Início » The Town 2023: Festival celebra resultados ainda em 2022, anuncia novidades e se prepara para sua grande estreia em 2023

The Town 2023: Festival celebra resultados ainda em 2022, anuncia novidades e se prepara para sua grande estreia em 2023

por Redação

O novo e maior festival de música, cultura e arte de São Paulo, The Town, que acontece durante os dias 2, 3, 7, 9 e 10 de setembro de 2023 no Autódromo de Interlagos, vem atraindo os olhares do público, das marcas e já se posiciona como um evento de grande relevância não apenas para o mercado de São Paulo, como também para todo o Brasil. The Town foi apresentado oficialmente há pouco mais de um ano e, em 2022, movimentou a grande metrópole, com as intervenções que geraram conteúdo para o primeiro filme do novo festival, com Jennifer Nascimento e Criolo, além do lançamento de seu tour virtual, clipe de uma das suas músicas-tema e ainda os anúncios das primeiras marcas e parceiros de mídia. E nem terminou o ano, a organização do festival (a mesma que coloca de pé o Rock in Rio no Brasil e no mundo) já celebra os grandes resultados de 2022, com mais de 13 marcas investindo e acreditando no que daqui a nove meses se tornará um “Rock in Rio para os paulistas chamarem de seu”.

The Town vem se mostrando a cada dia uma marca forte e desejada pelo mercado, que aposta em toda a sua potência de comunicação com os fãs. Desde o anúncio de sua realização, há pouco mais de um ano, o festival confirmou 13 marcas acreditando neste sonho. E, agora, celebra mais uma vez ao anunciar outras marcas como patrocinadores e apoiadores: KITKAT® e Seara são novos patrocinadores oficiais e a Rede como apoiadora. As marcas chegam para engrossar o time de peso de parceiros do festival que, antes mesmo do lançamento oficial, já estava fechado com a Heineken como patrocinadora master para duas edições. Para esta primeira, The Town ainda conta com Itaú, Americanas, Porto, Vivo e Riachuelo como patrocinadores oficiais; a Red Bull, a Movida, a Estácio e a LATAM como apoiadores do evento; e os jornais Estado de São Paulo, O Globo e a Folha de São Paulo, a Eletromidia e FLIX como media partner, além dos parceiros de transmissão: TV Globo, Multishow e Globoplay, as rádios 89FM, Rede Mix com as rádios Mix FM 102.1, Rio de Janeiro e Mix FM 106.3, São Paulo. As marcas Itaú, Seara, Americanas e Vivo também estão fechadas como patrocinadoras para duas edições do The Town.

Para Rodolfo Medina, presidente do Grupo Dreamers, o conceito de The Town tem tudo a ver com as experiências que os patrocinadores e apoiadores vão oferecer ao público na Cidade da Música. “A confiança e a excelência nas entregas da Rock World são pontos que as marcas levam em consideração quando nos procuram. Temos quase 38 anos de história, de construção, aperfeiçoamento e uma garantia de um produto que entrega o melhor não só para as marcas, mas também em experiência única para os fãs”, que complementa: “Nossa lista de patrocinadores diz muito sobre o que queremos oferecer à cidade que respira arte de diversas formas, aliás, muito mais do que imaginam. Somos parceiros de empresas que acreditam que a música é a principal forma de criar conexões, mostrando que o entretenimento e a cultura são pilares fundamentais para a construção da sociedade. O mais importante é que as marcas estejam engajadas e alinhadas com a proposta do The Town e que agreguem experiências positivas para os fãs”.

Entendendo a potência e a relevância dos eventos promovidos pelos organizadores do Rock in Rio, muitas destas empresas parceiras do The Town já fazem parte, inclusive, do festival carioca. Isso mostra a confiança das marcas na entrega de um evento grandioso com a chancela e expertise da Rock World, empresa criadora de experiências, que nasceu do maior festival de música e entretenimento do mundo, o Rock in Rio, e que proporciona, por meio dos eventos que realiza, verdadeiros parques de experiências com muita qualidade, sofisticação, cuidado e atenção para o público.

Além das marcas, o novo festival vem chamando a atenção do público, promovendo ações de comunicação em forma de intervenções artísticas em pontos emblemáticos da cidade de São Paulo, gerando conexão entre o público e a capital paulista, transportando as pessoas para um lugar totalmente mágico e fantástico: a nova Cidade da Música. Com Jeniffer Nascimento, o festival ocupou a “Sala São Paulo”, ao som de muito jazz e blues, com a companhia de uma Big Band, assim como será a São Paulo Square — a área do festival que representa a São Paulo por onde tudo começou: em torno de Catedral da Sé e da Estação da Luz, entre outros ícones históricos. Com Criolo, a ativação aconteceu em um galpão no Brás e o cantor colocou toda a sua potência no Trap criado por ele com o músico e um dos diretores do festival, Zé Ricardo, convocando o público para viver “amor e esperança na terra do teste”. Com um grupo de mais de 20 bailarinos, coordenados por Miguel Colker, colorindo o que será a Factory e também representando o palco The One, Criolo convidou a todos para se encontrarem neste novo festival ecoando aos quatro cantos da Cidade e do país a necessidade de “abraçar, brincar, compreender para amar”. As produções se tornaram o primeiro filme comercial que reflete toda a experiência The Town, embaladas pelas trilhas sonoras já lançadas.

Falando em músicas-tema, The Town anunciou este mês o lançamento do clipe do grande hino do festival, interpretado pela cantora Iza. O filme conta com a participação do baterista da banda Sepultura, Eloy Casagrande, e da orquestra comandada pelo maestro Eduardo Souto Neto, compositor da obra e também do clássico eternizado pelo grupo Roupa Nova “Se a vida começasse agora, e o mundo fosse nosso outra vez, se a gente não parasse mais de cantar, de sonhar”, a música tema do Rock in Rio. E sobre sonhar, esse também é o mote da letra da canção de The Town, que entoa que devemos voltar a sonhar e a cantar juntos “Brilha nos olhos, vibra por dentro, bate no coração, chegou a hora, vive o momento, ouve essa canção. Diz que vamos juntos, nosso lugar, isso é The Town”. Confira o vídeo aqui.

A cantora Iza e o rapper Criolo foram as primeiras atrações confirmadas para se apresentarem na primeira edição do festival, The Town, que também conta com um espetáculo emblemático, que vai sincronizar luzes, música, fogos de artifício e transmissão ao vivo simultaneamente para os telões de todos os palcos. Se em 1985 o Rock in Rio iluminou a plateia, em 2023 é o público que vai fazer The Town brilhar. E quem estiver lá não se esquecerá dessa experiência e poderá dizer pra sempre EU ESTAVA LÁ. Para o começo de 2023, a organização promete outros anúncios que vão impactar os fãs do novo festival e proporcionar novas e inesquecíveis experiências.

Na primeira noite do festival, a organização preparou um momento único e mágico, que vai entrar para a história. O momento será um espetáculo que vai acontecer no intervalo do segundo para o terceiro show do Palco Skyline, e terá duração de 10 minutos. Todas as luzes da Cidade da Música se apagarão e apenas os palcos estarão acesos, com direcional de 6.300 spots de luz (2 milhões de Watts de potência), conectando cada pessoa que estiver no festival, não importando a sua localização na venue. Os telões de todos os palcos também acenderão, correspondendo a 1.000 m2 de LED ativados simultaneamente. O consagrado artista Ney Matogrosso é a atração convidada para reviver este momento nostálgico, cantando o sucesso “América do Sul”, apresentado na abertura do Rock in Rio, em 1985, inaugurando o Palco Mundo. Ainda serão distribuídas 100 mil pulseiras de LED na abertura dos portões para que os fãs participem ativamente deste momento, sendo o centro da experiência, que contará com uma atmosfera similar à trazida pelo Coldplay, no penúltimo dia de Rock in Rio 2022. A pulseira brilhará no ritmo da música, projetando uma atmosfera única de tirar o fôlego.

Dos mesmos criadores do Rock in Rio, o novo festival The Town marcou presença no evento carioca com um Domo próximo à Rota 85, onde o público pôde conhecer, de perto, as maquetes exclusivas e detalhadas dos palcos da Cidade da Música. O local também contou com um telão onde rodaram imagens dos espaços de The Town. A esfera cromada — representação gráfica da logomarca de The Town — também esteve presente no festival, passando toda a grandiosidade da experiência que o público terá no evento paulista. No dia 09 de setembro, em coletiva de imprensa realizada dentro do Domo de The Town no Rock in Rio, o prefeito paulista Ricardo Nunes e Roberto Medina, criador e presidente de ambos os festivais, realizaram uma simbólica “passagem de bastão”.

“Esse ano foi muito especial e emocionante para mim. Coloquei a primeira semente deste sonho lá atrás. Quando vejo as pessoas emocionadas, eu vejo que esse é o Brasil de verdade. E a música tem um papel extraordinário nisso — a música une. Isso aqui é de longe o maior projeto de música, junto com o Rock in Rio, e me orgulha ver este sonho se tornar realidade mais uma vez”, comenta Roberto Medina, que finaliza “A gente se esforça muito para entregar uma experiência única. Vai ter música, pluralidade e diversidade. Vai ser São Paulo com sua multiculturalidade, com seus espaços do ponto de vista cenográfico e do ponto de vista musical. Não é um projeto, é começar uma nova história que já chega com quase 38 anos de bagagem”.

Para acompanhar todas as novidades, os fãs podem seguir as redes sociais do novo festival: @thetownfestival no InstagramYouTube e Twitter e @festivalthetown no Facebook.

The Town já nasce gigante

Dos mesmos criadores do Rock in Rio, The Town estreia na grande metrópole no dia 2 de setembro de 2023, e segue durante os dias 3, 7, 9 e 10, no Autódromo de Interlagos, em uma área de 350 mil m2, que será totalmente renovada. O novo festival já se posiciona como um evento de grande relevância, não apenas para a capital paulista, como também para todo o Brasil e já soma mais de 215 mil seguidores em suas redes sociais, lançadas há poucos meses.

A primeira edição do novo festival já ganhou duas músicas-tema, gravadas nas vozes de Iza e Criolo. A primeira, considerada o grande hino do evento, tem interpretação de Iza, com a participação do baterista da banda Sepultura, Eloy Casagrande, e de uma orquestra comandada pelo maestro Eduardo Souto Neto. Já a segunda, um trap em homenagem a arte e cultura da capital, foi gravada pelo rapper Criolo em uma colaboração inédita com a Iza e o diretor artístico Zé Ricardo. Ambos os cantores já estão confirmados no line-up do festival.

Com previsão para receber cerca de 500 mil pessoas em mais de 235 horas de música, a Cidade da Música contará com cinco palcos, onde o público poderá imergir em novas e inesquecíveis experiências. Com cenografia inspirada em ícones da arquitetura paulistana e apresentando uma diversidade única de ritmo e união de tribos, The Town chega a São Paulo com apoio, força e empoderamento de gente grande. De acordo com uma pesquisa realizada pela Fundação Getúlio Vargas, está previsto um impacto econômico de R$1.7 bilhão, o maior já visto na capital, além de gerar mais de 19 mil empregos diretos.

Uma Cidade que não dorme: The Town oferece entretenimento para todos   

Inspirado nos prédios emblemáticos de São Paulo, o palco ‘Skyline’ é o maior palco do evento e é também onde receberá os maiores artistas do mundo, incluindo a tradicional queima de fogos de artifício sincronizada, na abertura e no encerramento. Com inspiração na arte urbana da selva de pedras, o palco ‘The One’ contará com conteúdo exclusivo do festival, através de encontros e apresentações produzidas sob medida. As bandas consagradas e novos artistas devem consolidar o tom de diversidade de ritmos em shows únicos e inesquecíveis.

Desembarcando do Rio para São Paulo, o ‘New Dance Order’ será o palco dedicado à música de pista, passando pelos gêneros house, techno, trance, bass, trap, EDM e outros beats eletrônicos. The Town também contará com mais um espaço para lá de especial – a ‘São Paulo Square’, palco inspirado na região em que a Cidade foi fundada. Ali, se reunirão alguns dos seus principais ícones históricos, como a Catedral da Sé e a Estação da Luz, embalados ao ritmo de muito jazz e blues.

A homenagem à capital não para por aí. O festival também traz para o público os antigos galpões das fábricas que ajudaram a elevar o nome de São Paulo. O palco ‘Factory’ trará o mood da cultura urbana e terá performances de street dance e shows de trap, hip hop e rap — que estão entre os gêneros mais consumidos da metrópole.

Para completar, ao melhor estilo da cidade, The Town contará com o ‘Market Square’, espaço gastronômico que trará toda a diversidade da culinária paulista. Os cardápios serão criados exclusivamente para The Town e assinados por conceituados chefs, bares e restaurantes que mostrarão porque São Paulo é reconhecida como a capital gastronômica do país.

The Town ainda contará com a ‘Área VIP’, espaço climatizado com buffet assinado por renomado chef e bar exclusivo.

Rock World

A Rock World é a empresa criadora de experiências que nasceu do maior festival de música e entretenimento do mundo, o Rock in Rio. Com a missão de proporcionar experiências inesquecíveis através da música e do entretenimento, a marca tem como base de sua cultura corporativa a arte de sonhar, de fazer acontecer e inspirar as pessoas através da filosofia de construir um mundo melhor.

Hoje, além do Rock in Rio, a Rock World expandiu sua área de atuação para outros projetos de produção de experiências que abrangem diferentes áreas. No Live Entertainment, a marca possui o The Town, o novo e maior festival de música, cultura e arte de São Paulo, que acontecerá no Autódromo de Interlagos, em setembro de 2023. Na área de Conteúdo, o Rock in Rio Studios é o produto que reforça o DNA da companhia para a criação de conteúdos audiovisuais Originais e o posicionamento no mercado como uma marca ainda mais poderosa e potente de comunicação. Na área de projetos de Educação, o Humanorama e o Rock in Rio Academy buscam ativar a potência das pessoas para contribuir na construção de um mundo melhor. A empresa também possui a marca Game XP, dedicada a experiências físicas e digitais no universo de games e e-sports, incluindo o evento game XP, que reúne o mundo geek junto com a música; o Dance Off, que é a competição de dançarinos de periferias de todo o país; e a Grrrls League, que é a maior liga feminina de CS:GO do mundo. Ao ampliar sua atuação para tantos campos e diferentes negócios, a Rock World é hoje uma das maiores empresas de criação e produção de conteúdo proprietário de Live Experience no mundo.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Share via