Terapeuta e influencer Noélli Sántiago – Caminhos para a Felicidade

Data:

Todos sabem que o estresse é o mal do século. Em um mundo cheio de transformações, não é de se estranhar que o Brasil apresente altos índices de depressão e que tenha a maior taxa de pessoas com ansiedade do planeta. Isso sem falar na perda de empregos, agravada pela pandemia, entre outros fatores da vida moderna, que estão gerando ainda outros tipos de transtornos, como insônia e síndrome do pânico.

Para a influencer e terapeuta consciencial Noélli Sántiago, o ‘querer mudar’ é uma decisão de cada um e algumas técnicas de reequilíbrio energético contribuem para o autoconhecimento e para elevar a nossa frequência. “Não tem nada que cure ou que aumente mais o nosso nível de vibração do que a consciência e o amor”, revela.

Reclamar, falar mal de pessoas e ter pensamentos negativos baixam a nossa frequência e quando a vibração está baixa, a vida parece não fluir. Podem surgir problemas financeiros, profissionais, de saúde e de relacionamentos. Mas quando a vibração está alta, temos disposição de viver e realizar sonhos. Somos todos feitos de energia e enquanto apontarmos dedos, julgarmos e condenarmos histórias que sequer conhecemos estamos fadados a tristeza e a uma estagnação de energia que nos leva à um lugar de sofrimento.

“O meu trabalho nada mais é do que despertar a consciência e trazer à tona elementos que levem às descobertas pessoais e às mudanças de comportamento, fundamentais ao nosso bem-estar e paz de espírito”, descreve.

A auto-observação nos torna mais perceptivos. “Precisamos estar conscientes do nosso estado interior, pois ele determina como lidamos com os muitos desafios do cotidiano. Se enxergarmos as situações com sabedoria e conhecimento, há mais chances de conquistas, possibilitando chegar exatamente onde queremos. Isso se chama lei da atração, ou seja, a gente traz para si o resultado das coisas as quais estamos focados ou onde concentramos as nossas energias. É quando se estabelece a nossa frequência e passamos a cocriar a realidade”, explica.

Para ilustrar a ideia de que temos responsabilidade sobre os eventos que nos acontecem, Noélli diz que o surgimento de algo bom ou ruim é, em geral, consequência do que acreditamos. “Ninguém se torna ansioso ou depressivo da noite para o dia. Muitas vezes, estes são sintomas de convicções e certezas sem fundamento, reafirmadas diariamente e ao longo de anos. Há uma tendência do indivíduo a crenças limitantes ligadas à escassez, à falta de perspectiva e ao auto julgamento por incapacidade ou não merecimento. Todas elas advindas de antigas lembranças fixadas em nossas memórias, que tomamos como verdade”, ensina. “Isso significa que, frequentemente, tais limites são construídos de percepções distorcidas, de uma má interpretação de si próprio e também de significados equivocados criados pela mente”, esclarece.

De acordo com a terapeuta, todos nós integramos um só sistema e fomos criados para expandir, para realizar e viver de forma plena: “Fazemos parte de uma única unidade, onde tudo afeta a todos. Assim, devemos colaborar uns com os outros, desenvolvendo o senso de coletividade e a consciência de que o positivo só floresce quando paramos de criar rótulos, de incitar segregações.”

Desta maneira, Noélli acredita que é fundamental adquirirmos uma visão abrangente, pois somente a partir deste entendimento e do amor é possível transformar o nosso ‘eu’ e o mundo: “Devemos ter um olhar panorâmico, entender que somos todos seres humanos, diferentes entre si e com direito a ocupar um lugar como pessoas exclusivas. Todos merecem cuidado e respeito”, alerta.

As terapias integrativas seguem uma filosofia holística e têm mostrado cada vez mais a sua eficácia, visto que complementam os tratamentos tradicionais. “Tudo é energia, inclusive a gente. Tanto o que motiva e alegra, quanto o que entristece ou que até faz adoecer fazem parte do campo energético. As técnicas de reequilíbrio e de alinhamento dos chakras estimulam as pessoas a colocar para fora os seus sentimentos mais profundos, ajudando a desatar nós por meio do autoconhecimento, buscando a essência de ser e abrindo espaço à liberação dos bloqueios estacionados”, comemora Noélli. E esclarece: “A magia já existe dentro de cada um, mas é preciso acionar os gatilhos do que está escondido, impulsionando a força interior e direcionando as questões pessoais aos melhores caminhos para se viver com mais qualidade e harmonia.”

Neste sentido, ela diz que o ‘se descobrir’ é libertador: “Quando ‘cai a ficha’ e conseguimos perceber os ‘quês’ e os ‘porquês’ que nos levam a comportamentos ruins ou improdutivos, paramos de andar em círculos.” Desta forma, comenta Noélli, cria-se um novo olhar sobre quem somos, tornando-nos aptos a enxergar as nossas habilidades e virtudes. “Pequenos atos, que antes pareciam intransponíveis e muito difíceis, adquirem força, gerando desenvoltura para organizar, construir e renovar a vida a partir de atitudes de enfrentamento e coragem. É uma transcendência”, afirma.

Noélli acredita que se cuidar é uma decisão pessoal, que depende exclusivamente da vontade de mudança. “É uma escolha se escolher. Todos nós temos a possibilidade de decidir como contar a história da nossa história. Podemos tomar as rédeas sobre o que queremos ou simplesmente deixar para lá e viver à deriva. Optar por um tratamento já é um grande passo”.

A terapeuta reafirma que quando compreendermos o que está por trás de todo comportamento, sem julgamento, talvez nos tornemos mais humanos não só com o outro, mas principalmente com nós mesmos e esse, sem dúvida é o caminho pra sermos mais felizes.

https://noellisantiago.com.br
Instagram: @noellisantiago
contato@noellisantiago.com.br

Últimas notícias

Leia também

Talvez você goste
Relacionada

Compartilhe
Send this to a friend