InícioMúsicaThe Town anuncia novas atrações dos palcos Skyline e The One, além...

Postagens relacionadas

The Town anuncia novas atrações dos palcos Skyline e The One, além de line-up completo do Factory

No The One, Seu Jorge é confirmado como principal atração do dia 3 e, na data anterior, 2, Criolo convida Planet Hemp, Orochi traz Azzy e Tasha & Tracie recebem Karol Conka. Agora completo, line-up do Factory conta com TETO, Luccas Carlos, Marvvila, MC Don Juan e Xênia França como headliners

Seu Jorge
Seu Jorge

The Town acaba de anunciar uma série de atrações que estarão no line-up de três dos seis palcos que compõem a Cidade da Música. No Skyline, no mesmo dia em que Post Malone será headliner, o trap e o funk do Rio de Janeiro e de São Paulo se encontram em um show que será histórico, numa potente triangulação entre MC Hariel, MC Ryan SP e MC Cabelinho. Com uma formação inédita e criado em exclusivo para o festival, “Primario” junta no palco MCs, DJs, musicistas e dançarinos da cultura urbana com batida eletrônica e elementos instrumentais, num momento musical que aborda a intolerância religiosa. No dia seguinte, 3, Luísa Sonza, que antes estava confirmada no The One, passa a ser atração que abre os shows do Skyline na data.

Encontros únicos estão marcados para acontecer no palco The One. No dia 2 de setembro, além dos já confirmados Racionais MC’s & Orquestra Sinfônica Heliópolis, que encerrarão as apresentações da noite. Entre as novidades, Criolo tem como convidado um dos maiores grupos de rock do Brasil, o Planet Hemp. Antes, é a vez do Orochi receber a rapper Azzy, um dos maiores talentos do gênero na atualidade. Abrindo o dia, um encontro que vai agitar todo o público presente na Cidade da Música: Tasha & Tracie convidam uma das pioneiras do rap feminino, Karol Conka, para dividir o palco. No dia 3 de setembro, Seu Jorge é o artista confirmado como headliner do espaço e promete agitar o público com grandes sucessos de sua carreira, como “Burguesinha”, “Mina do Condomínio”, “Amiga da Minha Mulher”.

Para o palco que vai levar muita música e intervenções artísticas para o The Town, o Factory, o festival acaba de revelar o line-up completo do espaço, repleto de grandes talentos da indústria musical. Nomes potentes, consagrados e expoentes da música brasileira, vão compor a programação do Factory nos dias 2, 3, 7, 9, e 10 de setembro na Cidade da Música, no Autódromo de Interlagos, em São Paulo. Entre eles, estão os headliners TETO, Luccas Carlos, Marvvila, MC Don Juan e Xênia França, além de vozes como Caio Luccas, Kayblack, Urias, Wiu, Veigh, Lia Clark, Afrocidade, Larissa Luz, Hodari, Yunk Vino, MC Dricka, Grag Queen, Tassia Reis, Cynthia Luz e N.I.N.A.

The Town acontece nos dias 2, 3, 7, 9 e 10 de setembro, no autódromo de Interlagos. As vendas oficiais dos ingressos iniciam-se no dia 18 de abril, pela Ticketmaster.

Skyline recebe shows memoráveis que vão agitar o público

A Cidade da Música vai estremecer com muito rap, hip-hop e trap no line-up do dia 2 de setembro. Na abertura do palco Skyline, quando Post Malone será o headliner, acontece um encontro que será marcante. O trap e o funk de São Paulo se juntam aos do Rio de Janeiro, em um show inédito que reúne três grandes nomes do cenário: MC Hariel, MC Ryan SP e MC Cabelinho. Com um show que leva o nome “Primário”, os artistas vão fazer uma performance arrebatadora que traz uma narrativa do primeiro contato de um menor de favela com a música, unindo MCs, DJs, musicistas e dançarinos da cultura urbana em uma apresentação com muita batida eletrônica e elementos instrumentais. Juntos, eles abordarão a intolerância religiosa, tema que é bastante discutido no Brasil.

MC Hariel é reconhecido pelo diferencial das suas letras e por dar uma nova linguagem ao funk paulista. Em 2019, MC Hariel inovou e deu vida ao DVD “Haridade”, gravado no Chile e na Bolívia, assistido mais de 30 milhões de vezes. Em 2020 Hariel lançou dois álbuns “Chora Agora, Ri Depois” e “Avisa Que é o Funk”, que bateram recordes de streams nas plataformas digitais e de visualizações no YouTube. O MC soma 3 bilhões de visualizações no YouTube e quase 1 bilhão de streams, apenas no Spotify.

MC Ryan SP, é um jovem artista do segmento Funk que, através de suas composições criativas, irreverentes e combativas, transita por diversos estilos dentro do ritmo, criando, inclusive, um estilo próprio de criação. Natural de São Paulo, Ryan é cria da Favela Zaki Narchi, região carente da zona norte da capital, próxima aos bairros do Carandiru e Santana. 
Ryan SP é um dos principais artistas do Funk na atualidade, onde ascendera, sobretudo, vendendo um lifestyle que conquista uma legião de jovens por onde passa, para além do campo musical – onde é inegavelmente potente.

Diretamente do Rio de Janeiro, MC Cabelinho leva para os palcos do Brasil suas canções que refletem a realidade das favelas cariocas. Logo no início de sua carreira, o cantor lançou hits do funk como “Toda Hora”, “Era Uma Vez”, “Zona Sul”, “Vamos Fugir”, “Que Maravilha”. Na busca de sempre sair da zona de conforto, descobriu o talento para o rap através do convite do Rapper Brill, do Bloco 7, enquanto o single “Meu Mundo” abriu ainda mais portas para novas participações no gênero.

Já no dia 3 de setembro, quando Bruno Mars é headliner, e Bebe Rexha e Alok também se apresentam no espaço, Luísa Sonza é confirmada como a atração que vai abrir o palco. Uma das maiores cantoras pop do Brasil, subirá no palco para cantar grandes hits de sua carreira como “sentaDONA”, “Cachorrinhas”, “Modo Turbo”, “Braba”, “Anaconda”, entre diversos outros, no dia 3 de setembro. Considerada a artista pop mais ouvida pelo Spotify Brasil em 2021 e 2022, Luísa acumula feitos importantes na plataforma: seu álbum “Doce 22” teve uma estreia espetacular e se firmou como o maior lançamento de 2021 do Spotify – só nas primeiras 24h foram mais de 4 milhões de streamings e 7 faixas entre as 50 mais tocadas da plataforma. O álbum foi o disco nacional feminino mais escutado pela plataforma em 2021. Em 2022, Luísa Sonza seguiu quebrando recordes. Após um show icônico no Rock in Rio, lançou um dos seus mais recentes singles, “MAMACITA (hasta la vista)”, em parceria com Xamã. Com a música, a cantora entrou para o top 5 das maiores estreias globais no fim de semana do Natal do Spotify. No ano de 2022, Luísa ultrapassou 900 milhões de streams na plataforma.

The One confirma Seu Jorge como headliner do dia 3 e recebe encontros inéditos e exclusivos para o The Town no dia 2 de setembro

Seu Jorge será a principal atração do The One no dia 3. Um dos maiores músicos brasileiros da atualidade, com uma carreira multi-premiada e reconhecida nos três continentes, o cantor sobe ao palco com uma setlist repleta de sucessos. Com uma carreira reconhecida em cinco continentes, recentemente Seu Jorge participou como convidado especial de uma série de shows da banda Coldplay no Brasil, encantando todos os presentes com sua poderosa voz. Seu início de carreira foi marcado pelo lançamento do single “A Carne”, do álbum “Moro no Brasil”, que se transformou em um hino da luta anti-racista pela voz de Elza Soares e continua sendo interpretada por novas vozes. Com o lançamento de sete álbuns solo, o cantor acumula três Grammys Latinos e mais de 30 participações e co-criações. Muito além dos hits de sucesso “Burguesinha”, “Carolina” e “É Isso Aí”, o artista teve sua estreia na vida musical envolvido com diversos gêneros, como rap, samba, funk, MPB, soul e reggae.

No dia 2, primeiro dia de festival, o palco tem como headliner Racionais MC’s & Orquestra Sinfônica Heliópolis e recebe diversos encontros de peso do mundo do rap. Um dos principais nomes do gênero do Brasil, o cantor, compositor e plural artista paulistano, Criolo, convida a lendária Planet Hemp, dona dos sucessos dos anos 1990, “Mantenha o Respeito”, “Legalize Já” e “Fazendo a Cabeça”, para subir ao palco em um encontro de clássicos e prováveis improvisações. Em 2022, Criolo participou do single “Distopia”, lançado pela banda de rock, que narra: “Senhoras e senhores, sejam todos muito bem-vindos ao começo do fim do mundo”. Indicado 4 vezes ao Grammy Latino, Criolo se destacou no cenário sendo o criador da Rinha dos MC’s em 1989, dedicada à batalhas de improvisação. Lançou álbuns que se mantiveram no topo das paradas, com destaques para “Ainda há Tempo”, de 2006, “Nó na Orelha”, de 2011, um dos álbuns mais comentados da última década e seu mais recente trabalho, “Sobre Viver”, de 2022.

Já o rapper carioca Orochi iniciou sua carreira em batalhas de rima em São Gonçalo, no Rio de Janeiro, que na época lhe rendeu o título de campeão nacional de freestyle em 2015, com apenas 15 anos. Hoje, aos 23 anos, dominou as paradas de sucesso com o lançamento de seu álbum “Vida Cara”, que conta com a participação de Djonga e Baco Exu do Blues, além dos rappers americanos, Russ e Trippie Redd. O rapper vai convidar para seu show a cantora Azzy. Ela está entre as artistas de maior sucesso da nova geração de música urbana do Brasil, com cerca de 3 milhões de ouvintes mensais no Spotify e mais de 1 bilhão de views no YouTube.

As irmãs gêmeas e rappers paulistanas, Tasha e Tracie, vão abrir o palco em um show que terá a participação de Karol Conka. Revelação do trap nacional e com mais de 19 milhões de visualizações no YouTube, a dupla vem deixando sua marca na cena musical, além de serem responsáveis pela criação do movimento “Expensive Shit” – nome homônimo ao blog que mantinham – que visava a valorização da autoestima e da autonomia dos jovens negros, que vivem nas periferias, por meio de conhecimento, arte, moda e informação. Juntando à elas, Karol Conka, uma das mulheres pioneiras no rap, sobe ao palco para cantar grandes hits de sua carreira como “Tombei”, “Dilúvio”, “Saudade”, entre outros.

Palco Factory traz toda a potência da cultura urbana

O Factory será dinâmico e com diversas atrações ao longo de cada dia. No total, 20 artistas subirão ao palco do espaço na primeira edição do novo e maior festival de música, cultura e arte de São Paulo. O line-up será composto por um headliner e mais outras três atrações, além performances de dança, a partir do street dance; pinturas; grafites; esculturas; estátuas vivas; e outras manifestações que nasceram e ocorrem em ambientes públicos e que interagem diretamente com os indivíduos.

Para Zé Ricardo, Chief Artistic Officer (CAO) da Rock World, empresa responsável pelos festivais The Town e Rock in Rio, o Factory traz um olhar ampliado a partir de tudo o que a cultura urbana traz em sua essência. “Com o Factory vamos fazer o público sentir a arte existente nas ruas olhando para qualquer direção. Montamos um line-up forte e potente que trará a cultura urbana em seus mais variados estilos: no funk, no rap, no trap, no pagode, no afro, no R&B, no hip-hop, no samba, no soul, entre outros. Na programação musical teremos artistas com diferentes representatividades e vivências ocupando este espaço na Cidade da Música, cada um deles seguindo a sua linha musical. O Factory traz uma verdadeira fábrica de fenômenos da música” finaliza.

No dia 02 de setembro, TETO será o headliner do espaço. Gigante nas redes sociais, com quase 5 milhões de seguidores no Instagram, além de mais de 6 milhões de ouvintes mensais no Spotify, o artista estreou no Rock in Rio 2022 como uma das atrações do Supernova e é um dos nomes que têm tornado o trap, gênero musical derivado do hip hop, um dos mais executados no país e no mundo. Antes do TETO, será a vez de Caio Luccas. Conhecido como o Rei da Baixada, Caio é um rapper carioca que participou do projeto Poesia Acústica 12, um dos maiores projetos musicais do país, e é o autor de hits como “Vizão de Cria 2”, “Good Vibe”, “Vitória Dobrada” e “Até o Final”. A segunda atração a se apresentar no espaço é Kayblack, que com seu estilo diferenciado e versátil, desenvolve um flow único em cada canção. Abrindo o dia, a cantora e modelo, Urias, é uma artista em plena ascensão. Com sonoridade única, a artista promete encantar os fãs do The Town com as interpretações de suas músicas mais famosas, como “Peligrosa”, “Foi Mal”, “Tanto Faz” e “Neo Thang”.

Já no dia 03 de setembro, Luccas Carlos é o headliner do Factory. A trajetória do multiartista carioca iniciou em 2010, mas só em 2016 foi notado pelo público, quando apareceu rimando e cantando refrões com Costa Gold, Rashid, Matuê e BK. Conhecido por refrões românticos e melodias R&B, Luccas Carlos é compositor de grandes hits, como “Interesseira”, “Mulher do Ano” e “Sem Filtro” de Luísa Sonza. O repertório do artista é vasta, com base no rap, abre para outras sonoridades, como trap, R&B e até pagode. Lucas já conta com uma mixtape, dois EP’s e um álbum ao vivo.

Logo antes de Luccas, será a vez de Wiu subir ao palco. Com apenas 20 anos de idade, sua carreira já inclui alguns dos maiores hits do Trap no Brasil, como “Mantém”, “Lágrimas de Crocodilo” e “Vampiro”, ao lado de Matuê e Teto. Com a última, ocupou por mais de dois meses a primeira posição dos charts brasileiros, em um dos maiores lançamentos da história do país. Quem abre o palco no dia é Lia Clark, uma das maiores representantes da cena musical LGBTQ+. Com músicas dançantes, sensuais e de som chiclete, a drag queen santista é conhecida pela sua mistura bem humorada de funk com pop. Em 2022 a artista estreou no Rock in Rio, onde se apresentou no Espaço Favela, com TH4I, em um show repleto de representatividade. A segunda atração do dia será Veigh, uma das mais promissoras vozes do cenário de trap/RnB, com mais de 830 mil ouvintes mensais no Spotify e algumas músicas já atingiram 2 milhões de ouvintes e a faixa “Londres Lifestyle” foi reproduzida mais de 13 milhões de vezes. Thiago Veigh foi criado nas comunidades de Itapevi, zona Oeste de São Paulo e se destacou por uma enorme habilidade com suas melodias e autotune. O rapper, mais conhecido com os hits “Vida Chique” e “Movimento”, apresenta o álbum “Dos Prédios”, de 2022, e diversos singles, como “Paraíso Periférico”, com participação de Kyan e produção de Nagalli.

O dia 07 de setembro vai ser bem agitado no Factory. Marvvila, grande voz feminina do pagode na atualidade, é a headliner do palco. Uma das participantes do Big Brother Brasil 23, a cantora firmou o seu espaço no pagode com a gravação do seu primeiro DVD, intitulado “Marvvila na Área”, com a presença de grandes nomes da música brasileira: Xande de Pilares, Dilsinho, Belo, Sorriso Maroto, PK, Rebecca, MC Don Juan e Di Propósito. Em setembro, a artista cantou, pela primeira vez, no Rock In Rio e embalou o público com músicas autorais e clássicos do segmento. Antes, será a vez do grupo Afrocidade. Criada em Camaçari, na Bahia, a banda é conhecida por reverberar influências da África atual e outras Áfricas possíveis, desconstruindo a visão norte-americana de fazer música. Em seu repertório, músicas autorais e hits, como “Que Swing é Esse”, “Baby Te Liguei” e “304”.

Segunda atração do dia, a cantora e compositora, Larissa Luz, vai fazer um show memorável no espaço. Fenômeno da música brasileira, ela foi indicada ao Grammy Latino de 2016, na categoria de Melhor Álbum Pop Contemporâneo em Língua Portuguesa pelo álbum Território Conquistado. Para abrir o palco do dia 7, o festival apresenta o cantor Hodari. Seu nome significa dignidade no idioma africano zulu. O artista teve destaque em 2018 com o lançamento do hit “Teu popô”, uma mistura de funk com R&B, que durante duas semanas, sustentou o terceiro lugar na lista das 50 virais no Spotify. Hodari já se consagra com o EP Praya e Sol, de 2022, e seu primeiro álbum intitulado “Hodari”, de 2022, que além dos hits já dominados pelo público, traz as novidades “Kamasutra baby”, “Siricutico” e “Sem ménage” e conta com as participações de Luísa Sonza, BK, Luccas Carlos, Vitão e MIKUYM.

No sábado, 09 de setembro, MC Don Juan é a principal atração do espaço. O cantor é um absoluto sucesso nas redes sociais, com mais de 10 milhões de seguidores no Instagram, 2 milhões no TikTok, além de estar entre os Top 10 Spotify Brasil, com mais de 2 bilhões de streams e 8,5 milhões de ouvintes mensais. Em 2021, lançou o DVD “Mc Don Juan Summer”, reunindo vários sons de sucesso e participações especiais. Os destaques ficam para as faixas “Passar de foguetão 2” e “Não vou te bloquear”. Em 2022 foi um dos destaques do Espaço Favela do Rock in Rio.

O trapper Yunk Vino é o confirmado para abrir a apresentação do headliner MC Don Juan, do dia 9. O artista teve seu nome revelado por ninguém menos que Racionais MC’s, quando abriu um show da banda em 2019, durante a turnê “Racionais 3 Décadas”, em Curitiba. O artista é natural de São Paulo e foi criado na região de Carapicuíba e já se torna um dos principais nomes do trap brasileiro. com influências de RZO e Facção Central, o trapper teve seu potencial elevado quando se tornou parte do repertório da Labbel Records. Hoje, sua carreira conta com mais de 30 lançamentos, sendo a maioria compostos, mixados e remasterizados por ele. Segunda a se apresentar, a estreante Mc Dricka é uma jovem cantora de São Paulo que, com uma carreira rápida, sólida e um currículo gigante, explodiu no funk e, com apenas 22 anos, já ultrapassou a marca de mais de 300 milhões de acessos no YouTube e conta com 3 milhões de ouvintes mensais no Spotify. Abrindo as apresentações do espaço, Grag Queen, vencedora da primeira temporada do reality show norte-americano “Queen of the Universe”, lançou cinco novas canções no ano passado e também lançou a colaboração “Que Sí Que No”, com o mexicano Christian Chávez.

Encerrando a primeira edição do The Town, Xênia França é a headliner do Factory no dia 10 de setembro, que contará com mulheres poderosas no line-up do espaço. Xênia nasceu em Candeias, na Bahia e se consagra como cantora e compositora com importantes indicações a prêmios musicais, como o Women Music Awards, em 2018 e Grammy Latino, no mesmo ano, com a música “Pra que me chamas?”. A artista traz em seu repertório questões existenciais da mulher negra, aprofundando-se em manifestações e experiências musicais, em uma mistura afro – jazz – cósmica. Em 2017 lançou seu primeiro disco solo, chamado “Xenia”, e em 2022, se destacou com o lançamento do álbum “Em nome da Estrela”. A cantora já realizou 3 turnês pelos Estados Unidos, sendo que uma delas a revelou como tema de uma reportagem no jornal The New York Times, além de apresentações por outros continentes, como Colômbia e Berlin. A cantora levou o público ao delírio no Rock in Rio em 2019, quando dividiu o palco Sunset com o cantor Seal.

Antes de Xênia, Tassia Reis vai comandar o agito do palco. Com uma carreira em ascensão, uma das principais vozes femininas do rap brasileiro, Tássia Reis vem aculando hits que expressam as dores e delícias da existência, sem clichê, com bom humor e muito pouca simpatia pelo status quo. Dançando conforme a sua música, a cada trabalho Tassia se mostra mais livre e sem filtro. A segunda apresentação do dia será de Cynthia Luz. Sem medo de lutar por seu espaço em um território praticamente masculino, Cynthia Luz ganhou força e segue em constante recebendo convites de gravadoras e produtores renomados. No ano passado, a cantora lançou seu mais recente álbum “Ainda É Verão”, que conta com as faixas “Pra Te Envolver” e “Ilusão”. Abrindo as apresentações do dia N.I.N.A, que é oriunda da Cidade Alta, no Rio de Janeiro, é uma das artistas da cena do GRIME e DRILL do Brasil e vem se destacando, não somente por suas participações, como também pelo seu potencial como MC. N.I.N.A conquista seu próprio público e vira sensação na cena carioca com seus versos cheios de rima e potência, além de acreditar que sua mensagem é levar informação e cultura a todas as pessoas de diversas formas.

Venda oficial de ingressos para o The Town acontece no dia 18 de abril, às 19h, apenas pelo site da Ticketmaster

Os fãs do The Town estão a poucos dias de garantir seu lugar e entrar para a história. Após uma venda avassaladora do The Town Card, o público terá uma nova chance de adquirir um ingresso para a Cidade da Música e viver experiências mágicas durante os cinco dias de festival. No dia 18 de abril, a partir das 19 horas, começa a venda oficial de ingressos do The Town, apenas pelo site da Ticketmaster.

O ingresso custa R$ 815 a inteira e R$ 407,50 a meia-entrada e não há cobrança de taxas adicionais. Pode ser efetuada a compra de até 04 (quatro) ingressos por dia de festival por CPF, sendo no máximo 01 meia-entrada por dia, por CPF. Os clientes que adquirirem meia-entrada terão que inserir no próprio site todas as informações referentes ao documento que comprove tal condição, para posterior validação, assim como será necessário apresentá-lo no acesso à Cidade da Música, no dia do evento. O pagamento poderá ser feito por cartão de crédito ou PIX. Para pagamento com cartão de crédito, o valor poderá ser parcelado em até 6 (seis) vezes sem juros. Já os clientes que efetuarem o pagamento com cartões de crédito Itaú, Credicard ou Iti poderão parcelar a compra em até 8 (oito) vezes sem juros.

Quem adquiriu o The Town Card também já pode escolher a data que deseja ir para o festival. Todos que compraram o ingresso terão até o dia 17 de abril para escolher o dia. Após esse período o direito à escolha fica condicionado à disponibilidade de ingressos referente a data que a pessoa deseja ir. O processo é feito no site da Ticketmaster, na seção “Meus Pedidos”. Ao clicar na compra do Card, o usuário já verá as datas para selecionar. Aqueles que possuem mais de um The Town Card deverão realizar a escolha do dia para cada um deles separadamente.

Últimas postagens

Compartilhe
Send this to a friend