Início » Stairs Filmes prepara lançamentos de três filmes para 2023

Stairs Filmes prepara lançamentos de três filmes para 2023

por Marcos Michalak

Após dedicar 2022 para as gravações, a Stairs Films se concentra para em 2023 preparar o lançamento de três filmes nacionais. Os longas Operação Borboleta, Juvenal e o Dragão, além de Vida Entre Folhas, estão em fase de finalização para estrear nas telonas e streamings.

O diretor Silvio Toledo adianta que a produtora está em negociações avançadas com cinemas e plataformas, apesar de não poder confirmar datas de estreias. Inclusive, uma das obras será destinada exclusivamente para o streaming. “São filmes que encantarão o nosso público e que chegará ao mercado internacional também”, alerta Toledo.

O diretor também conta as diferenças de produção para filmes de diferentes gêneros, já que Operação Borboleta se trata de um suspense,  Juvenal e o Dragão é uma animação 3D e Vida Entre Folhas é uma história de drama. “Cada filme novo de um gênero diferente é uma vida nova contada na tela. Cinema é uma arte poderosa, fonte de entretenimento popular, onde cada obra precisa de uma especificidade em roteiro, elenco e trilha sonora”, explica Silvio Toledo.

Para as gravações, a produtora conseguiu unir a experiência de atores renomados nacionalmente, como Henry Castelli, Oscar Magrini, Paola Rodrigues e Emiliano Ruschel, e a dedicação de novos atores regionais. “Foram lindas uniões da experiência com a disposição do desenvolvimento que culminou em grandes trocas de conhecimento”, relata a diretora Natali Braga.

Com os lançamentos, a Stairs Filmes vai inscrever as obras em festivais e premiações. A produtora já foi vencedora em festivais, como Curta Pinhais e Remigio, além da indicação ao Grande Prêmio do Cinema Brasileiro, considerado o Óscar nacional, com o filme “A princesa de Elymia”.

Os filmes também ganharam músicas autorais. O músico Asis Soares, que compôs “Killer” e “I know where my heart should go” com produção de Tiago Ferreti para Operação Borboleta, detalha o processo de criação das trilhas. “Normalmente se conversa com o diretor, lê a sinapse e vê o trailer do filme para entender os personagens e as características do que está acontecendo na obra. A partir daí é trazer emoção para que marque o momento e tenha grande associação com a história”, descreve Soares.

No caso da animação 3D, o trabalho autoral ainda teve a necessidade de estar em compasso com o movimento de fala dos personagens. “Foi preciso realizar toda uma pesquisa sobre a rítmica dos personagens para que se gerasse o casamento com o ritmo da voz e melodia da música”, complementa o músico Ivan Beretta, que compôs a música “Sunny day” em conjunto com Asis Soares para Juvenal e o Dragão.

A cantora Candy Belotto, que faz o dueto com Soares em Juvenal e o Dragão, analisa como a música contribui com o filme e os personagens. “A trilha sonora tem a intenção de elevar a narrativa para que tenha o poder da sinestesia, de fazer com que as pessoas sintam a emoção da história. Sem dúvidas, a música pode fazer com que determinado momento seja o auge do filme e valoriza a mensagem que os personagens passam através das falas e interpretação” conclui Candy.

A STAIRS Filmes 

A produtora independente  de filmes cinematográficos é sediada  em Campina Grande (PB), Cidade Criativa UNESCO em Artes Midiáticas, e busca a criação de uma indústria de produção audiovisual sustentável no Nordeste do Brasil para viabilizar projetos diversos independentes e ousados – próprios e de parceiros – com estilo e técnica variados, sem restrição de público, estimulando construção coletiva no convívio social,  educação e sustentabilidade, não sendo estes conceitos limitadores, mas um leque de oportunidades.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Share via