paralelas ligadas à narração de histórias e à literatura, com a presença de contadores de histórias, editores e tradutores.

SERVIÇO
Local das atividades: Teatro Ruth Rocha, no Centro Cultural Parque das Ruínas – Rua Murtinho Nobre 169, Santa Teresa.

APRESENTAÇÃO A arte de governar a si mesmo
Dia 15 de outubro, às 16h Entrada gratuita
Público alvo: jovens e adultos
Gênero: drama
Concepção e Roteiro: Daniella D`Andrea e Warley Goulart
Direção: Warley Goulart
Contadora de histórias: Daniella D`Andrea
Consultoria narrativa: Juliana Franklin
Instagram: @aartedegovernarasimesmo e @constelariodehistorias
Facebook: https://www.facebook.com/aartedegovernarasimesmo

RODA DE CONVERSA “Viagens e narrativas: descobrindo o mundo árabe”  Entrada gratuita
Dia 15 de outubro, às 17h
Com: Laura di Pietro e Paula Carvalho
Mediação: Juliana Frankin
O projeto tem apoio institucional do Governo do Estado do Rio de Janeiro, Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa do Rio de Janeiro, através do Edital Retomada Cultural RJ2. Foi vencedor do edital de teatro adulto para espaços alternativos/2019 da Fundação de Arte de Niterói e do edital Retomada Cultural 1 da Lei Aldir Blanc.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Share via