TIM Music Noites Cariocas, encerra a 3ª temporada com Seu Jorge

TIM MUSIC NOITES CARIOCAS - SEU JORGE
TIM MUSIC NOITES CARIOCAS - SEU JORGE

O TIM Music Noites Cariocas não poderia encerrar a sua terceira temporada da forma mais completa, com a lenda Seu Jorge, é ou não é perfeito?

O projeto, recebeu na sua estreia (5 de abril)

Ritchie e Guilherme Arantes, seguido no dia 6 – com L7nnon e Catha, em 12 de abril – foi a vez de Blitz e Fernanda Abreu, o dia 13 – foi incrível com Agnes Nunes e Marina Lima. Sem palavras para resumir o que foi o dia 19 – com Zeca Pagodinho e com a Ana Carolina, no dia seguinte (20). E agora na última semana, encerra no dia 26 com Bala Desejo e com o ícone Seu Jorge, na última noite (27) da 3ª temporada do TIM Music Noites Cariocas.

Olha só a história desse moço

Jorge Mário da Silva nasceu, em 1970, em Belford Roxo, no Rio de Janeiro, e cedo já sabia que queria ser músico. Passou por diversos empregos desde os 10 anos, foi frequentador de bailes e rodas de samba cariocas, e logo começou a cantar na noite. Saiu de casa aos 19 anos e foi morador de rua por alguns anos, onde fez seu primeiro contato com o teatro. Descoberto pelo clarinetista Paulo Moura, fez um teste para um musical e desde então sua vida mudou completamente.

Em 1997, Seu Jorge, apelido dado pelo amigo e baterista Marcelo Yuka, passou a integrar a banda “Farofa Carioca”. Em 1998, lançou o CD “Moro no Brasil”, o único com o grupo, em que apresenta uma mistura de ritmos como o samba, reggae, jongo, funk e rap. Participou de diversos projetos, entre eles, disco de tributo a Tim Maia, além da gravação em estúdio e na turnê da banda Planet Hemp, em 2000.

Em 2001, lançou o primeiro disco solo “Samba Esporte Fino”, produzido por Mário Caldato e Seu Jorge, mixado e masterizado em Los Angeles (EUA). No ano seguinte, compôs, com Ed Motta, a música “Tem espaço na Van” e também realizou o projeto de samba de partido alto chamado “Caatinga de Swing”, com apresentações em casas na zona sul do Rio e no Skol Rio.

Em 2003, gravou o disco “CRU”, em Itaipava, com o produtor musical francês Jerome Pigeon, e nesse mesmo ano compôs, em parceria com a cantora Ana Carolina, as músicas “Beat da Beata” e “Não fale desse jeito” para o disco dela de grande sucesso “Estampado”.

Em 2004, gravou em Romam o videoclipe da música “Tive Razão”, com participação dos atores Willen Dafoe e Bill Murray, dirigido por Mariana Jorge. Em seguida, lançou o DVD “MTV Apresenta Seu Jorge” e compôs com o músico BID a faixa E depois para o disco “Bambas e biritas Vol. 1”.

Por dois anos consecutivos (2003 e 2004), ganhou o prêmio APCA (Associação Paulista de Críticos de Arte) de melhor cantor do ano.

Em setembro de 2004, lançou o disco CRU na França (pelo selo Naïve), e na Inglaterra, resultando em 5 estrelas na crítica especializada francesa e inglesa, editoriais de ênfase nas revistas Rolling Stones, Elle France, Vogue France e participações em programas ao vivo de televisão. Foi aclamado pelo público e mídia europeus como um novo grande representante da música brasileira.

Foi convidado pela rede BBC de televisão para cantar ao lado de Black Eye Peas e Foo Fighters no badalado programa de televisão de Jools Holand, onde voltou alguns anos depois.

Ainda neste mesmo período fez o show de lançamento do DVD “The Life Aquatic”, tocou na Praça da Bastilha, em Paris, ao lado de Gilberto Gil, Caetano Veloso, Lenine, Daniela Mercury e Jorge Benjor, fez um show no festival de Jazz de Montreux e saiu em tour pela Europa.

Em meados de 2005, lançou CRU no Japão, onde já havia acumulado um vasto número de fãs desde o Farofa Carioca. Ao voltar para o Brasil gravou o disco e o DVD do show “Seu Jorge & Ana Carolina – ao vivo”. Em setembro, levou para os EUA a turnê do disco CRU nas principais cidades do país com ingressos esgotados em todos.

Durante o carnaval de 2006 gravou um documentário para a BBC de Londres, cujo tema foi a sua vida, veiculado no programa South Bank Show, e depois exibido no Brasil, Estados Unidos e Europa. Em abril, abriu os shows da cantora cabo-verdense Cesária Évora, em Nova York, Boston e Washington, e em maio, Seu Jorge recebeu Gilles Petterson e a CNN em sua casa para a gravação de um programa veiculado no mundo todo.

Entre os meses de junho e julho, realizou uma turnê nos EUA e Canadá, realizando 21 shows em 29 dias, incluindo o encerramento do Festival de Cinema de Miami; Bonnaroo Festival em Manchester; Stern Grove Festival em San Francisco; Coastal Jazz Festival em Vancouver; Summerstage Festival no Central Park, em Nova Iorque; Montreal Jazz Festival; Quebec City Summer Festival, entre outros, com aclamação do público e mídia americana, o que lhe deu energia extra para esticar a turnê pelo Reino Unido e Portugal.

Ao final de 2006, se concentrou na gravação e produção de “América Brasil – O Disco”, sob o qual ficou em turnê por 2 anos consecutivos em solo nacional e internacional. Em Janeiro de 2009, gravou “América Brasil – O DVD”.

Em Julho de 2010, lançou o disco “Seu Jorge & Almaz” pela gravadora americana Now Again. O projeto nasceu em 2008, quando foi convidado para cantar em uma música parte da trilha sonora do filme Linha de Passe, de Walter Salles e Daniela Thomas.

Do encontro com os músicos Lúcio Maia, Pupillo e Antônio Pinto, surgiu uma forte amizade e o desejo de gravar um disco. Doze versões de músicas escolhidas por eles foram tão logo gravadas, mas o lançamento do disco só aconteceu dois anos depois, em função das agendas dos envolvidos. Em meados de 2010 uma turnê de 16 shows nas principais cidades americanas foi realizada com imenso sucesso e consagração.

Em 2011, lançou o disco “Músicas para Churrasco Vol. 1”, e no dia 20 de novembro do mesmo ano, no dia nacional da consciência negra, gravou o DVD com sucesso de público. O lançamento aconteceu 1 ano depois, na mesma data.

Em 2012, Seu Jorge participou da Cerimônia de Encerramento das Olímpiadas, realizadas em Londres, quando cantou as músicas “Nem Vem Que Não Tem”, de Wilson Simonal e “Aquela Abraço”, de Gilberto Gil. Em dezembro desse mesmo ano, Seu Jorge decidiu mudar-se para os Estados Unidos, onde morou em Los Angeles, junto com sua família.

Como ator, Seu Jorge atuou em diversos filmes, entre eles, “Cidade de Deus” (2002), “Casa de Areia” (2005), “Reis e Ratos” (2009), “Tropa de Elite 2” (2010) “E Aí… Comeu? (2012) e “Pelé” (2016).

Na TV, atuou na minissérie “Os Normais” (2002), “Mandrake” (2005) e Brasil, Brasil (2007). Em 2009 recebeu o Prêmio Multishow de Música Brasileira – Melhor Cantor e em 2012 recebeu o Grammy Latino – Melhor álbum pop contemporâneo: Seu Jorge, com “Músicas Para Churrasco vol. 1”. Em 2015, Seu Jorge lançou “Músicas Para Churrasco v. 2”.

Atualmente, ele está na estrada com seu elogiado show solo, vem encantando o Brasil e os EUA com o maravilhoso projeto “Seu Jorge & Daniel Jobim interpretam Tom Jobim” e também está encerrando a tour do premiado projeto “Irmãos” ao lado do cantor Alexandre Pires.

Seu Jorge define a si mesmo como um cantor e compositor popular, que gosta de inúmeros gêneros musicais, mas cujo fundamento é o samba: O samba é a nossa verdade, nossa particularidade, é nossa medalha de ouro, nosso baluarte, nosso estandarte brasileiro.

Dia 27 de abril – SÁBADO

Com Seu Jorge

TIM MUSIC NOITES CARIOCAS

Local: Parque Bondinho Pão de Açúcar

Endereço: Av. Pasteur, 520 – Urca, Rio de Janeiro – RJ

Site: www.timmusicnoitescariocas.com.br

Vendas: Ingressos a partir de R$ 180 (meia)

Possui Acessibilidade

Capacidade: 2100

Idade mínima: 18 anos

Abertura do bondinho: às 21h30 

Horário do show: 23h30

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui